Connect with us

Bico do Papagaio

Segunda Reunião Descentralizada do CIB tem participação de municípios do Bico

Publicado

em

José Wilamar defendeu as trocas de experiências entre os membros dos Conselhos.

Municípios do Bico do Papagaio participaram da reunião descentralizada e ampliada da Comissão Intergestora Bipartite do Tocantins (CIB/TO) e Conselho Estadual de Assistência Social do Tocantins (CEAS/TO), na manhã desta quinta-feira, 20, no auditório da Faculdade Católica Dom Orione em Araguaína. Dentre os assuntos em pauta estão as mesas temáticas dos serviços da Proteção Social Especial e Básica, Cadastro Único, e Gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).

Representando a Secretária de Estado do Trabalho e do Desenvolvimento Social, a diretora do SUAS, Lucia Mendes, destacou  a importância da segunda reunião descentralizada. “São vários os resultados que expressam a contribuição da participação social no controle das políticas públicas e precisamos fortalecer essa participação, garantindo assim a ampla defesa e garantia dos direitos humanos”, pontuou.

O presidente do CEAS/TO, Aguinaldo Leal, destacou que a meta dessa nova gestão é fortalecer as conferências sempre e avaliar os resultados das ações até o momento, estabelecendo novas metas para os próximos anos, pois “os desafios são muitos”.

Já o secretário executivo da cidade de Xambioá, José Wilamar, defendeu as trocas de experiências entre os membros dos Conselhos nessas reuniões. “Enxergamos isso como um espelho de todas as realidades e ações dos vários municípios tocantinenses”, comentou.

CIB

Consiste na instância estadual destinada à interlocução de gestores, constituídas por representantes do estado, indicados pela Secretaria Estadual de Assistência Social ou congênere e por representantes dos municípios, indicados pelo Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas) que representam os interesses e as necessidades do estado, referentes à assistência social.

CEAS/TO

Instância de deliberação do Sistema Único de Assistência Social em âmbito estadual, de composição paritária entre governo e sociedade civil. Entre as atribuições do CEAS/TO estão: prestar assessoramento aos Conselhos Municipais de Assistência Social, por meio de capacitações aos conselheiros, repasse de informações e orientações técnicas referentes ao papel do Conselheiro. (Luciano Dourado/Fotos Carlessandro Sousa)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Plenário do STJ confirma por unanimidade afastamento de Carlesse do Governo

Publicado

em

No início da tarde desta quarta-feira, 20, o Plenário do Superior Tribunal de Justiça (STJ), confirmou a decisão do ministro Mauro Cambell, que afastou o governador, Mauro Carlesse (PSL), do cargo por 6 meses.

No começo da drugada a Polícia Federal realizou duas operações simultâneas que investigam pagamento de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores estaduais e obstrução dessas investigações. Também são alvos da PF os secretários de Segurança Pública, Cristiano Barbosa, e de Parcerias e Investimentos, Claudinei Quaresmim.


As apurações indicam que o governo estadual tirou indevidamente delegados responsáveis por inquéritos de combate à corrupção conforme as investigações avançavam e miravam membros da cúpula do estado. Também apontam que houve produção coordenada de documentos falsos para manutenção dos interesses da organização criminosa.

Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa, falsidade ideológica e documental e embaraço às investigações.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Wanderlei Barbosa já é governador interino do Tocantins

Publicado

em

A TV Anhanguera divulgou que o vice-governador Wanderley Barbosa (sem partido), já assumiu interinamente o governo do Tocantins. Ele fica no cargo enquanto o governador Mauro Carlesse (PSL) estiver afastado, o que pode durar até seis meses.

A decisão de afastamento, divulgada nesta quarta-feira (20), foi tomada pelo ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e será submetida ao pleno da Corte, que pode mantê-la ou revogá-la.

Wanderlei foi empossado na sede da Procuradoria Geral do Estado, logo depois de ser intimado – tomando conhecimento oficial – por agentes da Polícia Federal das ordens do Ministro Campbell.

Wanderlei ainda não se pronunciou.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Veja desembarque de tropa da PF para operação contra Carlesse

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze