Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Justiça Federal começa a ouvir 13 acusados da Operação Cinco Estrelas

Publicado

em

Acusado pela Polícia Federal (PF) e pelo Ministério Público Federal (MPF) de ser o chefe de uma quadrilha internacional de tráfico de cocaína, Eurípides Aparecido de Oliveira, 50 anos, será ouvido entre hoje e amanhã, a partir das 9 horas desta quinta-feira, 10, na sede da Justiça Federal, em Palmas. Além dele, outros 12 suspeitos de compor o possível grupo criminoso também têm interrogatório previsto para estes dois dias.

As oitivas fazem parte da investigação da operação Cinco Estrelas, desencadeada pela Polícia Federal no dia 2 de dezembro no ano passado. Ao todo, foram 18 pessoas acusadas, das quais 12 acabaram presas naquele dia. Segundo a PF e o MPF, foi desarticulado um grupo criminoso organizado responsável por comercializar cocaína para vários locais do Brasil. Conforme a peça inicial do processo, a sede da organização  era em Palmas, com os principais acusados sendo da Capital.

De acordo com a denúncia protocolada pelo MPF, o grupo possui um grande patrimônio financeiro. A estimativa das autoridades é que Eurípides Oliveira tenha bens que, ao todo, cheguem a cerca de R$ 10 milhões. Segundo o MPF, Eurípides Oliveira, que está detido na casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP) e é morador da quadra 204 Sul em Palmas, há mais de 20 anos participa de atividades ilícitas ligadas ao tráfico internacional de drogas.

Entre seus bens, estariam duas fazendas em Novo Acordo, uma chácara em Porto Nacional, sete imóveis residências, além de diversos lotes urbanos em Palmas. Além disso, no dia em que Eurípides Oliveira foi preso, a PF encontrou documentos de imóveis do Rio de Janeiro que seriam de sua propriedade.

Defesa

Ontem, quarta-feira, 9, o advogado de Eurípides Oliveira no caso, Paulo Roberto da Silva, disse que seu cliente não tem qualquer relação com os crimes que vêm sendo levantados. Segundo o advogado, o patrimônio total do seu cliente no máximo chega a cerca de R$ 1 milhão. “Esses R$ 10 milhões é uma inverdade. Isso seria o sonho de qualquer pessoa”, destacou Silva, ao ressaltar que Eurípides Oliveira é “um trabalhador”. Segundo ele, o seu cliente trabalha com compra e venda de imóveis.

O advogado assegurou, ainda, que vai conseguir provar a inocência do seu cliente. Segundo Silva, Eurípides Oliveira conversou poucas vezes com alguns dos acusados e sempre sobre assuntos envolvendo o seu negócio de comprar e vendar veículos e imóveis.  Além disso, o advogado ressaltou que há algumas pessoas acusadas que o seu cliente jamais chegou a conhecer.

Oitivas

A Justiça Federal prevê as oitivas de 13 pessoas para serem realizadas entre hoje e amanhã. (Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Ministério da Saúde envia ao Tocantins mais 17.750 doses de vacina contra a Covid-19

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 20, chegarão ao Tocantins 17.750 doses de vacina contra a covid-19. A previsão é de que as doses do imunizante AstraZeneca, que serão utilizadas para aplicação de segunda dose, cheguem à Capital por volta das 20h35.

Atualmente, 28,11% da população tocantinense está totalmente imunizada, seja com duas doses ou dose única. Já foram recebidas 1.850.310 doses de vacinas contra a covid-19, sendo que 1.594.727 foram distribuídas e 1.372.801 aplicadas.

“A diminuição dos índices da covid-19 no Tocantins é fruto da imunização. Precisamos manter os cuidados contra o vírus e reforçamos o chamamento para que toda a população se imunize, com a primeira e segunda dose”, enfatizou a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Perciliana Bezerra.  (Mariana Ferreira)

Continue lendo

Tocantins

UNITINS lança edital para regularização acadêmica de alunos de cursos EaD

Publicado

em

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) publicou nesta segunda-feira, 20, o Edital Simplificado de Integralização de Estudos com foco na regularização acadêmica de mais de 110 mil alunos dos cursos de Administração; Ciências Contábeis; Normal Superior; Pedagogia; Serviço Social; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Complementação de Estudos; Fundamentos Jurídicos; Letras e Matemática, ofertados na modalidade de Ensino a Distância (Ead), entre os anos de 2005 e 2008. Os cursos foram oferecidos à época, via parceria entre a Unitins e a Educon/Eadcon, tendo alunos em todo o país.

Conforme previsto no edital, os alunos podem solicitar a integralização dos estudos, ou seja, a conclusão do curso, apresentando provas e/ou cartões-resposta ou outros documentos que comprovem a condição de que o curso foi efetivamente concluído. No caso de alunos que ainda têm disciplinas a cursar, podem solicitar os documentos para transferência para outra Instituição de Ensino Superior com o aproveitamento de disciplinas já cursadas pela Unitins.

O prazo para os acadêmicos manifestarem interesse enviando as solicitações e os respectivos documentos segue de 20 de setembro até 20 de dezembro de 2021. Não haverá cobrança de qualquer valor financeiro por parte da Unitins para as solicitações dos discentes interessados, nem para a emissão dos documentos referentes à regularização acadêmica desses alunos.

O edital é fruto de acordo firmado entre a Unitins e o Ministério Público Federal (MPF) e a Advocacia Geral da União (AGU), que representa o Ministério da Educação (MEC)/União no processo. O acordo foi homologado pelo Juiz Federal da 3ª Vara Federal/Seção Judiciária do Estado do Tocantins. O edital completo pode ser acessado aqui.

Continue lendo

Tocantins

Beneficiários titulares do Servir devem atualizar cadastro

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Administração (Secad), por meio do Plano de Saúde dos Servidores Públicos do Tocantins (Servir), informa que todos os beneficiários titulares do Plano devem atualizar seus dados.

Os dados podem ser conferidos e atualizados de forma on-line por meio do Portal do Beneficiário ou do aplicativo do Servir.


O secretário Executivo da Secad e diretor do plano, Ineijaim Siqueira, reitera que a atualização cadastral é de extrema importância para agilidade nos atendimentos do plano. “É salutar que todos os beneficiários titulares do plano façam essa atualização. Ela, além de garantir uma relação mais próxima com os beneficiários, ajudará a promover um serviço de melhor qualidade”, afirma.

Como fazer 

Para realizar a atualização, basta acessar o site do Servir (www.servir.life), clicar no banner de recadastramento e preencher os campos solicitados. É importante destacar que, para a efetivação do recadastramento, é necessário baixar e aceitar o termo de responsabilidade. (Nájilla Lopes)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze