Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Deputados da oposição “repudiam” exoneração em massa

Publicado

em

Deputados estaduais da oposição – reeleitos e eleitos – reunidos na sexta-feira, 14, demonstraram todo seu descontentamento ao repudiarem “de forma veemente” a decisão do governo de exonerar em massa os servidores comissionados. A decisão foi classificada de “uma ação meramente política”, “um absurdo”, “um ato truculento”, “uma injustiça” e “uma falta de respeito”, A Portaria, nº 10, da Secretaria da Administração do Governo do Tocantins, foi editada na última quarta-feira, 12. Solidários, os deputados prometeram, entre outras medidas, recorrer à Justiça.

Participaram da reunião, os deputados estaduais Júnior Coimbra (PMDB), eleito deputado federal; Josi Nunes (PMDB), Solange Duailibe (PT) e Iderval Silva (PMDB), estes reeleitos; e os eleitos Sargento Aragão (PPS), José Augusto Pugliese (PMDB) e Vilmar do Detran (PMDB). Outros deputados: Sandoval Cardoso (PMDB), Stalin Bucar (PSDB), Eduardo do Dertins (PPS), Manoel Queiroz (PPS) e Wanderlei Barbosa (PSB) não participaram diretamente da reunião mas por telefone concordaram com o pensamento do grupo.

Para o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Júnior Coimbra, é um absurdo o que o governo vem fazendo. “A ação foi meramente política. Ele [governador Siqueira Campos] tentou exonerar os servidores comissionados de imediato, através de uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF). Não conseguiu. O STF deu um prazo para o governo fazer uma readequação: tirar os comissionados e colocar no lugar deles concursados. Mas numa só canetada, em pouco mais de 10 dias de governo, ele atinge cerca de 16 mil famílias. Deixando todas, agora, em situação de calamidade”, disse Coimbra. A oposição, segundo Coimbra, não vai ficar parada: “Vamos reagir e tomar as medidas cabíveis para defender esses tocantinenses”.

Na avaliação do deputado eleito, Sargento Aragão, a juventude do Tocantins agora está sabendo quem foi o Siquerido da campanha e quem é, de fato, agora, o governador José Wilson Siqueira Campos. “E isso, a juventude não conhecia. Por isso, votou nele. Mas passa a saber, agora, como ele é, na verdade. Em 2001, os policiais militares, sem matar, sem roubar e sem estuprar, foram extirpados dos quartéis a mando dele. Essa atitude, muita gente já conhecia, porém a juventude do estado do Tocantins ainda não sabia de fato, agora passa a conhecê-la. Mas não se surpreendam ou se assustem, pois deve vir coisa pior! Mas nós vamos combatê-lo veementemente, de todas as formas, na Justiça”, afirmou Aragão.

“É um ato truculento”, classificou o deputado Iderval Silva. Na opinião dele, o que houve foi uma demonstração de falta de respeito para com o trabalhador tocantinense. “Nossa bancada vai ver o que está errado”, prometeu. A deputada Solange Duailibe lamentou a postura do governo. “Quero que o governo reveja essa posição. Isso não é justo. É um desrespeito à família tocantinense”, disse ela.

“Não passa de uma ação cruel de quem prometeu na campanha que não ia ter exoneração e hoje essa exoneração se concretiza”, disse a reeleita deputada Josi Nunes. Para ela, está se criando um caos pessoal, um caos na economia, um caos social. “Essa Portaria é irregular”, diz ela.

Josi Nunes garante que alguns pontos justificados pelo secretário da Administração, Lúcio Mascarenhas, podem ser contestado de imediato. Por exemplo: o STF não mandou demitir; deu um prazo de 12 meses ao governo para fazer a substituição por concursados, prazo que só termina em junho; o orçamento existe, o governo dispõe de 1/12 avos do orçamento que já está na Assembleia. “O governo Gaguim pagou três folhas em dezembro. O governador Siqueira Campos não pode pagar uma folha em janeiro?”, questiona a parlamentar. Além disso, o secretário dá sinais de que haverá contratações temporárias.

“O que o povo espera de um governante que vem falando em modernidade é o desenvolvimento e a criação de novas oportunidades e não a decisão de deixar milhares de pessoas a ver navios, sem nenhuma segurança ou previsibilidade de futuro”, disse o deputado eleito, José Augusto Pugliese. “Nós, do PMDB e da oposição, vamos à Justiça defender os direitos daqueles que estavam trabalhando”.

Para o deputado eleito, Vilmar do Detran a medida tomada pelo governo foi uma completa falta de respeito aos trabalhadores. “O lamentável é que essa ação seja meramente política”, completou. Agora como gestor do nosso estado e com a caneta na mão deixa milhares sem saber o que fazer da vida. (Da assessoria de imprensa da bancada de oposição).

