- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 06 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

TOCANTINÓPOLIS: TEC confirma a participação na Série D

Mais Lidas

Depois de receber o aval da Prefeitura, vereadores, empresários e parte da população, que abraçaram a causa do Tocantinópolis, a diretoria do clube resolveu aceitar o desafio de colocar o TEC para representar o Tocantins no Brasileiro da Série D (Quarta Divisão). O TEC vai substituir o Gurupi, que desistiu de participar da competição alegando problemas financeiros. A informação foi confirmada pelo vice-presidente do clube, Salim Milhomem. Segundo ele, após reunião realizada nesta quinta-feira, 30, foi batido o martelo, pois o clube receberá alguns patrocínios que o ajudarão a entrar na competição.”Vamos fazer sorteio de um moto e buscar outros recursos que venham a somar na nossa luta de poder colocar o time na Série D “, disse Milhomem, que acredita na ajuda do Governo do Estado, diferente do Gurupi que esperou e não conseguiu atingir seu objetivo.

A diretoria do TEC acredita que a presença do torcedor nos jogos da equipe ajudará a reforçar o caixa durante a competição. Milhomem ressaltou que o TEC foi o time com maior média de público (2 mil pessoas por partida) e renda no Tocantinense.

Apresentação

Faltando apenas 17 dias para a estréia contra a Anapolina na Série D, o dirigente disse que na próxima segunda-feira, 4, quando faltará 13 dias para esta partida, será apresentado o elenco e a comissão técnica. A apresentação será às 16 horas, no Estádio Ribeirão. Quanto à contratação de jogadores e do técnico, Milhomem revelou que já tem vários nomes contactados e que já tem no clube sete jogadores da base e  serão contratados mais 15.  O superintendente da Federação Tocantinense de Futebol (FTF), José Wilson Soares, disse que recebeu ontem pela manhã o documento oficial do Gurupi desistindo de disputar a Série D. Segundo ele, ontem mesmo, um dirigente do TEC já assinou a carta adesão e agora iria enviar a documentação para CBF formalizando e informando a troca das equipes tocantinenses. Esta será a décima participação do time em competições nacionais. Foram oito Brasileiros Série C (94/97/99/2000/01/02/03/05) e uma Copa do Brasil (2003).

Distâncias

A tarefa do time tocantinense não será tão fácil, além de montar o time em cima da hora, o clube terá que percorrer longas distâncias. O time terá que viajar de Tocantinópolis a Anápolis (1.279 km). Para Juiz de Fora (2.212 km); para Brasília (1.237 km) e para Itumbiara (1.507 km). Estas viagens serão de ônibus. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias