Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Gestantes conhecem Centro Obstétrico e traje antichoque não pneumático é entregue à equipe do Hospital José Sabóia

Publicado

em

Para garantir a tranquilidade das futuras mamães na hora do parto, o Hospital Municipal José Sabóia oferece regularmente visitas guiadas voltadas para gestantes. A iniciativa que tem como objetivo fazer com que o ambiente do parto fique mais familiar, preconiza as diretrizes da Rede Cegonha, que tem como proposta a atenção humanizada à gravidez, parto e puerpério. Em média, a cada mês são registrados 40 partos no hospital público de Tocantinópolis.

Na manhã desta segunda-feira (30) foi mais um dia de visita. De início, as gestantes receberam informações do enfermeiro e coordenador do HMJS, André Cruz; da fisioterapeuta, Neiellen Rabelo; e da médica, Iolanda Pedrosa, sobre os fluxos e salas especializadas do Centro Obstétrico, onde as gestantes puderam ter um contanto melhor, bem como receber orientações quanto ao ambiente hospitalar e à equipe de enfermagem.

“Levar as gestantes a estarem conhecendo o centro obstétrico, local onde elas serão destinadas a receber o bebê, é a nossa pretensão. Temos o setor de acolhimento e classificação de risco, onde as pacientes são recebidas pela equipe de enfermeiros e técnicos e enfermagem, passam pelo serviço de classificação, e após esses serviços são verificados os sinais vitais e posteriormente são encaminhadas para o consultório para a avaliação médica”, informou o enfermeiro, André Cruz.

A fisioterapeuta Neiellen destacou sobre o trabalho de pré-parto, onde as gestantes são assistidas e recebem atendimento especializado. “Orientamos que as gestantes tenham o máximo de cuidado de estar conhecendo e estar sempre preparada para este momento, porque o trabalho de parto costuma ser demorado, muitas vezes pode chegar até 12 horas, mas isso vai depender do organismo de cada mulher. Agora aquelas que já tiveram filhos, o trabalho de parto pode ser mais rápido”, informou.

Outro assunto bastante comentado e discutido durante a visita foi em relação ao parto normal e cesariana. A médica Iolanda Pedrosa enfatizou que o parto cesáreo é uma cirurgia de alto risco. “As cirurgias se classificam por risco, baixa, média e alta complexidade. Não é qualquer pessoa que chega e diz eu quero fazer a cesariana e faz, não. Existe indicações. Se não há necessidade, então as complicações podem ser maiores do que se fosse o parto normal. Agora quando a mulher tem a indicação previamente do médico, o hospital e os profissionais irão conduzir à paciente a cesariana, por outro lado, o parto normal sempre é o mais indicado”, informou.

A profissional fez uma observação importante. As pacientes não precisam ter medo, se sentir preocupadas e nem temor de serem submetidas a cesariana. “Se não for cesariana, não tenham a cultura popular que o médico não quer fazer a cirurgia. Inclusive, a dor não é uma indicação para cesariana, a dor faz parte do processo de parto. Então o que seria indicação para cesariana? Previamente se não tiver complicações no momento, cesarianas previas só em casos onde o bebe não está na posição correta; uma desproporção tanto da cabeça do neném para a pélvica e vice-versa; má formação, dentre outras. Mas isso só será diagnosticado quando o médico fizer avaliação tanto de forma interna quanto externa. No entanto, o melhor mesmo é o parto normal, tanto para o bebê como para a mãe”, ressaltou Iolanda.

Para a estudante residente no Alto Bonito, que está à espera de seu segundo filho, a visita além de tranquilizar as mães é uma importante forma de conhecer melhor o local onde será feito o parto dos bebês. “Esse primeiro contato com a instituição nos torna mais próximos na hora de ter o bebê e nos deixa mais tranquilas na hora do parto, pois a visita é bem explicativa”, declara. As grávidas conheceram o centro obstétrico, os leitos, a obstetrícia, salas de pré-parto, e o berçário, que é o local onde as crianças ficam depois do parto. Na ocasião, aproveitaram para elucidar eventuais dúvidas sobre o parto.

Entrega do traje para conter hemorragias

O Tocantins é um dos estados brasileiros que aderiram aos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), dos quais um deles é melhorar a saúde materna. Tocantinópolis e mais outros 25 municípios do estado, foram contemplados com trajes antichoque não pneumático. Aproveitando o ensejo da visita das gestantes, foi entregue à equipe do Hospital Municipal José Sabóia o novo equipamento, que tem como principal função conter hemorragias, o fator que mais causa mortalidade materna no Estado. A aquisição dos equipamentos foi feita em parceria com a Organização Panamericana de Saúde (OPAS). (Dirceu Leno)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AGUIARNÓPOLIS: Adolescente de 17 anos morre após ser esmagado por caminhão

Publicado

em

Um adolescente de 17 anos morreu após ser esmagado por caminhão no posto fiscal de Aguiarnópolis, na região do Bico do Papagaio. Ian Ferreira Marquinho de Souza estaria dormindo embaixo do veículo e foi atropelado quando o caminhoneiro decidiu seguir viagem no início da manhã desta sexta-feira (26).

De acordo com a Polícia Militar, testemunhas que informam que o adolescente trabalha no local batendo pneus de caminhões – forma utilizada para encontrar pneus furados. O jovem foi visto por volta das 5h10 tomando um café e depois teria entrado embaixo de um caminhão prancha carregando um guindaste.

Pouco tempo depois, por volta de 5h50, o motorista do caminhão teria saído com o veículo sem saber da presença da vítima sob o veículo. O adolescente acabou sendo atropelado e arrastado por cerca de 10 metros. O corpo ficou esmagado.

A perícia esteve no local do acidente e o corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal. A PM foi chamada e registrou a ocorrência, mas informou que não conseguiu localizar o motorista do caminhão. (G1)

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Araguatinense é morto em Parauapebas

Publicado

em

Por volta de 1h30 desta sexta, 26, o araguatinense Cleyton Martins Nogueira, foi morto na cidade de Parauapebas, na região de Carajás, estado do Pará. O crime ocorreu no Bairro Altamira.

Segundo informações da 20ª Seccional de Polícia Civil, Cleyton foi golpeado com várias perfurações de arma branca (faca). Ele estava em um bar acompanhado de sua namorada de prenome Daniela, momento em que de acordo com testemunhas, o ex-companheiro dela iniciou uma discussão. Após a briga, o ex de Daniela saiu e retornou um tempo depois com uma faca nas mãos e desferiu vários golpes na vítima que tentou correr, mas não teve chances e acabou morrendo.

A Polícia tenta encontrar o autor do homicídio.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Homem furta retrovisor de moto, é flagrado por videomonitoramento e preso

Publicado

em

A Polícia Militar realizou a prisão de um homem de 26 anos na noite desta quinta-feira, 25, acusado de furtar um retrovisor de uma motocicleta que se encontrava estacionada no Centro da cidade de Araguatins, no Bico do Papagaio. A PM chegou ao acusado através das câmeras de videomonitoramento.

As primeiras imagens flagrando o momento exato em que o autor retirava o objeto do veículo da vítima foram captadas pelas câmaras de segurança de uma loja instaladas próximo ao local.

Através do registro de imagens das câmeras de alta resolução do sistema de videomonitoramento instalado na cidade e monitorado na sede do 9º Batalhão da PM (9º BPM), os policiais militares checaram os dados da moto e do autor e descobriram que o indivíduo morava em São Sebastião do Tocantins, também no Norte do Estado. O homem estava em sua residência quando acabou preso pelos militares do destacamento da PM em Buriti.

O autor e o acessório furtado foram apresentados na Central de Flagrantes em Araguatins para as devidas providências.

Resultados do videomonitoramento desde a implantação da nova tecnologia

Graças a esse sistema de videomonitoramento instalado em Araguatins, a PM já conseguiu prender diversos autores de variados crimes praticados na cidade, bem como, a apreensão de objetos recuperados nas ações.

Entre as ocorrências de destaque, estão a apreensão de um menor flagrado nitidamente pelas câmeras quando roubou o aparelho celular de uma vítima com uso da força física e saiu correndo. As imagens captadas mostraram o rosto do menor, facilitando com que a PM chegasse de imediato até ele.

Outra ocorrência que ganhou destaque na mídia foi a prisão de um homem que estava com uma arma de fogo na cintura no Cais do Porto. Da central, a PM constatou o comportamento estranho do homem que constantemente colocava a mão na cintura. Os militares constaram que era uma arma e sem saber que estava sendo monitorado, o autor foi abordado,acabou preso e a arma apreendida.

Continue lendo
publicidade Bronze