- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 06 / julho / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: TCE julga ilegais reajustes de contratos. Brito Miranda terá que devolver R$ 74 mil

Mais Lidas

O ex-secretário de Infraestrutura, José Edmar Brito Miranda, e o ex-subsecretário, Sérgio Leão, terão que devolver aos cofres públicos, com recursos próprios, R$ 74,7 mil por ilegalidade no reajustamento de contrato para execução de terraplenagem, revestimento primário de rodovia estadual entre os municípios de Silvanópolis e Pindorama. A decisão é do Pleno do Tribunal de Contas que, em sessão durante esta semana, analisou o processo.

O contrato, firmado em 1994, sofreu reajuste 11 anos depois, após já ter sido extinto. Além da imputação de débito, os responsáveis terão que pagar multa de R$ 7,4 mil. De acordo com o processo, não ficou comprovado desequilíbrio econômico e financeiro do contrato, o que não justifica o reajuste, e o termo de apostilamento não atendia a legislação.

- Publicidade -spot_img

1 Comentário

Assinar
Notificar-me
guest
1 Comentário
Mais antigo
Mais recente Mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
POVO...

E SO MAIS UM NO MEIO DE TANTOS ,SERA QUE VAI ACONTECER JUSTICA TANBEM NESSE CSO OU SERA MAIS UM DISE QUE ME DISE,E FECHAM OS OLHOS PRA MAIS ESSA REALIDADE…

- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias