- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 05 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Homicídios de jovens crescem 107,5%

Mais Lidas

A violência tem levado à morte muitos tocantinenses, especialmente os jovens. Comprando 1998 com 2008, o número de homicídios na faixa etária de 15 a 24 anos no Estado subiu de 40 para 83, registrando uma elevação de 107,5%. Na população total – pessoas de 0 a 14 e 25 e mais anos -, o crescimento foi de 70,6%. Em 1998, foram 136 homicídios nessas faixas etárias e, em 2008, subiu para 232 o número de mortes. Esses dados estão no Mapa da Violência 2011 – Os Jovens do Brasil, que foi elaborado pelo Instituto Sangari, em parceria com o Ministério da Justiça, e divulgado ontem em Brasília. O estudo, que tem como fonte os dados do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde, aponta o crescimento das mortes de jovens por homicídio, acidentes de trânsito e suicídio, considerados na pesquisa como causas violentas de morte.

Segundo o estudo, a brecha já histórica da vitimização juvenil do país, longe de encurtar, continua aumentando. No Brasil, os homicídios foram responsáveis por 39,7% das mortes de jovens.  Mas, em vários estados, como Alagoas, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo e Distrito Federal, os homicídios foram a causa de mais da metade dos óbitos juvenis acontecidos em 2008. No Tocantins, esse índice foi de 25,4%. A taxa de homicídios na população jovem, em 1998, no Estado era de 16,9 para cada 100 mil habitantes. Em 2008, essa taxa subiu para 31,7. Os números indicam que a cada uma pessoa da população total morta por homicídio, dois jovens morrem pela mesma causa.

Em Palmas, os homicídios nessa faixa etária também cresceram. Em 1998, foram 5 mortes e, em 2008, 10, registrando elevação de 100%. No ranking das capitais com maior taxa de homicídios na população jovem, Palmas ocupou em 2008 a 26ª posição, com 25,4 homicídios por 100 mil habitantes. Na população total palmense, o número de homicídios cresceu 142,9%. Em 1998, foram 14 e, em 2008, 34.

O estudo apresenta um ranking com os municípios brasileiros, com 10 mil habitantes ou mais, que apresentaram as maiores taxas de homicídio na população total, de 2006 a 2008. Araguaína é a única cidade do Tocantins na lista, figurando em 97º lugar com uma taxa de 56,2 homicídios por 100 mil habitantes.

Outro ranking mostrado no estudo, é a de vitimização de negros. Em 2008, morreram 40,7% mais negros que brancos no Tocantins, deixando o Estado em 21º no ranking dos estados com maior índice de vitimização de negros. Foram 40 homicídios de pessoas brancas e 188 de pessoas negras, somente em 2008. Na população jovem, morreram 68,7% mais negros do que brancos, em 2008, colocando o Tocantins em 20º lugar no ranking dos estados nesse quesito. Em 2008, foram 11 jovens brancos e 70 jovens negros mortos. Por sexo, morrem mais homens do que mulheres na população do Tocantins. Em 2008, foram 211 homens e 21 mulheres.

Suicídios

Segundo o estudo, na região Norte, o foco foram os estados do Tocantins, Amapá e Acre, onde os suicídios mais que duplicaram. O número de suicídios na população total do Tocantins cresceu 162,5%, de 1998 para 2008, subindo de 32 para 84. No ranking dos estados com maior taxa de suicídios nessas faixas etárias, o Tocantins saiu da 19ª posição, com 2,9 suicídios por 100 mil habitantes, para 6ª lugar, com 6,6  suicídios por 100 mil habitantes.?Entre os jovens, a elevação foi de 110%. Em 1998, foram 10 mortes por suicídio e, em 2008, 21. No ranking dessa faixa etária, o Tocantins saiu da 14ª posição, em 1998, com uma taxa de 4,3 suicídios por 100 mil jovens, para 7º lugar com taxa de 8 suicídios por 100 mil jovens.

Na lista dos municípios brasileiros com maior taxa de suicídios entre jovens, Gurupi está em 9º lugar, com uma taxa de 18 suicídios por 100 mil jovens. Palmas também está nessa lista, em 77º lugar. A taxa de suicídios por 100 mil jovens na Capital foi de 10,2. 9JT0

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias