- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 24 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: PT expulsa Raul Filho e Solange

Mais Lidas

O diretório estadual do PT expulsou do partido o prefeito de Palmas, Raul Filho, filiado ao partido desde 2003, e a primeira-dama da Capital, deputada estadual Solange Duailibe. Dos 34 membros do diretório que estavam presentes no momento da votação, 29 votaram pela expulsão de Raul, quatro pela suspensão e um se absteve. A expulsão da deputada, cuja votação ocorreu no período da tarde, foi por unanimidade dos membros presentes.

O diretório se reuniu para analisar representação disciplinar contra Raul, referente à eleição estadual de 2010. O prefeito de Palmas apoiou publicamente o candidato à reeleição ao Senado, João Ribeiro (PR), enquanto o PT tinha seu próprio candidato, o ex- prefeito de Porto Nacional, Paulo Mourão (PT) e estava coligado com o PMDB, que tinha como candidato ao Senado Marcelo Miranda (PMDB).

Contra a parlamentar o diretório estadual analisou duas representações impetradas pelos diretórios municipais de Paraíso e Cristalândia. Ambas solicitaram a expulsão da parlamentar e o placar foi de 33 a zero e 29 a zero, respectivamente. Este ano o PT decidiu apoiar o candidato governista e dois dos três deputados estaduais do PT acompanharam a decisão do partido. Solange lançou a própria candidatura argumentando que estava com os deputados de oposição, grupo com o qual esteve desde o período de campanha.

Segundo o presidente regional do PT, Donizeti Nogueira, o prefeito e a deputada infringiram os incisos IV e VI do artigo 14 do estatuto do partido. O trecho diz que é dever do filiado “acatar e cumprir as decisões partidárias” e “votar nos candidatos indicados e participar das campanhas aprovadas nas instâncias partidárias”. Donizeti disse ainda que a decisão deu-se amparada no artigo 213, inciso XI que prevê a expulsão de filiado que atua contra “candidatura partidária ou realização de campanha para candidatos de partidos não apoiados pelo PT”.

Da decisão, conforme o estatuto, caberá recurso no prazo de dez dias a contar da data da notificação à Comissão de Ética da Executiva Nacional do partido. Quanto ao mandato do prefeito o presidente disse que não há interesse do partido em tentar buscar o mandato porque o vice-prefeito não é do PT. Mas em relação à deputada Solange, o partido irá lutar, na Justiça para ter o mandato da deputada. “Claro que o partido vai procurar o espaço jurídico e tentar obter o mandato”, disse Donizeti.

Por telefone, Solange afirmou que recorrerá da decisão.  Também disse que não se surpreendeu.”Ficaria surpresa se tivesse ocorrido o contrário. Nada me perturba e nada me espanta no PT comandando por Donizeti”, disse ela. A deputada afirmou ainda que Raul também recorrerá. Estará amanhã em São Paulo e discutirá o assunto com o presidente nacional do PT, José Eduardo Dutra. (Colaborou Luana Fernanda – Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img

2 Comentários

Assinar
Notificar-me
guest
2 Comentários
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Clara Machado

Não faltava mais nada para terminar de desmantelar o PT além de toda palhaçada que o Donizete e os outros capachos vem fazendo, expulsam o nosso futuro governador do Tocantins. Parabéns. É o unico partido que elege deputados e expulsa em piscar de olhos. Isso virou farofa de puxa-sacos e gente que não quer saber da democracia, liberdade que o PT pregava, hoje só se vê venda do partido com o povo dentro. Estão caminhando para o abismo. Daqui uns dias só vai ficar o Donizete que é o bom. Repudio totalmente estes retrogados. Deviam exulsar a diretoria que só usa a lei quando é para servir a eles proprios. Expulsar a Solange por ser candidata. E os que votaram para o grupo do Siqueira fica como? Isso aí ninguem fala né. Pô, vamos acabar com essa falsidade e seguir realmente os passos do nosso presidente Lula sei que ele se envergonha de representantes fajutos como os da diretoria estadual no tocantins. Vassoura neles.

Antonio Medrador

AGORA FOI QUE O PT AFUNDOU DE VEZ NO TOCANTINS

Primeiro o PT expulsou o deputado praticamente reeleito Manoel Queiroz (motivo apoio uma candidata a prefeita de Augustinópolis que pertencia ao grupo “Siqueira Campos”, O mesmo grupo que o Presidente do PT Donizete apoio agora para Presidente da Assembléia, simplesmente ninguém o expulsou ao falou alguma coisa, inclusive consegui convencer dois deputados eleito para votar.

Agora expulsa Raul e Solange esta última que arrastou os dois deputados eleitos que acompanharam Donizete através da legenda partidária.

Afinal o PT pertence a Lula ou a Donizete, pelo menos aqui no Tocantins pertence a Donizete que faz o que quer com o partido.

È uma pena, pois o Donizete não tem voto nem para se eleger para vereador. E nas próximas eleições sem Manoel Queiroz, Raul Filho e Solange o PT no TO, vai ficar a ver navios.

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias