- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
domingo, 07 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Ambulâncias desativadas comprometem atendimentos

Mais Lidas

Um jovem de 20 anos morto a caminho do hospital em cima de uma caminhonete; um parto dentro de um carro particular e uma apreensão policial por irregularidades mecânicas e de documentação. Nas últimas semanas, casos como esses, que se tornaram públicos, expuseram uma realidade preocupante na saúde pública do Tocantins: pacientes deixam de ser atendidos porque as ambulâncias, ou estão na oficina aguardando reparos, ou estão encostadas nos pátios das unidades de saúde porque não apresentam mais condições de uso.

O Jornal do Tocantins apurou que nas principais cidades do Estado, Palmas, Araguaína e Gurupi, a maioria desses veículos não está em operação. Na Capital, das seis ambulâncias do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), somente três estavam rodando até a última sexta-feira. Em Gurupi, as três únicas ambulâncias estavam em manutenção e, em Araguaína, apenas duas estavam rodando.

Samu

O Samu é um programa do Ministério da Saúde (MS), que integra a Política Nacional de Atenção às Urgências, e conta com 147 serviços presentes em todos os estados e no Distrito Federal.

O governo federal entra com uma contrapartida mensal a municípios e estados com projetos aprovados de Samu, bancando 50% do custeio mensal desses serviços. A Coordenação Geral de Urgência e Emergência do MS informou que renovará a frota das três centrais do Tocantins (Palmas, Araguaína e Gurupi) até o final deste ano, conforme a proposta de regionalização oferecida ao Estado.

Estado

A frota de ambulâncias do Estado é de 26 veículos que atendem aos 19 hospitais regionais do Tocantins. Segundo o secretário Estadual da Saúde (Sesau), Francisco Melquíades Neto, é aguardada a chegada de 170 novos veículos adquiridos pelo governo estadual. Dessa nova frota, 31 serão destinadas aos hospitais da rede estadual e as outras 139 deverão ser enviadas para cada um dos municípios tocantinenses. A entrega está prevista para acontecer a partir de amanhã, por ordem de prioridade, de acordo com a carência de cada município.

Conforme a assessoria de comunicação da Sesau, o recurso de R$ 10,8 milhões utilizado na aquisição das ambulâncias é do tesouro estadual. (Colaboraram Isabelle Bento e Fernanda Bruni – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias