Connect with us

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Polícia Civil prende homem suspeito de cometer vários furtos a residências

Publicado

em

No final da tarde da última quarta-feira, 25, a Polícia Civil do Estado do Tocantins, por meio das delegacias de Tocantinópolis, Aguiarnópolis e Palmeiras, deflagrou uma ação conjunta de combate à criminalidade a qual resultou na prisão de Jardel Batista de Jesus, 22 anos. Ele é suspeito de ser o principal autor de praticar inúmeros furtos qualificados a residências, em Tocantinópolis e foi capturado, mediante cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pelo Juízo Criminal da Comarca.

  A Operação, denominada “Missão Impossível, SQN!!!” foi comandada pelo Delegado Regional Tiago Daniel com o apoio dos delegados Teofábio Alves Siqueira, Rodrigo Karlic e Vladimir Bezerra de Oliveira e contou com a participação de 20 policiais civis, além do apoio de técnicos de defesa social da Cadeia Publica de Tocantinópolis.

Conforme o delegado regional, Jardel ficou preso por dois anos entre 2015 e 2016, pela prática de mais de 15 furtos a residências no ano de 2014 e,  assim que saiu da cadeia, voltou a praticar o crime de furto qualificado pelo arrombamento e escalada em residências, levando dinheiro, jóias, celulares e aparelhos eletrônicos. Desta forma, ele é apontado como o responsável por mais de 15 furtos em residências ocorridos, nos últimos 12 meses em Tocantinópolis.

Para prender Jardel foi feito um grande cerco na área de mata que rodeia sua casa, localizada no povoado Ribeirãozinho. Porém, ao perceber a aproximação dos policiais civis, o homem conseguiu escapar.

Todavia, os policiais civis intensificaram as buscas e Jardel foi localizado em uma casa de palha no meio da mata e, ao ser abordado, além de não obedecer à ordem de se deitar para ser algemado, resistiu à prisão e entrou em luta corporal com o delegado regional, no sentido de lhe tomar a arma.

 Entretanto, além de não conseguir desarmar o delegado, Jardel foi imobilizado por este e em seguida algemado pelos policiais que participavam da Operação.

 Desta forma, além do mandado de prisão, Jardel foi preso em flagrante pelos crimes de desobediência, resistência e posse irregular de munição que foi encontrada em seu esconderijo. Na Delegacia ele confessou realmente ter praticado pelo menos 15 furtos em residências nos últimos 12 meses em Tocantinópolis.

Depois da lavratura do auto de prisão em flagrante, Jardel foi encaminhado à carceragem da Cadeia Pública de Tocantinópolis onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário. (Rogério de Oliveira)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

Augustinópolis e São Miguel são alvos da PF em operação contra fraude em licitação

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (25) a Operação “Exprobo” com o objetivo de desarticular um grupo criminoso responsável por realizar fraudes em procedimentos licitatórios, atos de corrupção e desvio de recursos públicos.

Aproximadamente 50 (cinquenta) Policiais Federais cumprem 18 (dezoito) mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal Regional Federal da 1º Região, nos municípios de Augustinópolis, São Miguel, Palmas, Lagoa do Tocantins, Santa Maria do Tocantins e Imperatriz no Maranhão.

As investigações apuram a atuação de um grupo criminoso responsável por realizar fraudes licitatórias e desvio de recursos públicos em contratos envolvendo recursos do Fundo Municipal de Saúde e do Fundo Municipal de Educação repassados à municípios do Estado do Tocantins, nos anos de 2017 a 2019. Identificou-se, ainda, a possível participação de agentes públicos dos municípios nos fatos em apuração, que teriam favorecido as empresas investigadas nas licitações, em troca de valores depositados em contas destes.

Com as ações de hoje, a Polícia Federal busca robustecer o conjunto probatório existente, com a obtenção de novas provas, fazer cessar a continuidade das ações criminosas, delimitar a conduta dos investigados, bem como identificar e recuperar ativos frutos dos desvios realizados.

Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos crimes de fraude à licitação, peculato, corrupção ativa, corrupção passiva e associação criminosa.

A palavra “exprobo” é derivada do latim “exprobare” que significa repreender, não concordar, fazendo referência aos atos ilícitos praticados pelos investigados.

A Polícia Federal ressalta que, em razão da situação de pandemia atual, foi planejada uma logística especial de prevenção ao contágio pelo COVID19, com distribuição de EPIs a todos os envolvidos na operação, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas, investigados e seus familiares.

Continue lendo

Bico do Papagaio

BURITI: Família busca apoio de autoridades para recambiar corpo de buritinense assassinada pelo marido no Suriname

Publicado

em

Casa na vila onde ocorreu o crime no Suriname na fronteira com a Guiana Francesa.

Familiares da biritinense Romenia Brito, de 28 anos, morta a facadas na madrugada de segunda, 23, em uma vila nas margens do rio Lawa, no resort Tapanahony, distrito de Sipaliwini, no Suriname, precisam de ajuda financeira e protocolar para repatriar o corpo e trazer os dois filhos de Romenia de volta ao Tocantins.

O acusado do crime é o marido de Romenia, Aimar Lopes de Souza, que foi preso e levado junto com o corpo da vítima, para a capital do Suriname, Paramaribo, a cerca de 280 km do local do crime.

A família ficou sabendo da morte, no início da manhã de segunda-feira ao tentar fazer contato com a vítima por um aplicativo de celular, quando foram informados por uma moradora da vila no Suriname, que faz fronteira com Maripasoula uma comuna da Guiana Francesa.

A morte foi presenciada pelo filho de 10 anos do casal.

Os dois filhos de Romenia estão na casa de uma vizinha, na mesma vila onde aconteceu o crime. Além do menino de 10 anos, Romenia tinha um filho de cinco.

A família informou que entrou em contato com o Itamaraty e aguarda ajuda para repatriar o corpo e trazer as crianças para Buriti. O órgão federal ainda não se manifestou.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SAMPAIO: Casal é preso no Bairro Parque das Estrelas traficando drogas

Publicado

em

As Polícias Militar e Civil prenderam na noite dessa segunda-feira, 23, uma mulher de 28 anos a qual já responde em liberdade por tráfico de drogas em Imperatriz-MA e um homem de 21, acusados de envolvimento com o tráfico de entorpecentes. As abordagens ocorreram no Bairro Parque das Estrelas, em Sampaio, no Bico do Papagaio.

Os policiais chegaram até aos acusados por meio de denúncia de que na casa da autora ocorria venda de drogas. O suspeito de 21 anos deixava a residência da acusada quando foi preso pelos policiais. Em poder do indivíduo foram apreendidas duas porções de maconha encontradas em seu short.

Na residência da mulher a PM e PC apreenderam um aparelho celular; um rolo de papel alumínio; 50 gramas de maconha, enterradas no quintal da casa, R$ 17,00 em espécie e um comprovante de depósito no valor de R$ 150,00 em favor de uma possível fornecedora de drogas, residente em Imperatriz.

Todo o material apreendido juntamente com os envolvidos foi apresentado na Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins para as demais providências. O homem foi submetido a Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e a mulher foi autuada em flagrante delito por tráfico de drogas.

Continue lendo
publicidade Bronze