Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Carteiras de Trabalho voltam a ser emitidas pela Prefeitura

Publicado

em

Convênio firmado entre a Prefeitura de Tocantinópolis e o Ministério do Trabalho e Emprego garantirá mais facilidade ao cidadão tocantinopolino. Buscando restituir a dignidade do trabalhador, bem como oportunizar o primeiro emprego, o Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Administração, Finanças e Meio Ambiente, dirimiu alguns entraves burocráticos e retomou a emissão da Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS).

Após vários anos sem emitir o documento, o município volta a ser parceiro na execução do serviço, fato que resulta em agilizar o dia a dia dos moradores, além de reduzir a espera daqueles que aguardam pela expedição da cédula para conseguir uma oportunidade de emprego. Depois da retomada dos serviços, já foram emitidas cerca de 150 carteiras.

“Apesar do mercado de trabalho não estar favorável para os jovens, pois sempre somos nós que sofremos mais com a falta de oportunidades, me sinto feliz e com muita expectativa, já que com a Carteira de Trabalho fica mais fácil para conseguir um emprego. Nossa cidade ficou bastante tempo sem tirar o documento e isso deixava todos nós desanimados porque tínhamos que se deslocar para as cidades vizinhas para tentar conseguir, todavia, os municípios que oferta o serviço são sempre longe. Agora ficará mais fácil fazer a emissão aqui mesmo em Tocantinópolis”, argumentou Júnior Rocha.

A prestação do serviço pela Administração Municipal além de ser ágil, a pessoa recebe o documento no máximo em vinte dias. “Após o cadastramento das informações do cidadão, as carteiras poderão ser retiradas em no máximo em 20 dias, uma vez que os dados são encaminhados para a respectiva confecção na Superintendência Regional do Trabalho e Emprego, em Palmas”, informou o técnico Adailton Chaves.

De acordo o secretário de Administração, Finanças e Meio Ambiente, Delvani Souza, por meio do convênio firmado com o Ministério do Trabalho e Emprego, a Prefeitura restitui a competência para a emissão das carteiras e, consequentemente, oportuniza a obtenção do documento, sem o qual não se consegue a efetivação do emprego formalizado. “Creio que iremos ajudar muita gente por meio da confecção desse documento tão importante para o cidadão”, afirmou. A retomada dos serviços também se deve ao requerimento apresentado pelo vereador Joelson Farias junto ao Poder Executivo Municipal.

Local e documentos necessários

As pessoas com idade mínima de 14 anos, interessadas em tirar a CTPS digital, devem procurar a Secretaria Municipal de Assistência Social (antigo Mercado Municipal), cujo atendimento é feito de segunda a sexta-feira (nos dias úteis), no horário das 7h às 12h30.

Para a emissão da primeira via é necessário a apresentação dos seguintes documentos, originais e cópias: Carteira de Identidade, CPF, comprovante de residência e certidão de nascimento ou casamento. Em caso de segunda viapor motivo de extravio, perda, furto/roubo, além de apresentar os documentos listados acima, é obrigatório levar também o Boletim de Ocorrências.

Não há necessidade de apresentar fotografia 3×4, pois o sistema registra automaticamente a foto do trabalhador no ato da emissão do documento. Lembrando que é necessário a pessoa ir trajando, de preferência, camisa com manga.

Para a emissão das carteiras, a Prefeitura utiliza um kit composto por leitor biométrico para digitais, prancha para coleta de assinaturas e câmera fotográfica. Os kits tornam mais rápida a coleta de dados e a realização de fotografia na hora do atendimento, beneficiando o trabalhador. (Dirceu Leno)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Plenário do STJ confirma por unanimidade afastamento de Carlesse do Governo

Publicado

em

No início da tarde desta quarta-feira, 20, o Plenário do Superior Tribunal de Justiça (STJ), confirmou a decisão do ministro Mauro Cambell, que afastou o governador, Mauro Carlesse (PSL), do cargo por 6 meses.

No começo da drugada a Polícia Federal realizou duas operações simultâneas que investigam pagamento de propina relacionada ao plano de saúde dos servidores estaduais e obstrução dessas investigações. Também são alvos da PF os secretários de Segurança Pública, Cristiano Barbosa, e de Parcerias e Investimentos, Claudinei Quaresmim.


As apurações indicam que o governo estadual tirou indevidamente delegados responsáveis por inquéritos de combate à corrupção conforme as investigações avançavam e miravam membros da cúpula do estado. Também apontam que houve produção coordenada de documentos falsos para manutenção dos interesses da organização criminosa.

Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro, organização criminosa, falsidade ideológica e documental e embaraço às investigações.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Wanderlei Barbosa já é governador interino do Tocantins

Publicado

em

A TV Anhanguera divulgou que o vice-governador Wanderley Barbosa (sem partido), já assumiu interinamente o governo do Tocantins. Ele fica no cargo enquanto o governador Mauro Carlesse (PSL) estiver afastado, o que pode durar até seis meses.

A decisão de afastamento, divulgada nesta quarta-feira (20), foi tomada pelo ministro Mauro Campbell, do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e será submetida ao pleno da Corte, que pode mantê-la ou revogá-la.

Wanderlei foi empossado na sede da Procuradoria Geral do Estado, logo depois de ser intimado – tomando conhecimento oficial – por agentes da Polícia Federal das ordens do Ministro Campbell.

Wanderlei ainda não se pronunciou.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Veja desembarque de tropa da PF para operação contra Carlesse

Publicado

em

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze