Connect with us

Tocantins

TO receberá recursos financeiros para ações em combate a hanseníase

Publicado

em

Para aplicar iniciativas inovadoras, com foco no diagnóstico precoce e no tratamento oportuno da hanseníase, o Tocantins receberá recursos financeiros do Ministério da Saúde por meio da portaria 3.097 de 16 de dezembro, onde autoriza o repasse aos municípios com alta carga da doença para implementar ações no combate a doença. Foram contemplados dois municípios tocantinenses, Palmas com o valor de R$ 500 mil e Araguaína com R$ 300 mil.

A portaria, publicada no Diário Oficial, autoriza o repasse do Fundo Nacional de Saúde aos fundos municipais para financiar ações de vigilância, prevenção e controle da dessas doenças. São 40 municípios prioritários para o combate à hanseníase e esquistossomose, Situados em 14 estados das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, detêm cerca de 24% dos casos novos de hanseníase diagnosticados no país ou concentram focos urbanos para a eliminação da esquistossomose.

De acordo com o núcleo da hanseníase, os municípios encaminharam à Coordenação Geral de Hanseníase projeto priorizando áreas hiperendêmicas e ações a serem desenvolvidas nestas localidades visando a descoberta de casos novos e avaliação de contatos destes e outros.

O recurso é destinado para financiar iniciativas que promovam exames em horários alternativos, como plantões e agendamento de consultas. Além de campanhas de mobilização nos finais de semana, dentre outras. O intuito é alcançar, também, a população que não tem disponibilidade de tempo para procurar um posto de saúde ou receber a visita da equipe de saúde da família em horário comercial.

A hanseníase é um desafio de saúde pública no Tocantins, segundo parâmetros do Ministério da Saúde regiões onde há 40 ou mais casos novos/100.000 hab é considerado hiperendêmico.

Casos

Em 2012 foram notificados 1057 casos de hanseníase, enquanto neste ano até agora apresentou 833 casos da doença. Além de Palmas e Araguaína, outros municípios com a população maior apresentam maiores notificações de casos como Gurupi, Colinas, Paraíso.

O Tocantins encerrou o ano de 2012 com 72 casos novos por 100.000 hab. ficando em 2º lugar no país, perdendo para somente para o Mato Grosso.

Com objetivo de diminuir os casos de hanseníase, o Estado realiza diversas ações como o projeto do grupo de profissionais da Secretaria de Estado da Saúde – Sesau que vão até os municípios para prestar assessoria e supervisão.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins acumula 75.425 casos de Covid-19, com 63.347 recuperados 1.097 óbitos

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta sexta-feira, 30 de outubro, foram contabilizados 331 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 128 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 234.022 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 75.425 casos confirmados da doença. Destes 63.347 pacientes estão recuperados e 10.981 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.097 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem 75.106 casos de Covid-19

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta quinta-feira, 29 de outubro, foram contabilizados 293 novos casos confirmados para Covid-19.

Deste total, 69 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 232.923 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 75.106 casos confirmados da doença. Destes 62.740 pacientes estão recuperados e 11.271 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 1.095 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim completo.

Continue lendo

Tocantins

Sebrae Tocantins participa da 6ª Edição da SICTEG

Publicado

em

A 6ª Edição da Semana Integrada de Ciência e Tecnologia de Gurupi (SIGTEC), teve início nessa quarta-feira, 28 e veio como pede o momento, toda online e gratuita. Serão três dias de intensa programação numa realização do município de Gurupi e Sebrae e conta com o apoio da Universidade de Gurupi (Unirg), Universidade Federal do Tocantins (UFT), Instituto Federal do Tocantins (IFTO), Fundação de Amparo à Pesquisa do Tocantins (FAPT), Sesi, Senai, Senac e Governo do Tocantins.

A abertura do evento contou com a participação de diversas autoridades, que discorreram sobre a importância do evento e parabenizaram os organizadores, que mesmo em meio a pandemia, se reinventaram realizar a Semana e possibilitar a divulgação de inovações e tecnologias. Este ano a SICTEG tem como tema: inteligência artificial: a nova fronteira da ciência brasileira. O evento tem como objetivo aproximar a ciência, a tecnologia, a inovação, o empreendedorismo e a inteligência artificial da população, promovendo ações que congregam academias, governo e empresas a fim de discutir as implicações sociais da ciência para o desenvolvimento regional.

Para o Secretário Nacional de Empreendedorismo, Inovação do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, Paulo Alvim, elogiou a realização da Semana que acontece em sintonia com a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. “A pandemia nos mostrou que a transformação digital chegou para mudar e acelerar alguns processos, e o ambiente de popularização da ciência e tecnologia não podia ser diferente, parabenizo a todos pelo evento e por criar essa oportunidade de popularizar a inovação e a ciência”, avaliou.

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, que representou o governador do Estado, Mauro Carlesse, destacou a participação da Instituição no evento, que terá 102 pesquisadores, 122 pesquisas e alunos dos mais diferentes campis. Complementou ressaltando o investimento do governo estadual na inovação e empreendedorismo por meio da FAPT e da Universidade Estadual do Tocantins.

De forma virtual, o prefeito de Gurupi, Laurez Moreira, destacou o que o evento representa para o município. “É um evento que começamos há seis anos e que vimos crescer, a cidade tem recebido bons resultados. Tenho certeza que tudo isso incentiva as pessoas a ver como é importante investir na ciência e tecnologia. Agradeço a todos os parceiros por ser esforçarem a realização de algo tão grande e inovador”, reforçou.

O reitor da UFT, Luiz Eduardo Bovolato, analisou que o evento é uma oportunidade de amplificar a participação, compartilhar sobre o que é produzido no Tocantins além das fronteiras. Já a reitora da Unirg, Sara Falcão, contou da alegria por estar acolhendo a SICTEG, e citou os primeiros números do evento. “Nós temos 6 mil inscritos, participantes de quatro países e 20 Estados, ou seja, estamos revolucionando. É um grande prazer mostrar que vivemos num mundo tecnológico e podemos utilizar da melhor forma para produzir conhecimento e divulgá-los”, disse.

A SICTEG na versão online, reúne 26 instituições, terá 60 palestras, 52 minicursos, 49 mesas redondas e competição de games. Para participar, os interessados devem fazer a inscrição no site www.sictegon.com.br e acessar o ambiente virtual da Semana.

Continue lendo
publicidade Bronze