- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 18 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Seagro apresenta alternativas de produção de energias limpas a acadêmicos

Mais Lidas

Desenvolver e implantar alternativas de geração de energias limpas no Tocantins, como a produção de biodiesel extraído da soja, foram alguns dos projetos do Governo do Estado apresentados pelo subsecretário de Produção de Energias Limpas da Seagro – Secretaria da Agricultura, da Pecuária e do Desenvolvimento Agrário, Ailton Parente, na palestra “Energias Limpas: uma visão global”.

O subsecretário ministrou a palestra na tarde desta segunda-feira, 13 de junho, na II Semana do Meio Ambiente, promovida pelos acadêmicos do curso de engenharia ambiental da UFT – Universidade Federal do Tocantins, que fazem parte do PET – Programa de Educação Tutorial. O evento está acontecendo no auditório do Bloco B, na instituição de ensino, e vai até o dia 14, às 17 horas.

Durante a explanação, Ailton destacou todos os projetos ligados a energias limpas da Seagro como: O Atlas Eólico e Solar do Tocantins; o Uso Produtivo de Energias Limpas; e o projeto de produção de etanol com amido da mandioca, exemplificando já a instalação de uma usina no município de Porto Nacional com esse propósito.

Parente apresentou também o projeto de elaboração do Plano Estadual de Agroenergia para viabilizar a formação de viveiros de produção de mudas, além da ação de Reciclagem de Óleo Residual para o Biodiesel, que propõe uma parceria com a Secretaria Estadual de Educação para mobilizar os estudantes a recolherem o óleo de fritura no Estado para a produção do biodiesel.

A instalação de termoelétrica com o capim elefante, ações de sustentabilidade energética e de biodigestor foram outros assuntos abordados pelo subsecretário.

Questionado sobre a implantação e os investimentos das iniciativas, o subsecretário disse que é interesse do Governo desenvolver e instalar essas tecnologias, como também existe o interesse das instituições financeiras em investir. “A Seagro está à disposição e trabalhando para trilhar e produzir energias limpas no Tocantins”, assegurou.

Tecnologia

Parente falou das tecnologias apresentadas pelo empresário José Macena à Seagro. O sistema da empresa Macena Tecnologia, de Goiânia (GO), é a produção de energia com placa solar conectada a baterias para iluminar as lâmpadas. Ailton disse que solicitou ao empresário um projeto para substituir o sistema elétrico da secretaria (lâmpadas e computadores, menos ar condicionado já que, segundo ele, o projeto elétrico de uma casa com consumo de 350 megawatt/mês sem a utilização de geladeira e ar condicionado custa R$ 6.000,00). “Vamos apresentar o projeto da secretaria e avaliar se vale a pena a tecnologia, que dura 30 anos, substituindo as baterias a cada seis anos. O projeto da casa, por exemplo, se paga em 20 ou 30 meses, isso demonstra o quanto vale a pena”, afirma.

A estudante Alana Valadares disse que a palestra foi muito produtiva devido à exposição de tecnologias e alternativas para o setor de produção de energias limpas. “É muito importante essa discussão, pois o Governo poderá subsidiar os projetos e os acadêmicos fazer a parte das pesquisas”, avalia.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias