Connect with us

Tocantins

TO apresenta potencial de Unidades de Conservação em congresso

Publicado

em

O Naturatins – Instituto Natureza do Tocantins é um dos patrocinadores e apoiadores do VII Congresso Brasileiro de Unidade de Conservação – CBUC, evento que acontece de 23 a 27 de setembro, no Centro de Convenções, em Natal, no Rio Grande do Norte. O congresso tem como objetivo debater com especialistas e técnicos em meio ambiente a contribuição das unidades de conservação para o desenvolvimento econômico da sociedade.

Durante o evento o Naturatins apresentará as maiores riquezas naturais do Estado, as quatro Unidades de Conservação de Proteção Integral. Os Parques do Cantão, situado na região Centro-Oeste do Estado; do Jalapão, ao Leste; do Lajeado, localizado na região Central; e o Monumento Natural das Árvores Fossilizadas, ao Norte, serão destaques no estande montado para divulgação do Estado.

“Por ser considerado um dos mais importantes eventos sobre conservação da natureza na América Latina, entendemos que essa é uma oportunidade de levar um pouco do nosso Estado e, principalmente, trazer o resultado das experiências lá trocadas para a melhor gestão das Áreas Protegidas, assim como divulgar as ações realizadas no Estado referente às UC”, enfatizou o presidente do Naturatins, Alexandre Tadeu Rodrigues.

Áreas protegidas

O CBUC é um dos principais eventos internacionais que aborda as questões referentes às áreas protegidas e é promovido pela Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza. A edição deste ano tem como tema “Áreas protegidas: um oceano de riquezas e biodiversidade”e deve reunir cerca de 1.000 participantes entre gestores de unidades de conservação, cientistas e técnicos ligados à administração pública, instituições de ensino e pesquisa, entre outros. Juntamente ao evento, acontece o III Simpósio Internacional de Conservação da Natureza e a IV Mostra de Conservação da Natureza.

“Queremos apresentar no VII CBUC os papéis sociais e econômicos cumpridos pelas unidades de conservação – em especial as áreas marinhas. Elas desempenham uma série de funções e serviços que acabam se revertendo em benefícios para a sociedade”, afirma Malu Nunes, diretora executiva da Fundação Grupo Boticário e coordenadora geral do VII CBUC.

Como exemplo deste binômio“desenvolvimento econômico e conservação” pode-se destacar que a proteção das paisagens naturais nas unidades de conservação reflete-se no impulso ao turismo, contribuindo para geração de renda e qualidade de vida de comunidades dos municípios localizados no entorno dessas áreas. Além disso, outros serviços ambientais são prestados pelas unidades de conservação como regulação do clima, proteção de mananciais, manutenção dos ciclos biológicos, conservação dos solos e encostas, entre outros.

Realidade

Segundo o Cadastro Nacional de Unidades de Conservação do Ministério de Meio Ambiente, o Brasil possui atualmente 312 unidades de conservação federais, distribuídas nos biomas brasileiros: Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica, Pampa, Pantanal e Costeiro/Marinho. De acordo com as Metas de Aichi, constantes do Protocolo de Nagoya, no âmbito da Convenção das Nações Unidas sobre a Diversidade Biológica (CDB) e da qual o Brasil é signatário, as áreas protegidas em todo o mundo deverão ser ampliadas: 17% de áreas terrestres e de águas continentais e 10% de áreas marinhas e costeiras deverão ser conservadas por meio de sistemas de áreas protegidas até 2020.

No Brasil, apenas a Amazônia já atende a essa meta. Entretanto, para os demais biomas, os números são preocupantes: o Cerrado, a Mata Atlântica e a Caatinga atualmente são protegidos em menos de 10%, enquanto no Pantanal, no Pampa e na Zona Costeira e Marinha a proteção não chega a 5% de seus territórios por unidades de conservação. A situação mais grave é da Zona Costeira e Marinha, que sofre grande ameaça em função da exploração intensa e desregulada de espécies de valor comercial e devido às mudanças climáticas. Além disso, apesar da sua importância, as unidades de conservação no Brasil estão ameaçadas por conta de medidas que visam a fragilizar a legislação que regula o setor e reduzir a extensão das áreas protegidas.

“O VII CBUC contribuirá para o avanço da articulação entre os diversos segmentos da sociedade na busca da valorização da preservação ambiental, pautado em bases científicas comprobatórias que os ecossistemas sadios trazem benefícios para a sociedade, superiores a mera exploração desregulada dos recursos naturais. É este debate que queremos trazer para o palco do CBUC”, ressalta Malu.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Wagner anuncia realização da Marcha para Jesus em dezembro

Publicado

em

O prefeito de Araguaína, Wagner Rodrigues, garantiu nessa sexta-feira, 15, a realização da Marcha para Jesus. O anúncio foi realizado durante reunião remota com vereadores e igrejas evangélicas e Católica. O evento está programado para o dia 11 de dezembro e faz parte do calendário municipal.
 
“Era um assunto que eu já tinha discutido em junho, e na época falei que precisava de um tempo para uma avaliação, devido a pandemia, e graças a Deus estamos com pouquíssimos casos ativos da covid-19 e muitas pessoas vacinadas”, afirmou Wagner. Para a celebração, a Prefeitura irá contratar o show do cantor Fernandinho, que é destaque nacional da música gospel.
 
Segundo o prefeito, o recurso é possível devido à redução dos gastos com a saúde pública para tratamento de pessoas com covid-19, inclusive com conclusão do atendimento na UTI (unidade de tratamento intensivo) no Hospital Municipal de Campanha, além da não-realização de festa durante o aniversário da cidade. “Para semana do dia 14 de novembro decidimos que faremos uma grande entrega de obras para a população”, explicou o prefeito. A 1ª etapa da Via Norte está dentro dessa programação.
 
União cristã
Para o padre Edson Neves, representante da Igreja Católica, o evento é importante para celebrar a vida. “Vemos verbas sendo liberadas no Brasil para outro tipo de expressão e aqui é para maravilhar a Deus, em momento nobre para estar orando por Araguaína”, afirmou. A união cristã é um destaque para o momento, de acordo com o vereador Ygor Cortez. “Não é uma marcha de evangélicos, é um evento cristão, que todos nós somos”.
 
O pastor Flávio Braga, presidente da Comeara (Conselho de Ministros Evangélicos de Araguaína), que organiza o evento, agradeceu o prefeito pela realização. “Pela gestão que tem feito, sensível e humana, e que tem sensibilidade de chamar as igrejas para orar. Essa Marcha será muito mais de gratidão. Quantos prefeitos e pastores partiram, e Araguaína foi vitoriosa contra a covid-19”.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Interessados em comercializar produtos no Cemitério São Lázaro no Dia de Finados devem fazer cadastro até dia 22

Publicado

em

Com o Dia de Finados se aproximando, no próximo 2 de novembro, muitos vendedores aproveitam a data para comercialização de flores, velas e outros produtos nas proximidades da entrada do Cemitério São Lázaro, em Araguaína. Para essa comercialização, os vendedores ambulantes devem ficar atentos e realizar as inscrições, que estão abertas do dia 18 a 22 de outubro.

Os interessados podem procurar a Funamc (Fundação de Atividade Municipal), localizada na Rua Humberto de Campos, nº 508, no Bairro São João, das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas. Os vendedores devem levar documentos pessoais, comprovante de endereço e a metragem do espaço que vão ocupar.

No Dia de Finados, são esperadas mais de 40 mil visitantes e em média 30 vendedores ambulantes para data, números superiores a 2020. “Acreditamos que este ano teremos mais participação do que no ano passado, tanto os comerciantes quanto a comunidade, em razão da queda dos casos da covid-19, esse cenário trará mais tranquilidade para a população”, afirmou a presidente da Funamc, Núbia Marinho.

Estrutura
No Dia de Finados, o Cemitério São Lazaro contará com três tendas e cadeiras, sendo uma interna e duas externas, para abrigar os eventos religiosos tradicionais da data, banheiros químicos e bebedouros para garantir o bem-estar dos visitantes. Além disso, o local passará por reparos e higienização geral.

Os comerciantes deverão seguir protocolos de segurança contra a covid-19 e manter o distanciamento entre cada barraca e disponibilizar álcool em gel para os clientes. O uso de máscara é obrigatório e as medidas serão fiscalizadas.

Visitação
O horário de visitação será das 6 às 18 horas. Além da estrutura para receber a população, no local também haverá um espaço para aqueles que precisam regularizar ou atualizar os terrenos dos seus familiares, no cemitério.

A comunidade irá contar com o suporte da Funamc, Secretarias de Infraestrutura, da Saúde e também com o apoio de equipes da PM (Polícia Militar), Corpo de Bombeiros e ASTT (Agência de Segurança, Transporte e Trânsito). (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo

Tocantins

SEBRAE realiza inventários turísticos dos municípios tocantinenses

Publicado

em

O Sebrae Tocantins iniciou neste segundo semestre o levantamento do inventário turístico de 57 municípios tocantinenses. Esta ação faz parte do Cidade Empreendedora, um projeto do Sebrae Nacional que busca o desenvolvimento dos municípios. No Tocantins, os inventários estão sendo feitos em parceria com as prefeituras e a Agência de Desenvolvimento do Turismo, Cultura e Economia Criativa do Estado (Adetuc). As informações coletadas irão subsidiar a elaboração do planejamento turístico destes municípios, preparando-os para ver e ter o turismo como fonte de geração de emprego e renda e desenvolvimento econômico local.

O superintendente do Sebrae, Moisés Gomes, afirma que a elaboração do documento é um grande avanço para estruturar e fortalecer o turismo no Tocantins. “Com a preservação das riquezas naturais, o turismo torna-se uma fonte de renda e isso aquece a economia local. Quando viajamos, nós buscamos conhecer lugares, provar sabores e, sobretudo, viver novas experiências”, enfatizou Gomes, acrescentando que em breve será feito o lançamento oficial da Publicação dos Inventários Turísticos.

A gerente da Unidade de Relacionamento Institucional, Magvan Botelho, informou que as melhores empresas no mercado, especializadas em levantamento de dados e potencial turístico, foram contratadas para a realização dos inventários nos municípios. Ele explicou que esse trabalho é essencial para promover as transformações necessárias pelo eixo do turismo no Estado. “Os inventários representam condições preparatórias para o alcance de resultados e metas pré-estabelecidas”, disse.

Todas as empresas do trade do turismo nos municípios, como locais de atração cultural, bares, restaurantes, hotéis, comércio do ramo de alimentos e bebidas, bancos, oficinas mecânicas, atendimento em saúde, estrutura de receptivo fazem parte dos inventários. O analista do Sebrae, Gilberto Noleto ressaltou que “uma das etapas essenciais para o desenvolvimento do turismo é conhecer tudo o que o destino turístico pode oferecer”.

Cidade Empreendedora

O Cidade Empreendedora é um programa de transformação econômica dos municípios voltado para a gestão pública e lideranças locais, que tem o objetivo de desenvolvimento socioeconômico local, por meio da implantação de políticas públicas e ações para melhoria do ambiente de negócios, no fomento ao empreendedorismo e na promoção da competitividade empresarial.  As ações de turismo estão alinhadas com o eixo estratégico do programa, que é o Marketing Territorial e Setores Econômicos. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze