- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 25 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img

TOCANTINÓPOLIS: TEC vence e sobe no tocantinense 2011

Mais Lidas

A torcida do TEC parecia que estava sentindo a vitória do time e se fez presente no estádio Ribeirão, neste domingo, 10, para incentivar a equipe. Com o inicio do jogo logo no primeiro minuto aconteceu a primeira falta da partida feita pela equipe do Palmas, que pelos seus problemas extra-campo imaginava-se que tentaria segurar o verdão com forte marcação aos jogadores. Só que foi o contrário, o TEC fez mais faltas do que o Palmas no primeiro tempo, foram cometidas 13 pelo Tocantinópolis contra 11 do Palmas.

O time de casa sempre procurando marcar logo o primeiro gol partiu pra cima do adversário, mas sem muitas chances reais nos primeiros minutos de jogo, somente aos 06min20seg que o verdão conseguiu seu primeiro escanteio. Como o TEC insistia muito, na seqüência, em lançamento do zagueiro Kanu o bandeirinha marcou impedimento. Aos 10min o Palmas subiu ao ataque onde foi parado por falta no lado esquerdo da defesa do Tocantinópolis.

Em seguida foi a vez do bandeirinha marcar impedimento do ataque do Palmas aos 14min38seg. Com 15min do primeiro tempo nenhuma das duas equipes havia chutado com perigo real ao gol. Só que a primeira chance real de gol foi do Tocantinópolis, onde o zagueiro Kanú cabeceou, mas, o goleirão Juninho defendeu. Em resposta o atacante do Palmas Kelber se deu bem em cima da zaga adversária e quase abre o marcador da partida.

A insistência do verdão teve seu prêmio aos 21min do primeiro tempo, como Evaldo sempre fez a diferença, em jogada individual, ele se livrou da marcação dos zagueiros e marca o primeiro gol do TEC.   O Palmas não se intimidou, o time da casa ficou tocando bola no seu próprio campo, como que chamando o adversário para poder subir no contra-ataque, mas. O feitiço quase vira contra o feiticeiro quando nessas trocas de passe a zaga tocantinopolina erra e o atacante do Palmas quase empata o jogo aos 24min40seg.

Com 27min50seg Evaldo sempre guerreiro, tentou roubar a bola do lateral com um carrinho que o árbitro entendeu como perigoso, e marcou falta aplicando cartão amarelo ao atacante do verdão do norte. Em outro ataque do Tocantinópolis Warner tenta o cruzamento e a bola bate na mão do zagueiro do Palmas, os jogadores do verdão ficaram pedindo penalty, mas o árbitro entendeu como bola na mão. Somente aos 34 minutos do primeiro tempo o time da capital fez seu segundo chute ao gol, sem perigo para o goleiro Regis.

Aos 39 minutos Evaldo como sempre se destacando, deu dois chapéus seguidos em um dos atletas do Palmas que teve de fazer falta para segurar o atacante do Verdão. O segundo cartão amarelo da partida saiu par ao jogador Fabio Bahia que para segurar o jogador do Tocantinópolis fez falta na entrada da área do Palmas. Na cobrança da falta o goleiro Juninho espalmou, a bola sobrou para Evaldo que chutou meio sem jeito, Juninho tornou a defender e na seqüência Gil Bala tentou marcar o gol, mas, o goleiro do Palmas mesmo caído conseguiu colocar a bola a escanteio. Aos 47min52seg o juiz encerra o primeiro tempo com o placar de 1 x 0 para o Tocantinópolis.

2º TEMPO

No segundo tempo tivemos um total de 14 faltas cometidas pelos jogadores do Tocantinópolis e 13 pela equipe do Palmas, a primeira dela cometida aos 22 segundo do inicio da etapa final. A torcida mesmo com o time ganhando pelo placar de 1 x 0 parecia ainda desanimada, o neste inicio da etapa final o time da casa só conseguiu uma boa jogada aos 14min53seg, quando em lançamento longo o bandeira sinalizou impedimento para o TEC.

Como a partida não mudava o ritmo, o técnico Everaldo Bezerra resolveu mudar o time substituindo o atacante Kelber por Dequinha que logo ao entrar desperdiçou boa chance de marcar o segundo gol do jogo quando ficou cara a cara com o arqueiro do Palmas.

A torcida estava ficando cada vez mais desanimada com o 1 X 0 para o TEC, pois o placar era muito perigoso e o time ainda não havia vencido em casa. Só que aos 19 minutos Evaldo recebe cruzamento da direita e chuta para o gol de Juninho ampliando o placar para 2 X 0.

A partir daí só deu TEC, o Palmas se abateu após o segundo gol e tratou de se retrancar para evitar a goleada. Mas o Tocantinópolis queria mais e aos 25 minutos, em um dos ataques na busca do terceiro gol o lateral Dominguinhos passou por três marcadores, cruzou, mais a bola bateu no rosto do zagueiro do time da capital e foi para escanteio.

O Tocantinópolis insistia em busca de mais um gol, e aos 29 minutos quase consegue obtê-lo em um bate rebate na área que o zagueiro do Palmas acabou afastando o perigo. Em seguida saiu o tão sonhado terceiro gol, o zagueirão Kanú subiu ao ataque fez belo passe para Gil Bala que driblou o goleiro Juninho e deu números finais a partida com o terceiro gol do Verdão aos 30min44seg.

Depois do terceiro gol o TEC fez pouco empenho de ampliar o ataque e a partida ficou monótona, o juiz deu 3 minutos de acréscimos, mas, encerrou antes mesmo do tempo, aos 47 minutos.

FICHA TÉCNICA DA PARTIDA

Tocantinópolis:  Régis (Clébio); Dominguinhos, Ricardo Henrique, Kanu e Maninho; Doriva, Warney, Robélio e Sandro Maranhão; Jean Maranhense (Bala) e Evaldo (Dequinha). Técnico: Everaldo Bezerra.

Palmas: Juninho; Matiel (Pezinho), Fábio, Júnior e Everton; Elivan Júnior, Frank, Paulo Júnior e Romério; Toddy e Felipe Marino (Vinícius)  Técnico: Gil Fernandes.

Árbitro: Lucas Canale, Assistentes: Weudes Rocha e Gilberto Costa Amorim; Local: Estádio Ribeirão; Horário: 16 horas; Renda: R$ 8.060,00; Público Pagante: 1.426; Não Pagantes: 536; Público Total: 1.962

Por: Roberlan Barbosa

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias