- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Araguaína e Palmas entre as cidades que mais têm motos no Brasil

Mais Lidas

Elas estão por todos os lados, não importa a marca, as cilindradas ou o valor. A verdade é que a motocicleta se tornou mais que paixão. Em alguns casos é uma necessidade ou facilitadora no trânsito pesado das grandes cidades. Pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) revelou na última semana as dez cidades do país que possuem a maior frota de motocicleta por pessoa para um grupo de 100 habitantes. Araguaína e conhecida como a capital do boi gordo, ficou com o segundo lugar no ranking nacional, enquanto Palmas ocupada a nona colocação.

O município líder do ranking é a cidade de Jí-Paraná (RO) que possui um índice de 26,4 motocicletas por cem habitantes, enquanto Araguaína aparece com 25,8.

Palmas também figura nessa tabela ficando em 9º lugar, com 20 motos por 100 habitantes. Segundo o Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran) em Araguaína, até o início deste mês a frota de motocicletas da cidade totalizou 35.751 veículos emplacados.

Já Palmas conta hoje com uma frota de 31.539 motocicletas. Entre os anos de 2009 a 2011 houve um aumento de 30,73% no número deste tipo de veículo.

Acidentes

Mesmo com a evolução da frota na Capital, em dois anos e meio estatísticas do Sistema Integrado de Operações Policiais (Siop) da Polícia Militar revelam que o número de acidentes na Capital envolvendo este tipo de veículos apresentou uma redução de 6.1%, comparando os seis primeiros meses de 2010 com o mesmo período deste ano.

A estatística revela ainda que também reduziu o número de acidentes com vítima em 6,75% no mesmo período. As ocorrências de acidentes sem vítima também caíram em 3,94%, assim como o número de acidentes com vítimas fatais que nos seis primeiros meses de 2010 registraram um total de 13 enquanto no mesmo período deste ano somaram 11.

Para o titular da Delegacia de Repressão aos Crimes de Trânsito, Alberto Carlos Rodrigues Cavalcante, a redução ainda falta muita conscientização por parte dos condutores. “Este índice é ótimo para a sociedade sim. Faz parte da Polícia Civil, da nossa delegacia um trabalho educativo, de conscientização e prevenção. Ainda tem muita gente morrendo no trânsito”, disse afirmando que a campanha será voltada não apenas aos motociclistas, mas também aos motoristas, para que ambos trafeguem em harmonia. 

Motos por 100 habitantes

1 – Ji-Paraná (RO) 26,4

2 – Araguaína (TO) 25,8

3 – Araçatuba (SP) 24,6

4 – Birigui (SP) 24,6

5 – Rondonópolis (MT) 24

6 – Sinop (MT) 22,5

7 – Rio Claro (SP) 20,5

8 – Brusque (SC) 20,2

9 – Palmas (TO) 20

10 – Parnaíba (PI) 19,9

(Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias