Connect with us

Tocantins

Tocantins suspende eventos equestres e aglomerações de equídeos em 10 municípios

Publicado

em

Com o intuito de proteger a sanidade do plantel equídeo contra o mormo e a saúde pública, o Governo do Tocantins, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Adapec), publicou nessa segunda-feira, 21, a Portaria nº 165 de 17 de junho de 2021, que suspende a realização de eventos equestres e aglomerações de equídeos (asininos, equinos e muares) nos municípios de Filadélfia e Nova Olinda, por haver casos confirmados de mormo e nos municípios limítrofes: Araguaína, Pau D’Arco, Bandeirante, Colinas do Tocantins, Babaçulândia, Barra do Ouro, Goiatins e Palmeirante.

Este ano, já foram registrados 13 casos de mormo no Estado. As determinações visam conter a disseminação da doença e preservar a sanidade do plantel de equídeo tocantinense. “Tomamos esta medida mais dura, a fim de frear o avanço da doença nesta região e impedir que ela chegue a outras regiões do Estado, pois o contato entre animais, aliado ao trânsito de equídeos, contribui para a disseminação da doença”, afirma a responsável técnica pelo Programa Estadual de Sanidade dos Equídeos, Isadora Mello.

A decisão sobre a suspensão dos eventos equestres nesses municípios durará até que a Adapec realize todas as medidas sanitárias para contenção dos casos positivos e investigação nas áreas que fazem divisas. Neste período, a Agência realiza a coleta de amostras em animais e exames consecutivos, num intervalo em média de 30 dias, a fim de controlar a doença.

Vale ressaltar que, com a edição desta portaria e após a conclusão das investigações de vínculos epidemiológicos, estão liberados das restrições para a realização de eventos equestres, os municípios de Taguatinga, Ponte Alta do Bom Jesus, Arraias e Aurora do Tocantins.

Mormo

O mormo é uma doença infectocontagiosa causada por bactéria que acomete principalmente os equídeos, não tem cura e nem existe vacina. Nos equídeos, os principais sintomas são nódulos nas narinas, corrimento purulento, pneumonia, febre e emagrecimento. Existe ainda a forma latente (assintomática), na qual os animais não apresentam sintomas, mas possuem a enfermidade.

Para prevenir a doença, o produtor rural, ao adquirir o animal, deve exigir a Guia de Trânsito Animal (GTA) acompanhada de exames negativos da doença; participar apenas de aglomerações de equídeos fiscalizadas pela Adapec; evitar que o animal compartilhe bebedouros e comedouros, e em casos de suspeita da doença isolar o animal imediatamente e comunicar à Agência para que ela proceda os exames clínicos e laboratoriais. (Welcton de Oliveira / Foto: Lenito Abreu)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Dia Nacional da Saúde: BRK Ambiental reforça a importância dos serviços de saneamento básico

Publicado

em

Essencial para a qualidade de vida, o saneamento básico proporciona impactos diretos nos índices de saúde da população brasileira. Neste ano, no Dia Nacional da Saúde, celebrado em 5 de agosto, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de saneamento em 47 cidades do Tocantins, reforça a importância do tratamento adequado da água e de esgoto para a prevenção de doenças e a manutenção da saúde.

De acordo com Painel do Saneamento, levantamento elaborado pelo Instituto Trata Brasil e que conta com dados do DataSUS, o país gastou cerca de R$ 108 milhões com internações por doenças de veiculação hídrica em 2019. Foram mais de 273 mil casos de hospitalização no período. Além disso, a Organização Mundial da Saúde (OMS) reforça que para cada R$ 1 investido em saneamento, são economizados R$ 4 em saúde.

Diante da importância do tema, a BRK Ambiental investe em uma série de ações para garantir que a água fornecida para a população atinja os mais altos padrões de qualidade, com o monitoramento em diversas etapas, desde a captação dos mananciais, passando pelo processo de tratamento até as redes de distribuição. Em Palmas, a concessionária controla todos os parâmetros físico-químicos e microbiológicos que o Ministério da Saúde indica para que a água seja considerada potável. Na capital são feitas em média 600 análises por mês.

“Com a prestação de um serviço de saneamento de qualidade, é possível minimizar os casos de hospitalizações relacionadas a doenças de veiculação hídrica, como disenteria, cólera, dengue, entre outras. Além disso, a água ainda é uma grande aliada na prevenção a covid-19, com a higienização das mãos com água e sabão”, destaca Dalton Bracarense, engenheiro responsável pelas operações da BRK Ambiental em Palmas.

Os serviços de esgoto, também merecem uma atenção especial, afinal, efluentes não tratados podem contaminar o solo, a água e os alimentos, o que pode provocar graves problemas à saúde. Nesse sentido, a BRK Ambiental promove uma série de investimentos para garantir que o serviço chegue para cada vez mais pessoas, além de um tratamento de qualidade para que o esgoto seja devolvido despoluído à natureza, livre de resíduos sólidos e micro-organismos.
“O saneamento básico é uma questão de saúde pública, por isso investimos na melhoria contínua da prestação dos serviços no município. Nosso objetivo é entregar um serviço de alta qualidade e que contribua positivamente com a qualidade de vida das pessoas e o desenvolvimento da região”, reforça Dalton.

Continue lendo

Tocantins

PALMAS: General se despede do serviço ativo do Exército em solenidade realizada no 22º Batalhão de Infantaria

Publicado

em

No dia 30 de julho, o 22º Batalhão de Infantaria (22º BI) – Batalhão Tocantins realizou solenidade alusiva à despedida do General de Brigada Marco Antônio Martin da Silva do serviço ativo do Exército, por motivo da sua transferência para a reserva remunerada.

O evento marcou o reencontro do Cadete e do Instrutor do Curso de Infantaria da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN) dos anos de 1996 e 1997, Cel Adenir Fernandes Nogueira, atual Comandante do 22º BI, e do homenageado.

O Gen Martin, Eterno Comandante do 22º BI, comandou o Batalhão Tocantins por mais de três anos, no período de 16 de novembro de 2009 a 11 de dezembro de 2012, durante o qual cunhou o brado institucional “22º BI – Cada vez mais forte e operacional!”

O seu profissionalismo e entusiasmo contribuíram decisivamente para a consolidação da Organização Militar (OM) no estado, com a expansão das instalações do quartel e vila militar, aumento de efetivo de pessoal, melhoria da qualidade de vida da família militar, e a participação dos seus integrantes com destaque em competições esportivas e operações em solo brasileiro e missão de paz no Haiti.

A interação com a sociedade durante o seu comando e o envolvimento em causas sociais foram reconhecidos com os títulos de cidadão Palmense e cidadão Tocantinense, concedidos pelo poder público municipal e estadual, respectivamente.

A despedida do Eterno Comandante do 22º BI contou com a participação de uma representação de autoridades tocantinenses. A homenagem constou de recepção na guarda do quartel, formatura geral da tropa, canto da canção da infantaria, oração do infante, palavras do Comandante do Batalhão, palavras de despedida do Gen Martin e desfile da tropa. (Ascom)

Continue lendo

Tocantins

Polícia Federal encontra novos fraudadores do Auxílio Emergencial no Tocantins

Publicado

em

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 4, a Operação “Injusta Parcela” com o objetivo investigar suspeitos de fraudar o benefício Auxílio Emergencial do Governo Federal.

Cinco Policiais Federais dão cumprimento a um mandado de busca e apreensão expedido pela Justiça Federal de Palmas/TO, no município de Miracema do Tocantins/TO.

Durante as investigações a Polícia Federal apurou que os investigados receberam o equivalente a 3 parcelas do benefício de forma fraudulenta, e busca agora verificar se há organização criminosa envolvida na aplicação dos golpes.

Caso seja constatada a prática do crime, os envolvidos responderão, na medida de suas responsabilidades, pelo crime de furto mediante fraude ou estelionato.

O nome da operação faz referência a maneira como o benefício é concedido, de forma parcelada.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze