- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Aliados querem apoio técnico para discutir Orçamento

Mais Lidas

O projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), que pode ser votado na próxima semana, foi alvo de discussão na tarde de ontem, em uma reunião entre a base governista e a Secretaria do Planejamento e Modernização da Gestão (Seplan). No encontro, os deputados pediram ao governo que disponibilizasse técnicos da secretaria para trabalhar junto com a equipe técnica da AL na elaboração das emendas e também para que tirem possíveis dúvidas em relação ao projeto orçamentário, que tramita desde a última terça-feira, na AL.

De acordo com Freire, a equipe irá estar à disposição de todos os deputados, tanto oposicionistas, como governistas. O líder reiterou que o pedido não foi feito somente para atender a situação, mas os 24 parlamentares. “Isso é para que eles possam ajudar analisar tecnicamente o projeto, que é uma matéria complexa. Para tirar as dúvidas dos deputados, para esclarecer qualquer dúvida”, frisou, ao negar que ao pedir a equipe tenha como objetivo tentar influenciar os oposicionistas na análise da proposta.

Ainda na reunião de ontem, o líder destacou que o secretário fez uma exposição detalhada do projeto orçamentário, como também dos programas na área da Saúde e a economia que o governo está realizando no Estado.

Relator

Em relação à votação da matéria, que tem como relator o deputado estadual da base governista Amélio Cayres (PR), o líder disse que está “animado” para que ela aconteça na próxima semana. Mas frisou que isso irá ser decidido na confecção do relatório – que tem 15 dias para ficar pronto – após o fim do prazo para apresentação de emendas, que se encerra na próxima quinta-feira, para fechar o parecer sobre a LOA. “Isso vai depender mais do relator para se entender com os líderes da oposição sobre isso”, disse. Quanto à formulação das emendas, Freire afirmou que nenhum deputado presente sinalizou sobre a possível construção de emendas ao projeto orçamentário.

O deputado também informou que os parlamentares e o secretário do Planejamento, Eduardo Siqueira (PSDB), já marcaram para a próxima segunda-feira, no final da tarde, outra reunião para avançarem as discussões sobre o Orçamento. Segundo Freire, no momento, esse assunto é prioridade para o governo do Estado.

De acordo com o líder, dos 12 deputados governistas, contando com os petistas Amália Santana e Zé Roberto, somente Marcelo Lelis (PV) faltou à reunião. Segundo Freire, Lelis faltou devido a uma reunião da executiva nacional de seu partido, em Brasília.

Oposição

Conforme o líder do PPS, o deputado oposicionista, Sargento Aragão (PPS), ele ainda está estudando a peça orçamentária e apenas se limitou a dizer que a oposição fará o que for melhor para o Estado. “O que for bom nós vamos deixar e o que for ruim nós vamos tirar”, destacou.

Já a líder do PMDB, a deputada estadual Josi Nunes (PMDB) disse que ficou deliberado entre a oposição que cada um dos 12 deputados analisasse individualmente a matéria. E com a análise de cada um, eles irão se reunir na próxima segunda-feira para que cada um apresente uma avaliação da peça orçamentária. E somente na terça-feira, eles irão dizer se irão apresentar ou não emendas ao projeto. “Pela oposição, nós estamos prontos para votar isso o mais rápido possível”, completou. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias