Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Diretoria de Educação encerra semestre com destaque nas ações em ensino especializado

Publicado

em

Diretor faz balanço de ações do primeiro semestre na DRE de Tocantinópolis

Diretor faz balanço de ações do primeiro semestre na DRE de Tocantinópolis

O ensino especializado foi um dos destaques das ações do primeiro semestre da Diretoria Regional de Educação (DRE) de Tocantinópolis.  Em toda a diretoria, são atendidos 227 alunos especiais nas salas de recursos multifuncionais. Assim é proporcionado o atendimento especializado de forma que atenda às necessidades dos alunos nas linguagens oral e escrita, coordenação motora, expressão corporal, artística, entre outros.

De acordo com o diretor Regional de Educação, Dorismar Carvalho, nos últimos meses foram abertas salas de recursos multifuncionais em todas as escolas-sede e promovidos encontros quinzenais com professores. “A intenção é que, de fato, procuremos alternativas para melhorar o ensino especializado e garantir a inclusão como fator determinante da promoção de um ensino de qualidade”, afirmou.

Um dos exemplos de avanço no ensino está no Colégio Dom Orione. Lá, os alunos realizaram, no primeiro semestre, atividades práticas relacionadas às temáticas: jogos e brincadeiras e meio ambiente. O objetivo dos trabalhos foi promover a aprendizagem por meio de atividades lúdicas e desenvolver atitudes de preservação do meio ambiente.

Para a gerente de Educação Especial da Secretaria de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Paola Bruno, a formação continuada dos professores é essencial para o sucesso das ações. “Temos profissionais capacitados para prestar atendimento em todas as diretorias de educação e isso se deve ao nosso investimento em formações. No segundo semestre, a secretaria [Seduc] dará continuidade aos projetos de formação, em parceria com o Ministério da Educação, e estamos com a previsão de abertura de mais cinco turmas de formação continuada”, disse.

 Trabalhos

Outras ações também foram avanços para a DRE de Tocantinópolis, como as mobilizações do comitê para a realização da Autoavaliação do Prêmio Gestão Escolar, da operacionalização do Programa Vamos Ler e do Dia “D” Contra o Aedes aegypti. Também podem ser destacadas a abertura do ano letivo de 2016, a Diretoria Itinerante de Formação Continuada, as reuniões formativas para as equipes gestoras, o monitoramento integrado das equipes intersetoriais da DRE e as visitas da diretoria nas escolas. (Thaís Ramalho)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

BURITI: Itamaraty diz que repatriação de filhos de Romenia depende de decisão sobre guarda

Publicado

em

Tchuca em foto com as crianças

O Ministério das Relações Exteriores, disse nesta quarta, 25, que por meio da Embaixada do Brasil em Paramaribo, capital do Suriname, está ciente do caso da buritinense Romenia Brito, de 28 anos, que foi assassinada na madrugada de segunda, 23, pelo marido, Aimar Lopes de Souza, conhecido como Thuca. O crime aconteceu em uma vila, as margens do rio Lawa, no resort Tapanahony, distrito de Sipaliwini, no Suriname, que faz fronteira com a comuna de Maripasoula, na Guiana Francesa, Departamento Ultramarino da França. 

O Itamaraty disse que presta assistência aos familiares, respeitando os tratados internacionais vigentes e a legislação local, conforme estabelecido pela Convenção de Viena sobre Relações Consulares, o Regimento Interno da Secretaria de Estado das Relações Exteriores e o Manual de Serviço Consular e Jurídico do Itamaraty.

Sobre o repatriamento dos filhos do casal para o Brasil, o órgão disse que deve obedecer o devido trâmite jurídico e não pode ser realizada sem uma decisão sobre a guarda e o poder familiar.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Sem apoio de autoridades, família faz vaquinha para repatriar corpo de buritinense assassinada no Suriname

Publicado

em

Sem nenhum tipo de apoio concreto do Governo Brasileiro até esta quarta, 25, mais de 48h após o brutal assassinato da buritinense, Romenia Brito, de 28 anos, em uma vila as margens do rio Lawa, no resort Tapanahony, distrito de Sipaliwini, no Suriname, a família da vítima não viu outro caminho, a não ser, pedir ajuda a amigos e pessoas que se sensibilizaram com a situação.

O pai de Romenia embarcou em voo de Belém, capital do Pará, direto para Paramaribo, capital do Suriname, na tarde desta quarta, após juntar economias e receber ajuda de amigos e familiares.

Romenia foi morta em casa, na frente de um dos filhos de apenas 10 anos, pelo próprio marido, Aimar Lopes de Souza, conhecido no Suriname como Thuca, na madrugada de segunda, 23. Ele também é brasileiro.

Após o crime, o corpo de Romenia foi levado junto com Thuca, para Paramaribo. Os dois filhos do casal ainda estão na vila, que fica a cerca de 280 km da capital e faz fronteira com a comuna de Maripasoula, na Guiana Francesa, Departamento Ultramarino da França.

Momento em que Tchuca foi preso em casa, momentos após o crime

Até o momento, o Governo Brasileiro, se limitou a orientar a família, procurar a embaixada do país em Paramaribo e antecipar que a familiares terão de arcar com todas as despesas como, funerária e translado, pois o Governo não conta com previsão legal ou orçamentária para pagamento dessa natureza.

As pessoas que queiram ajudar a família de Romenia, podem fazer doações via conta corrente da Caixa Econômica Federal: Conta 3258-0; Agência 2812, op. 001, em nome de Quênia Brito Pinheiro.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: 30ª morte por Covid-19 é oficializada

Publicado

em

Nesta quarta, 25, a Secretaria de Estado da Saúde, confirmou mais uma morte por Covid-19 no município de Araguatins, no Bico do Papagaio. A informação foi publicada no Boletim Epidemiológico.

A vítima é uma mulher de 28 anos, com obesidade. Ela morreu no dia 19 de novembro no Hospital Regional de Augustinópolis.

Araguatins lidera o número de morte na região do Bico do Papagaio, com 30 óbito, seguido por Tocantinópolis, com 21 e Xambioá 15.

Continue lendo
publicidade Bronze