Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Administração do Mirandão acusa TEC de depredação

Publicado

em

Após o termino da partida válida pelo campeonato tocantinense de futebol entre Araguaiana e Tocantinópolis, no estádio Mirandão, sábado, 17, o administrador do estádio, Francisco Soares, vulgo Chico Porco, acusou os atletas, comissão técnica e dirigentes do TEC de depredarem um dos vestiário do estádio.

Em resposta a direção do TEC divulgou nota repudiando a acusação. Leia a nota:

NOTA DE ESCLARECIMENTO A RESPEITO DA DEPREDAÇÃO DO ESTÁDIO MIRANDÃO

A diretoria do Tocantinópolis Esporte Clube vem a público repudiar as falsas acusações feitas pela administração do estádio Mirandão na pessoa do senhor Francisco Soares, vulgo Chico Porco, a cerca das depredações às instalações do vestiário do referido estádio.

1. Em razão do bom relacionamento existente entre as diretorias do Araguaína e do Tocantinópolis não haveria motivo para a delegação do TEC depredar o vestiário do estádio Mirandão que é parte do patrimônio público do estado do Tocantins;

2. Nas três vezes anteriores que o TEC esteve no Mirandão sempre havia um funcionário do estádio para receber a delegação e mostrar o estado das dependências do vestiário e assinar o termo de responsabilidade pelo uso do mesmo. No jogo de ontem (17/04), a delegação alviverde não foi recepcionada por ninguém em sua chegada e só foi comunicada sobre a depredação cerca de duas horas depois do jogo já ter terminado;

3. É bom ressaltar que nem no vestiário do TEC e nem do Araguaína tinha água para realizar o asseio dos atletas após o jogo;

4. Alguns diretores e a comissão técnica alviverde foram os últimos a deixar o vestiário e os mesmos relataram que não conseguiram visualizar nenhuma depredação, apenas dejetos de lixo deixados pelos atletas como: bagaço de laranja, bagaço de maçã, esparadrapo, etc.;

5. Esta é a 4ª vez que o TEC utiliza as instalações do Mirandão e em nenhuma das vezes anteriores, apesar do resultado adverso, houve qualquer tipo de depredação ao patrimônio público;

6. A delegação do TEC já atuou nas principais praças esportivas (Nilton Santos, Resendão, General Sampaio, Perreirão, Bigodão, Castanheirão e próprio Mirandão) do estado do Tocantins e nunca houve um único relato em toda a sua história de depredação ao patrimônio público;

7. A administração do estádio Mirandão não disponibilizou uma área restrita aos torcedores do Tocantinópolis, os quais tiveram que dividir o mesmo espaço com os torcedores araguainenses, sem poder se manifestar para não correm o risco de serem agredidos fisicamente;

8. Não é dessa forma que se administra um patrimônio público com lisura, pois até mesmo o time da casa o Araguaína em determinadas ocasiões não tem conseguido realizar seus treinos nas instalações do Mirandão, devido aos “mandos e desmandos” do senhor Chico Porco;

9. O que fica evidente neste episódio é que a administração do estádio Mirandão pretende de forma leviana denegrir a imagem da instituição do Tocantinópolis Esporte Clube e ao mesmo tempo, forjar uma rivalidade extracampo entre Araguaína e Tocantinópolis, a qual só existe dentro de campo;

10. A diretoria do TEC repudia veementemente o lamentável fato ocorrido e reafirmar que tanto a delegação quanto a torcida do Araguaína serão bem recebidos nas dependências do estádio Ribeirão no jogo desta quarta-feira (21/04) e não sofrerão qualquer tipo de retalhação. Afinal, o TEC não tem absolutamente nada contra o Araguaína, mas sim contra a administração leviana do estádio Mirandão na pessoa do senhor Chico. Que pelo apelido dá para se notar que não possui boa índole e está ocupando o cargo de administrador do estádio Mirandão não por mérito próprio, mas por proteção política.

Diretoria do Tocantinópolis Esporte Clube

Tocantinópolis, 18 de abril de 2010

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Professor Eliézio comenta sobre acidente com tiro que matou Celi Pintor

Publicado

em

Nesta quinta, 3, o professor Eliézio Vieira, divulgou um vídeo comentando sobre o acidente que ocorreu em sua chácara, na zona rural de Araguatins, no Bico do Papagaio, no início do mês de novembro, que provocou a morte de Celi Pintor, amigo de Eliézio e bastante conhecido na cidade.

A fatalidade é tratada como um acidente, provocado pelo manuseio de uma arma de fogo.

Eliézio divulgou o vídeo, após ser veiculado em redes sociais, um áudio, afirmando que a Polícia teria concluído laudo pericial, onde apontaria Eliézio como culpado e que a Polícia estaria a procura do professor. A informação não procede.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Itamar diz que não disputará presidência da Câmara e pretende apoiar prefeita eleita Lucilene

Publicado

em

O vereador reeleito para seu 3° mandato Professor Itamar Martins (MDB), disse que não disputará a presidência da Câmara Municipal não por falta de experiência, conhecimento e habilidade mais por outros motivos. “Já decidi, não vou participar da eleição pra presidente”, disse o parlamentar.

Perguntado sobre quem apoiaria ele respondeu, “Estamos conversando, analisando, garanto que será um dos candidatos. Professor Itamar explicou ainda que seu principal objetivo é contribuir com a cidade junto com a gestora eleita Lucilene Brito ( SD ) e demais vereadores fazer projetos para melhoria na educação, saúde, infraestrutura, esporte e demais área nesse momento é meu foco principal”, finalizou. (Ascom)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Prefeitura afirma que não há atraso de salários e 13º e que ação jurídica é sem motivos

Publicado

em

A Prefeitura de Araguatins informou nesta quinta-feira, 3, que tomou conhecimento com “estranheza” dos rumores de que a assessoria jurídica do prefeito eleito teria impetrado um mandado de segurança para impedir atrasos e parcelamentos nos salários dos servidores, dentre outras finalidades. 

A ação proposta, segundo a atual gestão, é desnecessária e tem a mera finalidade de publicitar atos inexistentes, já que todos os servidores estão com os salários em dia e o 13° salário, desde o mês de janeiro, vem sendo antecipado 50% na data do aniversário dos servidores, conforme prevê a Legislação Municipal. 

Com base nesses fatos, a prefeitura reiterou que não há nenhum indício de que a gestão tenha demonstrado a intenção de deixar de cumprir seus compromissos com os servidores, descaracterizando assim, qualquer motivação para o mandato ora impetrado.

Continue lendo
publicidade Bronze