- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 04 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Jornalista é agredida por seguranças de Siqueira Campos em Araguaína

Mais Lidas

Um empurra-empurra entre os órgãos da imprensa de Araguaína e os seguranças do governador Siqueira Campos (PSDB), após a solenidade de lançamento dos programas Reluz e Nossa Oportunidade, teria resultaado numa agressão à jornalista, apresentadora e proprietária da emissora TV Líder (Rede TV), Silene Borges. Conforme o portal O Norte, de Araguaína, Silene teria sido agredida com uma cotovelada e uma pisada no pé por um dos seguranças de Siqueira enquanto tentava uma entrevista.

Ainda de acordo com o portal, Silene registrou um Boletim de Ocorrência na Central de Flagrantes e, durante entrevista à imprensa local a jornalista disse que se “sentiu humilhada” porque havia uma entrevista exclusiva agendada com o governador via Secretaria de Comunicação. Silene também desabafou afirmando que, para Siqueira Campos, “a imprensa tocantinense não presta” e garantiu que “não deixará esta situação passar em branco”, e que vai entrar com um processo contra o governo.

Desmaio

Ainda de acordo com o portal O Norte, a apresentadora também lembrou que levou uma cotovelada em um dos seios, bem no local onde ela já havia passado por uma cirurgia cardíaca de colocação de uma válvula. Ao terminar seu relato à imprensa, Silene aparentemente teve um princípio de infarto, desmaiou e foi amparada pelos colegas de trabalho e demais presentes. Uma viatura do Samu foi acionada e conduziu a jornalista para o Hospital Regional de Araguaína. De acordo com informações, Silene Borges já recebeu alta médica e passa bem.

“Ditadura”

O jornalista Alberto Rocha, representante do Sindicato dos Jornalistas do Tocantins, em Araguaína, foi chamado para acompanhar o depoimento de Silene sobre o caso de agressão. Alberto reiterou que o Sindjor-TO não compactua com este tipo de atitude por parte do poder público e que “não aceitará iniciativas repressivas ao trabalho da imprensa como na época da ditadura”.

Alberto também garantiu que o caso será comunicado à Ordem dos Advogados do Brasil, Conselho Nacional de Justiça, Federação Nacional dos Jornalistas e Sindicato dos Jornalistas do Tocantins.

Motivação

O apresentador Tomaz Xavier, que também participou da cobertura do caso da agressão, reforçou que havia, sim, uma entrevista exclusiva marcada com o governador Siqueira Campos para tratar da exoneração do chefe da Residência Rodoviária da Secretaria Estadual de Infraestrutura (Seinfra) em Araguaína, Antônio Walter Oliveira da Luz, conhecido como Tonhão, após denúncia veiculada pelo Programa Agora, através de um novo quadro apresentado pela jornalista Silene Borges, intitulado como “Silene Denuncia”.

De acordo com a reportagem, Tonhão estaria utilizando maquinário do antigo Departamento de Estradas de Rodagem do Tocantins (Dertins) para fazer serviços de infraestrutura em sua propriedade particular. Tendo em vista os fatos, cogita-se possibilidade de a agressão do segurança na tentativa de afastar a jornalista do governador, ter ligação com a denúncia apurada e veiculada no Programa Agora. (Portal CT – Foto: Portal O Norte)

- Publicidade -spot_img

5 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
5 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
indignada

ja nâo basta o velho ditador , mas quem se mistura com porcos farelos comem.

mari

Raposa perde o pelo mais não perde o jeito igual ao Siqueira Campos e comitiva.

MARIANA

A ditadura passou, os tempos são outros,
porém é necessário averiguar, se o que a jornalista
fala é verdade, pois existe muitas pessoas que fazem tudo para aparecer e ganhar IBOPE. O correto é investigar e que a verdade apareça….

Araguatinense

Em Araguatins não é diferente, as pessoas não podem chegar perto do velinho que os segurança mandão o braço nos peito.
o vovo não consegui bater mais, ai manda os fortões.

Vinicius

Eu vi essa reportagem, porém vi os dois lados da moeda.. Uma equipe de reportagem de outra emissora gravou tudo na hora, e não mostra ela sendo agredida e sim ela agredindo o segurança do Governador, porém, de outro ângulo..

Segue o vídeo no youtube em que ela agrediu o segurança. A agressão ocorre aos 04:31 de vídeo.
http://www.youtube.com/watch?v=ntDxac7HzgA&feature=youtube_gdata_player

Isso ai é gente atoa que não tem matéria e vai “produzir matéria”. Essa senhora é muito mal intencionada.. Ela sim deveria ser processada..

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias