- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 17 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Microcrédito tem exigência de título eleitoral de beneficiários

Mais Lidas

Com a previsão de, apenas nesta primeira etapa, distribuir R$ 50 milhões para 50 mil pessoas no Tocantins (5,3% dos 944.216 eleitores registrados no Estado), o governo estadual vem desenvolvendo o programa de financiamento Nossa Oportunidade, lançado em julho passado, em Palmas. No programa, é concedido empréstimo de R$ 1.000,00 a pessoas que prestam os mais diversos serviços, como artesãos, pintores, pedreiros, vendedores e outros. Entre as exigências para obter o financiamento do governo, está a apresentação de título de eleitor, diferente de alguns programas federais.

Os beneficiados têm dois anos para pagar o financiamento, com juros de 0,5% ao mês, além de três meses de carência. O projeto ignora qualquer restrição do beneficiado nos órgãos de proteção ao crédito, como SPC e Serasa.

Eleitoralmente, o número de pessoas que receberá dinheiro do governo é quantidade necessária para definir qualquer pleito no Estado. Em relação à eleição de 2010, por exemplo, os 50 mil beneficiados são quase sete vezes mais do que a diferença obtida pelo atual governador Siqueira Campos (PSDB) contra o ex-governador Carlos Gaguim. Naquele pleito, Siqueira venceu com um total de 349.592 votos contra 342.429 votos do PMDB.

Em relação à eleição de deputado estadual, então, os números são mais representativos. O total de 50 mil beneficiados é bem superior ao número de votos que qualquer deputado estadual eleito tenha alcançado na história do Estado. Em 2010, o mais votado foi Sandoval Cardoso (PMDB), com 27.072 votos. Em 2006 a deputada que conquistou o maior apoio foi Josi Nunes (PMDB), com 21.444 votos.

Programa

O programa é implantado pelas Secretarias Estaduais das Oportunidades e do Trabalho e Assistência Social (Setas) e pelo Instituto Social Divino Espírito Santo (Prodivino), através do Banco da Gente.

De acordo com o secretário da Oportunidade, Omar Henneman, o crédito é simplificado e sem consulta ao SPC ou ao Serasa. Após a quitação do primeiro empréstimo, o beneficiado poderá imediatamente fazer outro, no dobro do valor.

Henneman destacou que somente em Palmas, 11.800 inscrições já foram recebidas para o programa. Segundo ele, deste total, 10 mil pessoas serão atendidas.

Com esses números, mesmo em Palmas o projeto tem potencial eleitoral considerável. O total de pessoas a serem beneficiadas na Capital é igual a 7,14% do eleitorado de Palmas, que é 140.025 pessoas. Nas eleições de 2008, o prefeito de Palmas, Raul Filho (PT) ganhou o pleito com um total de 11.366 votos sobre Marcelo Lelis (PV).

Em relação à eleição proporcional, as dez mil pessoas beneficiadas representam 2,6 vezes mais de votos obtidos pelo vereador mais votado em 2008, Valdemar Júnior (DEM), e 6,8 vezes superior aos votos obtidos pelo menos votado, Aurismar Cavalcante (PP). |Jornal do Tocantins|

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias