Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Comissão de transição visita pastas de olho nos gastos com pessoal

Publicado

em

Os membros da comissão de transição começaram a semana com a visita a três órgãos estaduais: Igeprev, Naturatins e Itertins. Esta terça-feira, 22, será a vez da Secretaria Estadual da Administração (Secad) e Secretaria Estadual da Saúde (Sesau) prestarem as informações administrativas e orçamentárias. Até o momento sete secretarias e autarquias receberam a comissão formada por membros do atual e do próximo Governo e uma das dificuldades tem sido avaliar se os gastos com pessoal, previstos na minuta da Lei Orçamentária Anual (LOA) para 2011 entregue para a comissão de transição, serão suficientes.

Conforme informações do coordenador dos trabalhos por parte do atual Governo, o secretário-chefe da Controladoria Geral do Estado (CGE) Jacques Silva, uma das demandas dos membros da comissão por parte tucana tem sido o questionamento quando aos valores previstos na LOA para gasto com pessoal. Sem dizer os percentuais previstos, Silva disse que são menores que os desse ano, considerando a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) em junho para que o Governo do Tocantins demita no prazo de 12 meses os servidores comissionados. “Não se sabe a situação dos comissionados, então, há uma certa dificuldade em se fixar o valor quanto ao gasto de pessoal. Os gastos foram reduzidos considerando a decisão do Supremo”, disse o secretário-chefe.

Por parte do grupo do próximo governo, nenhum comentário detalhado sobre os trabalhos realizados, até o momento, em sete órgãos estaduais. O coordenador dos trabalhos, Eduardo Siqueira Campos (PSDB), não participou dos encontros de ontem. Ele está em São Paulo com retorno previsto para a próxima quinta-feira. Por telefone, disse que “não é papel da comissão tornar pública a informação recebida”. “Acho importante esse papel de acompanhamento, mas não nos cabe falar e avaliar as informações prestadas”, afirmou. Presente na reunião, Renan de Arimatéia – também membro da comissão por parte do próximo governo – disse apenas: “Vamos discutir esses detalhes do orçamento até a votação da LOA”.

Secad e Sesau

O Jornal do Tocantins tentou, mas não conseguiu contato com o secretário da Secad, Eugenio Pacceli, para que ele comentasse sobre o que pretende destacar na reunião de hoje que está marcada para as 14 horas. Na secretaria estão concentradas todas as informações sobre os servidores, entre elas, o número de comissionados e concursados do Estado. As últimas informações prestadas ao JTo pela Secad, através da Secretaria Estadual da Comunicação (Secom), foram em setembro deste ano. Conforme estas informações, até agosto de 2010 eram cerca de 31 mil efetivos e 21,5 mil servidores exclusivamente comissionados.

No fim da tarde de ontem o JTo tentou contato com o secretário estadual da Saúde, Francisco Melquíades Neto, mas não conseguiu. Quando a reportagem esteve na secretaria para reportagem sobre o HGP, no último dia 8, o secretário adiantou que um dos projetos que pretendia apresentar à comissão de transição é o que propõe a ampliação da estrutura para atendimento de urgência e emergência do Hospital Geral de Palmas (HGP). Segundo ele, o projeto de aumentar de 22 para 45 o número de leitos para esse tipo de atendimento resolveria o problema de superlotação e que a obra levaria apenas 30 dias para ser concluída. (Cléo Oliveira – Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins gera quase 6 mil empregos de janeiro a outubro de 2020, segundo Caged

Publicado

em

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram saldo positivo de 5.981 empregos no Tocantins, de janeiro a outubro de 2020. Os números referentes a outubro foram publicados na quinta-feira, 26, e registraram a geração de 1.504 novos postos de empregos no Estado no referido mês, resultado de 6.276 contratações e 5.289 desligamentos.

De acordo com a gerente do Observatório do Trabalho no Tocantins, Willany Bezerra, os dados revelam que, apesar da crise econômica gerada pela pandemia do novo Coronavírus. o Tocantins tem conseguido manter seus postos de trabalho e explica: “Ao avaliar os dados ao longo do ano, percebemos que o maior número de demissões aconteceu no auge da pandemia em março, abril e maio. Mas, a partir de junho, o Estado começou a se recuperar e se manteve com saldo positivo em todos os meses subsequentes”, observa a gerente.

Os setores da economia que mais se destacaram no Tocantins, em outubro de 2020, foram a Construção Civil, com saldo positivo de 675 postos de trabalho, seguida do Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 613 empregos. Em terceiro lugar, ficou o setor de Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas, com saldo de 276 novos postos abertos; e em sétimo lugar, ficou o setor da Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Agricultura, que colaborou com resultados positivos de 34 novos postos de trabalho abertos no Tocantins.

Dados Palmas

Em Palmas, o saldo de empregos formais em outubro de 2020 foi de 469, resultado de 2.378 admições e 1.909 desligamentos. Na Capital, o setor com melhor resultado em outubro foi Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 258 postos, seguido da Administração Púbica, Defesa e Seguridade Social, Educação, Saúde Humana e Serviços Sociais, com saldo positivo de 95 postos, e a Indústria Geral, com saldo positivo de 63 postos. A Construção Civil, em Palmas, foi o quarto setor que mais movimentou o mercado e teve saldo positivo de 59 postos de trabalho abertos.

A gerente Willany Bezerra ressalta o empenho do Governo do Tocantins, por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine), para manter os postos de emprego no Estado: “É fundamental, em momentos de crise como o que estamos vivendo, apoiar o trabalhador que perdeu o emprego com os benefícios sociais que ele tem direito, como o seguro-desemprego, mas também mostrar que o mercado se remodela e apresenta oportunidades diferentes e podemos nos adaptar a esse movimento e buscar novas colocações”, sugere a gerente.

O Sine Tocantins está atendendo a população do Estado por meio dos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, mas também por telefone, WhatsApp e e-mail, desde a suspensão do atendimento presencial em 20 de março, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Canais de acesso

Os trabalhadores interessados em concorrer às vagas do Sine podem acessar o Aplicativo Sine Fácil, seguindo o passo a passo no https://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facil/.

Outro meio de acessar o serviço é pelos seguintes e-mails e números de WhatsApp: em Palmas, pelo WhatsApp: 3218-1957 ou e-mail: [email protected]; em Paraíso, pelo WhatsApp (63) 3602-3340 ou e-mail: [email protected]; e em Gurupi, pelo WhatsApp (63) 3351-2477 ou e-mail: [email protected].

Nas mensagens enviadas a esses contatos, devem constar nome completo do interessado, número do CPF e nome da mãe.

Nas demais unidades do Sine, o contato só pode ser feito por telefone convencional, os números podem ser acessados no site da Setas https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego/contatos-do-sine-tocantins-/.

Painel de vagas

Para conferir, diariamente, a oferta de vagas nos nove postos do Sine Tocantins acesse o site da Setas, https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego , ou as redes sociais, sendo no  Facebook o perfil @setasTo, e no Instagram Setas Tocantins.

Ressalta-se que, devido à pandemia da Covid-19, os atendimentos presenciais do Sine em todo o Estado continuam suspensos. (Lara Cavalcante)

Continue lendo

Tocantins

Salários de servidores estaduais do Tocantins é pago nesta terça, 1°

Publicado

em

O Governo do Tocantins efetua o pagamento dos servidores nesta terça-feira, 1º de dezembro. O montante de R$ 189.495.186,67, valor líquido da folha do mês de novembro, estará disponível para saque ao longo do dia, dependendo do banco em que o servidor escolheu recebê-lo.

A folha de pagamento dos servidores públicos é um dos principais compromissos que o Governo do Tocantins vem honrando, sempre quitada no 1° dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

O Governo do Tocantins orienta os servidores para que utilizem ferramentas eletrônicas como os aplicativos dos bancos e façam os pagamentos por cartão. Além disso, se for possível, evitem se dirigir às agências bancárias para que não haja aglomeração nesses locais.

Décimo terceiro

O Governo do Estado ressalta que o pagamento do 13° salário dos servidores públicos, vinculados ao Executivo Estadual, é feito na folha do mês de aniversário do servidor, cujo saque está disponível no mês subsequente ao trabalhado.

Já os aniversariantes do mês de dezembro receberão o benefício no próximo dia 18 de dezembro.  (Arlete Carvalho)

Continue lendo

Tocantins

Procon autua quatro estabelecimentos, durante a Black Friday, por propaganda enganosa e ausência de preço

Publicado

em

Durante a operação Black Friday, relizada na última sexta-feira, 27, o Procon Tocantins autuou quatro estabelecimentos em Palmas. Além da Capital, a fiscalização ocorreu nos municípios de Gurupi, Guaraí, Dianópolis, Paraíso do Tocantins, Araguaína, Tocantinópolis e Colinas.

De acordo com a Gerência de Fiscalização, os índices de autuação durante a Black Friday têm se mantido. Em 2019, ocorreram três autos por propaganda enganosa e um por ausência de precificação.

As autuações sobre publicidade enganosa, também conhecida como propaganda enganosa, estão respaldadas no Art. 37 do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Já o artigo 31 (CDC) estabelece que todos os produtos precisam apresentar informações como: característica, qualidade, quantidade, composição e preço, além do prazo de validade.

Ações

As atividades do Procon Tocantins voltadas para a Black Friday ocorreram em duas fases: monitoramento de preços entre os dias 3 e 6 de novembro e fiscalização no comércio e em regime de plantão com diligências realizadas na quinta e sexta-feira (26 e 27/11). 

Em uma avaliação positiva, o superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, destaca que essa parceria entre o Procon e o consumidor tem ficado cada vez mais fortalecida. “Realizamos o nosso trabalho, munindo os consumidores de informações e a receptividade dessa atuação tem contribuído para que as aquisições fiquem mais seguras e os índices de autuações sejam reduzidos”, observou, reafirmando que este é o compromisso do Governo do Tocantins com o cidadão tocantinense.

Denuncie

Ao perceber qualquer irregularidade nos preços e na qualidade dos produtos, o consumidor deve fazer denúncia ao Procon, por meio do Disque Procon 151 ou pelo WhatsApp Denúncia no (63) 99216-6840. (Luciene Lopes)

Continue lendo
publicidade Bronze