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
3 Comments

Tocantins

Governo do Tocantins tem 9 novos secretários

Publicado

em

Junto com as nove exonerações, o Diário Oficial desta segunda, 25, trouxe nove novos secretários de Estados que vão ajudar o governador interino, nesses 6 meses previstos de mandato. Todos alinhados com Wanderlei Barbosa. Veja a lista:

Darci Martins Coelho, secretário Extraordinário de Assuntos Parlamentares
Afonso Piva de Santana, secretário da Saúde
Jairo Soares Mariano, secretário da Fazenda
Wlademir Costa Mota Oliveira, secretário da Segurança Pública
Joseph Madeira, secretário da Governadoria
José Humberto Pereira Muniz Filho, secretário de Parcerias e Investimentos
Marco Aurélio Giralde, presidente da Agência de Tecnologia da Informação
Carlos Humberto Duarte de Lima e Silva, secretário da Indústria, Comércio e Serviços
Sebastião Pereira Neuzin Neto, responder interinamente pela Casa Civil

Continue lendo

Tocantins

Wanderlei exonera 9 secretários de Carlesse

Publicado

em

Nada mais, nada menos que nove secretários do Governo Carlesse, foram exonerados pelo governador em exercício Wanderlei Barbosa, na noite desta segunda-feira, 25. As exonerações foram publicadas no Diário Oficial. Veja a lista:

Aldison Wiseman Barros de Lyra (Ton Lira), secretário de Estado da Indústria, Comércio e Serviços

Divino Allan Siqueira, secretário da Governadoria

Élcio de Souza Mendes, secretário de Estado da Comunicação

José Humberto Marquez Pereira, secretário Extraordinário de Assuntos Parlamentares

Keliton de Sousa Barbosa, secretário Extraordinário de Ações Estratégicas

Luiz Edgar Leão Tolini, secretário de Estado da Saúde

Rolf Costa Vidal, secretário-Chefe da Casa Civil

Sandro Henrique Armando, secretário de Estado da Fazenda

Thiago Pinheiro Maciel, Presidente da Agência de Tecnologia da Informação

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Abertas inscrições para novas turmas de cursos gratuitos na Praça CEU

Publicado

em

A Prefeitura de Araguaína por meio da Secretaria de Esporte, Cultura e Lazer está disponibilizando mais de 65 vagas para os cursos de violão, break dance, incentivo à leitura e produção de bijuterias. As aulas são ofertadas gratuitamente na Praça CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), que fica no Setor Araguaína Sul 2. 

As inscrições iniciam nesta segunda-feira, 25, e seguem abertas até o preenchimento das vagas, disponibilizadas de acordo com o curso e a faixa etária. Para participar das aulas de violão, por exemplo, é necessário ter entre 8 a 15 anos, ao todo são 20 vagas. No caso do break dance, também é oferecida a mesma quantidade de oportunidades, podendo participar moradores com mais de 10 anos.

Já o curso de Incentivo à Leitura que tem como proposta trazer atividades lúdicas que estimulem a reflexão, curiosidade, criatividade meio dos livros, jogos e dinâmicas pedagógicas, podem participar alunos a partir de 6 anos, ao todo são 12 vagas. Para quem deseja ter uma renda extra, o curso de bijuteria oferece 15 oportunidades e as matrículas podem ser realizadas por pessoas com mais de 15 anos.

Como se matricular

As matrículas são realizadas na sede administrativa da Praça CEU, localizada na Avenida Tietê, ao lado do CRAS (Centro de Referência e Assistência Social). O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas e das 14 às 17 horas.

Os documentos necessários para se inscrever nas modalidades são:  cópias do RG, CPF e comprovante de residência. Em caso do menor de idade, além dos documentos do aluno, anexar cópias da documentação do responsável.

Benefício para comunidade

O Projeto de Esporte e Cultura tem como objetivo beneficiar mais 20 mil moradores de setores como: Raizal, Tereza Hilário Ribeiro, Imaculada Conceição, Morada do Sol I, II e III, Setor Coimbra, Vila Patrocínio e Jardim das Flores.

Desde agosto, as aulas na Praça CEU estão atendendo gratuitamente mais de 135 alunos em aulas de futsal, break dance, iniciação teatral, flauta doce, vôlei e inglês, além de curso de bijuteria, grupo de terapia, oficina pedagógica com incentivo à leitura e atendimento social.

“É prazeroso ver as crianças, jovens e adultos sendo atendidos dentro de um instrumento da prefeitura que oferece várias modalidades de esporte, cultura e lazer e convívio social. Queremos desenvolver naquele espaço um padrão de atendimento que se torne referência nacional em breve iremos ampliar mais ainda nossos atendimentos”, afirmou o secretário de Esporte, Cultura e Lazer, Zeca de Oliveira. (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze