Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Partidos aliados esperam convocação de Siqueira Campos

Publicado

em

A 40 dias da data da posse como governador do Estado do Tocantins, Siqueira Campos (PSDB) ainda não deu pistas sobre como pretende formar o quadro de auxiliadores do Governo. Neste cenário ainda pautado por uma incógnita quanto a formação do próximo governo, com as conversações sendo mantidas longe do público, os partidos optam por cautela ao comentar o tema. Embora Siqueira tenha dito diversas vezes na campanha, nos programas eleitorais na TV e em entrevistas que “ninguém sabe o que o calado quer”, na prática, nenhuma das 12 siglas da coligação Tocantins Levado a Sério (PRB, PTB, PTN, PSC, PR, DEM, PRTB, PMN, PTC, PV, PSDB, PT do B), arrisca dizer que pretende batalhar por ao menos uma indicação para a lista dos novos secretários.

Desde que foi eleito Siqueira deu pouquíssimas entrevistas. Na primeira delas, em coletiva realizada em 5 de outubro, quando perguntando pelo JTo sobre secretariado disse que não tinha compromissos com partidos. “Eu não tenho nenhum compromisso! Eu vou escolher dentro dos partidos e extrapartidos”. A declaração causou agitação entre as agremiações aliadas. Desde então, pouco se ouviu do eleito sobre a formação dos auxiliares. E após as poucas especulações veiculadas na imprensa, o tucano divulgou nota “desautorizando” qualquer aliado a tecer comentários sobre as articulações. Apenas o coordenador da transição, Eduardo Siqueira Campos (PSDB), adiantou que os nomes serão divulgados após o dia 15 de dezembro.

Nos bastidores, o que se sabe é que os partidos estão em plena articulação por espaço no próximo governo, embora os representantes das siglas neguem a “campanha” por cargos. O JTo falou com oito das doze agremiações e o que ouviu de todas é quase um coro, já que os representantes das siglas dão a mesma declaração: a de que estão à espera da convocação do governador eleito e, se convocados, estarão prontos a contribuir com o governo tucano no Tocantins.

Majoritária

Segundo maior partido no Tocantins com 20,2 mil filiados (só perde para o PMDB que tem 31,7 mil) o DEM esteve na chapa majoritária com João Oliveira – presidente regional do partido – como o candidato a vice-governador ao lado de Siqueira. Mesmo agora, na condição de vice eleito, João Oliveira disse não saber detalhes sobre o secretariado. “Nós acreditamos que Siqueira vai chamar os companheiros e nós, partidos, vamos chamar o grupo e ver como é que pode organizar, colocar algumas indicações. Mas não temos este compromisso”, considerou.

As duas vagas de senador foram preenchidas por membros do PR: Vicentinho Alves e João Ribeiro. Este, na condição de presidente regional do partido, disse que ainda não conversou como governador eleito sobre secretariado e que a agremiação “não vai pedir nada”. “Eu acho que o Siqueira tem liberdade para montar o Governo da melhor maneira que ele achar, com técnicos e lideranças de todos os partidos que compõem a base”. Ainda sobre a participação no Governo, João Ribeiro acenou para um possível interesse: “Se você me perguntar ‘O PR tem nomes?’ Eu digo, tem, o PR tem muitos nomes!”.

Outros partidos

Deputado estadual reeleito e presidente regional do PTB, José Geraldo disse: “Vamos esperar nos convidarem a respeito desse assunto. Temos certeza que o governador vai fazer o que for melhor para o Tocantins”. Filho do senador João Ribeiro, João Ribeiro Filho (conhecido como JR) é o presidente regional do PRTB e disse que o partido ainda não conversou sobre cargos. “O PRTB segue a linha do PR. Não foi acertado nada, como não foi com nenhum partido”, afirmou.

Segundo o presidente regional do PMN, Nuir Junior, o partido não tomará iniciativa e assim, fica à espera. “Entendemos que momento oportuno tanto o senador Eduardo quanto o governador Siqueira Campos vão chamar a gente pra definir essas questões. A gente não vai reivindicar secretaria A ou B. No momento oportuno, eles vão chamar a gente e se a gente for chamada vamos atender e participar do governo sim!”, disse.

Na presidência regional do PRB, Vanderlei Lacerda também frisou que o momento é de espera. “O que nós precisamos é esperar para ver se existe essa possibilidade do partido ser contemplado, quais são os critérios que serão usados para isso. Não sei se o PRB vai ter cargos, mas uma coisa é certa: nós, enquanto partidos precisamos apoiar o Governo ainda que não seja contemplado”, acrescentou.

No PTC, embora o presidente Wesley Rodrigues da Silva tenha dito que “o momento agora é o de aguardar”, ele também afirmou: “Estamos preparados para qualquer convocação do governador, a manifestação dele”. Perguntado se o partido tem preferência por secretarias, disse: “Eu acredito que todos os partidos tenham, mas nós não vamos dizer. É o governador que vai decidir isso”.

Expectativa

Dos oito presidentes de partidos que o JTo apurou a situação em torno das articulações para o próximo secretariado, o único que assumiu com todas as letras a expectativa quanto a participação do partido é Tasso Antônio, do PT do B. “Não conversamos sobre divisão de administração. Mas acredito que todos os partidos que ajudaram a vencer esperam ajudar a administrar. Nós temos expectativa de ajudar as ideias pregadas em prática”, disse. “Não vamos pedir nada, chegar e apontar uma coisa específica, não vamos fazer, mas esperamos que o partido ajude”, acrescentou.

O JTo ligou no sábado, 20 e também na sexta-feira, 19, para os celulares dos presidentes regionais do PSDB (Ernani Siqueira), PV (Marcelo Lelis), PSC (Pastor Amarildo) e PTN (Junior Luiz), mas não conseguiu contato porque as ligações caíram direto na caixa de mensagem. (Cléo Oliveira – Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Município participa de Mapeamento do Ecossistema Local de Inovação

Publicado

em

O Sebrae Tocantins e a Prefeitura de Araguaína, irão realizar, nesta terça-feira, 28, às 14h, no prédio do Sebrae no município, o lançamento do projeto de Mapeamento do Ecossistema Local de Inovação. Trata-se de uma ação do Programa Cidade Empreendedora, que consiste na radiografia do ambiente local de inovação, apresentando o nível de maturidade do ecossistema, identificando os pontos fortes, os atores, as potencialidades locais e as oportunidades de melhorias para consolidar cada vez mais a cidade como a Capital da Inovação no Tocantins.

“A ideia é contribuir para impulsionar a economia local, estimulando o ambiente empreendedor, empresarial, de inovação e de educação. Por meio do projeto, reunimos diferentes possibilidades para mobilizar toda a cadeia produtiva”, destacou o gerente do Sebrae em Araguaína, Joaquim Quinta.

Segundo o coordenador de Ecossistemas de Inovação do Sebrae Tocantins, Rogério Maracaipe, o levantamento mostrará o nível de maturidade do ecossistema, as ações que o poder público pode ofertar, como as universidades destacam a inovação, apresentando assim, quais são as possibilidades voltadas para isso. “Este mapeamento vai buscar todos os detalhes, para que no final, seja elaborado um relatório, de uso comum, para a comunidade e empresários do município, de tudo que Araguaína tem a oferecer como um ambiente de inovação”, explicou. 


Araguaína é uma das cidades do Tocantins que irá implantar essa metodologia e, com isso, trará uma maior visibilidade e oportunidade de negócios para empresas de base tecnológicas, maior capacidade de gestão, poder de articulação e acompanhamento das ações de todos os atores responsáveis pela transformação, inovação e tecnologia no município. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo

Tocantins

Vanda Monteiro recebe comissão dos aprovados no concurso da PM e garante apoio a retificação do edital

Publicado

em

Em audiência realizada na Assembleia Legislativa, a deputada estadual Vanda Monteiro (PSL) recebeu a comissão dos aprovados no concurso público da Polícia Militar. Na pauta do encontro está o apoio a retificação do edital e a ampliação do número de convocações para realização do Teste de Aptidão Física. 

A parlamentar destacou que apresentou junto a Assembleia Legislativa dois requerimentos que pedem do Governo a ampliação das convocações dos editais da Polícia Militar e também do Corpo de Bombeiros. 

“Sabemos da nossa demanda por mais policiais e bombeiros para atuarem na segurança pública do Estado. Essa é uma pauta de extrema importância que tem meu total apoio. Garanto aos aprovados que tudo que estiver ao meu alcance será feito, inclusive com diálogo direto junto ao governador”.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Segunda dose da vacina Pfizer contra a covid-19 é antecipada

Publicado

em

A Prefeitura de Araguaína informou que a partir desta quinta-feira, 23, os moradores que tomaram a primeira dose do imunizante contra a covid-19 do laboratório da Pfizer estão sendo beneficiados com a antecipação de 12 para 8 semanas na aplicação da segunda dose.

“Estamos seguindo uma orientação do Ministério da Saúde para aplicação da segunda dose da Pfizer. Essa alteração trará para o Município agilidade na imunização completa da nossa população, devido ao prazo que foi reduzido para 60 dias. Além disso, teremos uma melhor e mais rápida cobertura vacinal da comunidade”, afirmou a diretora de Imunização, Samilla Braga.

Dados da Secretaria Municipal da Saúde apontam que 61.706 moradores receberam a primeira dose da Pfizer, desses 8.871 tomaram a segunda. Com a mudança, 52.835 pessoas serão beneficiadas e vão poder concluir seu esquema vacinal quatro semanas antes do prazo inicial indicado.

Outros imunizantes
Além dessa medida, o Município já estava antecipando a aplicação da segunda dose para a população que tomou o imunizante da Astrazeneca, pois os moradores podem comparecer em um dos locais de vacinação para receber a segunda dose em um intervalo de 80 a 90 dias.  

Já a conclusão do esquema vacinal com o imunizante Coronavac segue sem alteração, com o intervalo de 28 dias entre a primeira e segunda doses.

Locais de vacinação
A população que recebeu a primeira dose deve ficar atenta a data do retorno que está marcada no verso do cartão de vacina. Além de apresentar a carteirinha, é necessário o documento de identificação com foto e CPF.

A vacinação contra a covid-19 é disponibilizada de segunda a sexta-feira no Ginásio Poliesportivo Pedro Quaresma, na Via Lago, e nas UBS Araguaína Sul, UBS JK, UBS Manoel Maria (Setor Cimba), UBS Palmeiras do Norte (Setor São Miguel) e a UBS Dr. Raimundo (Setor Maracanã), com horário de atendimento das 7h30 às 11h30 e 13h30 às 17h30, além da UBS Dr. Francisco (Vila Aliança), das 7 às 18 horas. (Giovanna Hermice / Foto: Marcos Sandes)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze