Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Próximo secretário de segurança anuncia medidas primárias para a pasta

Publicado

em

Durante sua entrevista coletiva na casa do governador eleito, Siqueira Campos (PSDB), o proximo secretário de Segurança, Justiça e Cidadania, advogado João Costa Ribeiro Filho (PSDB) comentou sobre a atual situação da Segurança Pública no Estado e suas metas emergenciais para as melhorias na pasta. Contudo, o secretário destacou que os projetos pontuais para a pasta só serão conhecidos em janeiro, depois da posse do governador e secretariado.

O secretário classificou como caótica a situação da segurança pública no Tocantins e ressaltou que muito se por culpa dos próprios profissionais que fazem parte da pasta na atualidade. “Muito por desconhecimento técnico, ou até por falta de vontade política para resolver os problemas”, completou.

Um dos pontos que o secretário destacou que pretende dar atenção, é com relação às divisas do Estado, para que a criminalidade não transite pelo Tocantins. “Temos que resolver os problemas transfronteiriços para que os criminosos não entrem ou saiam do Tocantins livremente”, frisou.

Foco no sistema prisional

O novo secretário da pasta unificada de segurança destacou que um dos principais problemas no Estado, está no seu sistema prisional. Ribeiro Filho ressaltou que é necessária uma reforma profunda nos presídios do Estado. No entanto, reconheceu que este não é um problema que seja resolvido de forma imediata.

De acordo com o secretário, uma das primeiras medidas para sanar os problemas no sistema prisional tocantinense será a classificação dos presos de acordo com seu grau de periculosidade. “Iremos classificar como periculosidade leve, média ou grave. Os de grande perigo, nós vamos mandar para presídio federal até que os do Tocantins estejam prontos”, completou.

Outro ponto levantado pelo secretário foi o combate à corrupção dentro dos presídios. De acordo com ele, todo o trabalho de correção do preso é prejudicado quando é presenciada uma ação de corrupção por parte dos policiais de dentro do presídio. “É ali (na penitenciária) que acontece o mal. Quando o policial deixa entrar drogas, armas, celulares, isso destrói o criminoso. Quando ele vê os policiais ganhando dinheiro dentro do presídio”, informou.

Reintegração à sociedade

Junto com seus subsecretários da nova pasta, João Costa Ribeiro Filho destacou que pretende unificar as ações de segurança pública às de cidadania para que os presos possam ser reintegrados de maneira eficaz na sociedade. “É preciso um projeto amplo de cidadania”, destacou.

O secretário afirmou que precisa do apoio de suporte de todos os agentes formadores de cidadãos para a reinserção dos presidiários no convívio social. “Precisamos de mais atores neste grupo. Precisamos de instituições engajadas na obra”, alertou.

De acordo com o advogado, os presos que tiverem condições de cumprirem liberdade condicional e vigiada, serão reintegrados na sociedade após comprovação de emprego e condições de renda. “Vamos unificar os poderes para poder criar meios de qualificar os presos para o trabalho. Somente de mãos dadas vamos resolver o problema da segurança pública”, completou.

O papel da subsecretaria de cidadania será, de acordo com o Ribeiro Filho, cuidar para que não nasçam novos criminosos na sociedade. De acordo com ele, é de dentro de casa que as crianças tiram seus exemplos e formam suas personalidades.

“Violência doméstica. Pais que se entregam ao alcoolismo, aos vícios. Precisamos cuidar da violência dentro das casas. E a parte da cidadania é a que vai cuidar da porta para trás nas casas”, informou o secretário.

Primeiras ações na prática

O novo secretário destacou que como medidas primárias na atuação à frente de sua pasta, ele pretende fazer com que os policiais que passaram no concurso para o Estado do Tocantins, retornem de suas transferências para outros Estados. “No primeiro dia, vou requisitar a devolução de todos os policiais que estão no Tocantins”, completou.

Outro ponto levantado como meta da secretaria é a criação de portal da transparência. Segundo João Costa, com o portal, a sociedade terá condições de acompanhar os andamentos dos gastos da secretaria. “Todos serão informados, empresas e cidadãos”.

Dinheiro curto, mas suficiente

Sobre o orçamento da secretaria, Ribeiro Filho destacou que o dinheiro é curto, mas o suficiente para atender às demandas da pasta. “O dinheiro é curto; quando mal administrado, fica menor ainda, quando se tem a corrupção, fica impraticável”, lamentou. (Philipe Bastos – Conexão TO)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Inscrições para o seletivo do Sebrae encerram nesta terça-feira, 28

Publicado

em

Com oportunidades para quem possui nível médio completo e ensino superior em diversas áreas, encerram nesta terça-feira, 28, as inscrições para o processo seletivo externo do Sebrae Tocantins. O valor da taxa é de R$ 80,00 para Analista Técnico I e II e R$ 50,00 para Assistente II. O Comunicado de Seleção 04/2021 está disponível em https://bit.ly/3CeLXxc.

São 12 vagas para Analista Técnico I e cadastro reserva para Analista Técnico II e Assistente II, distribuídas nas cidades de Palmas, Colinas e Paraíso. A seleção será executada pela Fundação de Apoio à Pesquisa, Tecnologia e Cultura (FAPETEC), instituição contratada pelo Sebrae Tocantins para esse fim. As etapas serão realizadas de forma remota e presencial em três fases: Prova Objetiva e Discursiva; Análise Curricular e Documental; e Entrevista Individual por Competências.

A relação de emprego será regida pela Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), com jornada de trabalho de 40 horas semanais. Para todas as vagas, os selecionados que forem convocados terão contrato por prazo indeterminado.

Além do salário de R$ 2.536,83 para Assistente II; R$ 3.870,50 para Analista I e R$ 6.394,06 para Analista II, o Sebrae Tocantins oferece os seguintes benefícios fixos: Assistência Médico Hospitalar, Plano de Previdência Privada, Seguro de Vida em Grupo, Vale-Transporte, Auxílio Alimentação no valor de R$ 1.285,00 e Auxílio Educação (com regras específicas).

Confira abaixo as vagas disponíveis:

Analista Técnico I

Colinas do Tocantins – 1 vaga
Paraíso – 1 vaga
Escolaridade exigida: Ensino superior completo em qualquer formação
Palmas – 10 vagas
Escolaridade exigida: Ensino superior completo em diversas áreas, conforme definido em cada perfil, podendo ser: Administração de Empresas ou Administração de Recursos Humanos; Ciências Econômicas, Contábeis ou da Computação; Direito ou Políticas Públicas, Engenharia Civil, da Computação ou de Software; Logística;  Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Gestão da Tecnologia da Informação; Redes de Computadores; Agronomia; Comunicação Social (habilitação em Jornalismo ou Relações Públicas), Jornalismo ou Marketing.

Analista Técnico II  

Palmas – cadastro de reserva
Escolaridade exigida: Ensino superior completo em Administração, Pedagogia ou Psicologia.
Pós-graduação completa em atividades relacionadas à área de Gestão de Pessoas

Assistente  II

Palmas – cadastro de reserva
Escolaridade exigida: Nível médio completo

Continue lendo

Tocantins

Homem agride dono de bar a pauladas para roubar R$ 150 reais no Tocantins

Publicado

em

Um homem de 18 anos foi preso pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), na tarde desta segunda-feira, dia 27, por meio de ação deflagrada por policiais civis da 45ª Delegacia de Colmeia.  Ele é suspeito de praticar um crime de roubo contra o dono de um bar, na cidade de Colmeia, no último dia 4 e foi capturado, mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva, expedido pelo Poder Judiciário da Comarca local.

Segundo o delegado-chefe da 45ª, João Luís Jucá, o indivíduo preso hoje teria agido na companhia de um adolescente que teria agredido a vítima, a pauladas, para subtrair a quantia de R$150,00.  “A investigações da Polícia Civil demonstram que, no dia dos fatos, os dois autores estavam bebendo na casa da vítima e, ao suspeitarem que ele teria o valor de R$ 15 mil, oriundo da venda de uma casa, o agrediram com um pedaço de pau para roubar o dinheiro”, disse a autoridade policial.

 Por meio das investigações, os policiais civis identificaram os dois suspeitos e, desse modo, o delegado representou pela prisão do maior de idade, que foi deferida e cumprida nesta segunda-feira.

O crime

A própria vítima, comunicou o roubo à Polícia Civil e contou que, no dia do crime, estava na área de sua casa, que também funciona como bar, ingerindo bebida alcoólica com com investigados. No entanto, a vítima logo ficou embriagada, momento em que os dois indivíduos se aproveitaram da oportunidade e a levaram para o banheiro da casa.

Ao entrar, o dono do bar foi atacado com um pedaço de madeira, pois os supostos autores acreditaram que o dinheiro estava na residência, mas saíram com raiva por não terem encontrado o valor esperado.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: Município participa de Mapeamento do Ecossistema Local de Inovação

Publicado

em

O Sebrae Tocantins e a Prefeitura de Araguaína, irão realizar, nesta terça-feira, 28, às 14h, no prédio do Sebrae no município, o lançamento do projeto de Mapeamento do Ecossistema Local de Inovação. Trata-se de uma ação do Programa Cidade Empreendedora, que consiste na radiografia do ambiente local de inovação, apresentando o nível de maturidade do ecossistema, identificando os pontos fortes, os atores, as potencialidades locais e as oportunidades de melhorias para consolidar cada vez mais a cidade como a Capital da Inovação no Tocantins.

“A ideia é contribuir para impulsionar a economia local, estimulando o ambiente empreendedor, empresarial, de inovação e de educação. Por meio do projeto, reunimos diferentes possibilidades para mobilizar toda a cadeia produtiva”, destacou o gerente do Sebrae em Araguaína, Joaquim Quinta.

Segundo o coordenador de Ecossistemas de Inovação do Sebrae Tocantins, Rogério Maracaipe, o levantamento mostrará o nível de maturidade do ecossistema, as ações que o poder público pode ofertar, como as universidades destacam a inovação, apresentando assim, quais são as possibilidades voltadas para isso. “Este mapeamento vai buscar todos os detalhes, para que no final, seja elaborado um relatório, de uso comum, para a comunidade e empresários do município, de tudo que Araguaína tem a oferecer como um ambiente de inovação”, explicou. 


Araguaína é uma das cidades do Tocantins que irá implantar essa metodologia e, com isso, trará uma maior visibilidade e oportunidade de negócios para empresas de base tecnológicas, maior capacidade de gestão, poder de articulação e acompanhamento das ações de todos os atores responsáveis pela transformação, inovação e tecnologia no município. (Assessoria de Imprensa do Sebrae Tocantins)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze