Connect with us

Tocantins

Tocantins recebe lote com 11.500 doses da vacinas AstraZeneca contra Covid-19

Publicado

em

O Governo do Tocantins recebeu neste domingo, 24, mais uma remessa com 11.500 doses de vacinas contra a Covid-19, enviada pelo Ministério da Saúde. O imunizante foi desenvolvido pela Universidade de Oxford em parceria com o laboratório AstraZeneca e foi recebido no aeroporto Brigadeiro Lysias Rodrigues pelo secretário de Estado da Saúde, Edgar Tollini, e pelo superintendente do Ministério da Saúde no Tocantins, Relmivam Milhomem.

Com essa nova remessa, o Tocantins passa a contar com dois imunizantes, a CoronaVac, resultado da parceria entre Instituto Butantan e o Laboratório Sinovac e a Oxford/AstraZeneca, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Na última segunda-feira, 18 o Governo do Tocantins já havia recebido um lote de 44 mil doses da vacina CoronaVac. Agora já são 55.500 doses recebidas pelo Estado para imunização dos tocantinenses. O Governo do Tocantins vai proceder a conferência do lote no Laboratório Central do Estado (Lacen) e a partir de terça-feira, 26, os municípios começam a receber o imunizante, que conforme orientação do Ministério da Saúde é destinado aos trabalhadores da saúde.

A prioridade são hospitais, unidades de Pronto Atendimentos (UPAs), Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência, Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e consultórios/laboratórios. Já os hospitais com atendimentos exclusivos e dedicados a pacientes com Covid-19 são prioritários em relação aos demais.

O secretário Edgar Tollini explicou que esse lote de vacinas da AstraZeneca é destinado apenas para a primeira dose, já que a segunda dose tem um período mais longo que a vacina CoronaVac. “O Ministério já acenou que daqui há 12 semanas enviará outra remessa para atender a segunda dose de imunização da população. Então faremos a imunização de 11.500 pessoas, pois não precisaremos fazer a reserva técnica que fizemos no primeiro lote”, explicou o Secretário. As duas vacinas devem ser aplicadas em duas doses, com intervalo de três e dose semanas respectivamente.

Manaus

O secretário destacou ainda que o governador Mauro Carlesse determinou que todos os setores do governo se unam em torno dessa causa, para abreviar a chegada dos imunizantes em todos os municípios. Lembrou ainda que o o governador Mauro Carlesse assumiu o compromisso com os governadores da região Norte de destinar 5% das vacinas que seriam enviadas ao Tocantins a Manaus, para conter o caos que se estabeleceu na capital amazonense.

Esse lote de vacinas chegou ao Brasil na sexta-feira, 22, importado da Índia. Os imunizantes desembarcaram em Guarulhos (SP) e foram transportados para o Rio de Janeiro, onde está localizada a fábrica de vacinas da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), entidade vinculada ao Ministério da Saúde. As vacinas de Oxford farão parte do Programa Nacional de Imunização (PNI), que é coordenado pelo Ministério da Saúde e começou no dia 17 de janeiro com 6 milhões de doses da CoronaVac. Na última sexta-feira, 22, outras 4,8 milhões de doses da CoronaVac foram aprovadas para uso emergencial no Brasil. (Jarbas Coutinho / Foto: Esequias Araújo)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Governo do Tocantins anuncia novo concurso da Segurança Pública

Publicado

em

Conforme o secretário Cristiano Sampaio, o novo concurso é necessário devido ao fato de que 37% dos cargos da carreira da Polícia Civil encontram-se vagos.

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, anunciou na manhã desta quarta-feira, 3, a formação da comissão que irá preparar o novo concurso público da Secretaria de Estado da Segurança Pública. O anúncio, feito em solenidade restrita no Palácio Araguaia.

Conforme o secretário de Segurança Pública, Cristiano Sampaio, o novo concurso é necessário devido ao fato de que 37% dos cargos da carreira da Polícia Civil encontram-se vagos e à iminente aposentadoria de diversos outros policiais. 

Continue lendo

Tocantins

PF realiza operação para investigar organização criminosa suspeita de corrupção no TCE do Tocantins

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta, 3, a Operação “Esopo 267”, visando desarticular organização criminosa suspeita de fraudar processos licitatórios e a execução de contratos relacionados a construção do prédio anexo do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins.

Aproximadamente 70 policiais cumprem 13 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pelo Ministro Og Fernandes do Superior Tribunal de Justiça, além de outras medidas de interesse da investigação, nas cidades de Palmas/TO e Goiânia/GO.

A Polícia Federal, o Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União constataram além dos indícios de fraude à licitação e de desvios na execução dos contratos, diversos outros elementos que apontam para o cometimento dos crimes de corrupção ativa e passiva, lavagem de ativos, evasão de divisas, além da constituição de organização criminosa por servidores públicos e empresários do ramo da construção civil.

Além da obtenção de novas provas, busca-se interromper a continuidade das ações criminosas, identificar e recuperar ativos frutos dos desvios, além de resguardar a aplicação da lei penal.

Os contratos investigados somam mais de R$ 25 milhões. A partir das movimentações financeiras suspeitas, laudos periciais e informações de campo, estima-se um prejuízo aos cofres púbicos da União superior a R$ 4 milhões.

A operação Esopo 267 faz referência a uma das versões da fábula do Lobo em pele de cordeiro, em virtude de que os ilícitos investigados estariam associados ao próprio órgão responsável por evitá-los.

Continue lendo

Tocantins

ARAGUAÍNA: BRK Ambiental realiza obra emergencial após soterramento de unidade de captação de água no setor Maracanã

Publicado

em

A BRK Ambiental trabalha na perfuração de um novo poço em Araguaína, após o soterramento de uma unidade responsável pelo abastecimento de 16 bairros da cidade. Após o incidente, a concessionária precisou desativar o poço localizado no setor Maracanã e, por isso, até que seja concluída a obra da nova unidade, a região poderá enfrentar intermitência no fornecimento de água. 

Além de dar início imediato à perfuração de um novo poço para normalizar o abastecimento, a empresa vem adotando ações emergenciais para suprir a falta desse poço durante a obra, que deve durar cerca de 45 dias. Dentre as medidas já adotadas para suprir o déficit de produção de água na região, a BRK Ambiental aumentou as horas de operação de outros poços existentes, realiza manobras nas unidades de tratamento circunvizinhas e conta com o apoio de caminhão pipa (para atender unidades de saúde, escolas e situações emergenciais específicas). 

“Nossas equipes estão mobilizadas para reduzir ao máximo os transtornos para os clientes. Além do monitoramento do abastecimento nesta região, atuamos para concluir o quanto antes a perfuração do novo poço. Até lá, contamos também com a contribuição de todos, com o uso racional de água, para evitar maiores transtornos”, destaca Álem Felipe da Silva, responsável operacional da BRK Ambiental em Araguaína. 

A empresa orienta ainda que os clientes que possuem caixa d’água devem economizar para que os níveis dos reservatórios continuem suprindo a necessidade durante o período de obra e recuperação do sistema de abastecimento. Caso o cliente precise de alguma informação, pode procurar a concessionária pelos canais de atendimento como o 0800 6440 195, disponível 24h, e o Whatsapp (11) 99988-0001, que funciona em horário comercial e apenas por mensagem. 

Os bairros impactados pela ocorrência são: Maracanã, Universitário, Setor Sul, Presidente Lula, Costa Esmeralda, Costa Esmeralda Norte, Vila Norte, Vila Couto, Jardim das Mangueiras, Bela Vista I e II, Belchior, Vila Jardim, Boa Vista, Parque Bom Viver e Setor Barros. 

Continue lendo
publicidade Bronze