Connect with us

Tocantins

Tocantins tem 124 mil analfabetos

Publicado

em

Cruzamento de dados do comunicado n.º 66 do Instituto de Pesquisa e Econômica Aplicada (Ipea), intitulado Situação da Educação Brasileira: Avanços e Problemas, divulgado na semana passada, com informações da estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) de 2009, mostra que o Tocantins tinha 124.541 analfabetos no final de 2009.

Para chegar a essa conclusão, o Jornal do Tocantins usou os dados de analfabetismo divulgados pelo Ipea, que apontam uma taxa de 13,5% no Tocantins, considerando as pessoas com 15 anos ou mais de idade. A taxa foi calculada com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios do IBGE 2009 e, por isso, o JTo usou a estimativa populacional daquele ano e não o resultado do Censo 2010.

A estimativa de 2009 mostrava uma população total de 1.292.051 habitantes, enquanto os maiores de 15 somavam 922.524 habitantes. Já o Censo 2010 mostra o Tocantins com 1.373.551 habitantes, o que representa aumento de 6,3% em relação à estimativa. O Censo 2010 ainda não divulgou a população por faixa etária, o que impede saber quantos habitantes o Estado tem com idade acima de 15 anos.

Classificação

Na comparação com os outros estados do Brasil, com o total de 13,5% de analfabetos com mais de 15 anos, o Tocantins, conforme o ranking divulgado pelo Ipea, tem o 11º maior percentual de analfabetos. Na região Norte, o Tocantins é o segundo nessa marca negativa, só sendo superado pelo Acre, que possui 15,4% da população com 15 anos ou mais analfabeta.

O líder do ranking é o Alagoas, com 24,6%. No Brasil, a taxa de analfabetismo é de 9,7%. Desta forma, o Tocantins possui um percentual de analfabetos 3,8 pontos maior que a média nacional.

Estudo

Em relação à média de anos estudados pela população alfabetizada de mais de 15 anos, o Tocantins também não está numa boa posição. Com média de 7,3 anos por habitante, o Estado está na 14ª colocação nesse quesito, empatado com Acre e Mato Grosso do Sul. Na região Norte, o Tocantins somente está à frente do Pará, que tem uma média de 6,7 anos de estudos por habitantes com 15 anos ou mais. A melhor unidade da federação em anos de estudo é o Distrito Federal, com média de 9,6 anos por habitante na faixa etária do levantamento.

Nesse quesito, o Tocantins também tem números piores do que a média nacional, porém a diferença não é grande. No Brasil, a média de anos de estudo por habitante com 15 anos ou mais é de 7,5. (Daniel Machado – Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Tocantins gera quase 6 mil empregos de janeiro a outubro de 2020, segundo Caged

Publicado

em

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) mostram saldo positivo de 5.981 empregos no Tocantins, de janeiro a outubro de 2020. Os números referentes a outubro foram publicados na quinta-feira, 26, e registraram a geração de 1.504 novos postos de empregos no Estado no referido mês, resultado de 6.276 contratações e 5.289 desligamentos.

De acordo com a gerente do Observatório do Trabalho no Tocantins, Willany Bezerra, os dados revelam que, apesar da crise econômica gerada pela pandemia do novo Coronavírus. o Tocantins tem conseguido manter seus postos de trabalho e explica: “Ao avaliar os dados ao longo do ano, percebemos que o maior número de demissões aconteceu no auge da pandemia em março, abril e maio. Mas, a partir de junho, o Estado começou a se recuperar e se manteve com saldo positivo em todos os meses subsequentes”, observa a gerente.

Os setores da economia que mais se destacaram no Tocantins, em outubro de 2020, foram a Construção Civil, com saldo positivo de 675 postos de trabalho, seguida do Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 613 empregos. Em terceiro lugar, ficou o setor de Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas, com saldo de 276 novos postos abertos; e em sétimo lugar, ficou o setor da Agricultura, Pecuária, Produção Florestal, Pesca e Agricultura, que colaborou com resultados positivos de 34 novos postos de trabalho abertos no Tocantins.

Dados Palmas

Em Palmas, o saldo de empregos formais em outubro de 2020 foi de 469, resultado de 2.378 admições e 1.909 desligamentos. Na Capital, o setor com melhor resultado em outubro foi Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 258 postos, seguido da Administração Púbica, Defesa e Seguridade Social, Educação, Saúde Humana e Serviços Sociais, com saldo positivo de 95 postos, e a Indústria Geral, com saldo positivo de 63 postos. A Construção Civil, em Palmas, foi o quarto setor que mais movimentou o mercado e teve saldo positivo de 59 postos de trabalho abertos.

A gerente Willany Bezerra ressalta o empenho do Governo do Tocantins, por meio do Sistema Nacional de Emprego (Sine), para manter os postos de emprego no Estado: “É fundamental, em momentos de crise como o que estamos vivendo, apoiar o trabalhador que perdeu o emprego com os benefícios sociais que ele tem direito, como o seguro-desemprego, mas também mostrar que o mercado se remodela e apresenta oportunidades diferentes e podemos nos adaptar a esse movimento e buscar novas colocações”, sugere a gerente.

O Sine Tocantins está atendendo a população do Estado por meio dos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, mas também por telefone, WhatsApp e e-mail, desde a suspensão do atendimento presencial em 20 de março, devido à pandemia do novo Coronavírus.

Canais de acesso

Os trabalhadores interessados em concorrer às vagas do Sine podem acessar o Aplicativo Sine Fácil, seguindo o passo a passo no https://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facil/.

Outro meio de acessar o serviço é pelos seguintes e-mails e números de WhatsApp: em Palmas, pelo WhatsApp: 3218-1957 ou e-mail: [email protected]; em Paraíso, pelo WhatsApp (63) 3602-3340 ou e-mail: [email protected]; e em Gurupi, pelo WhatsApp (63) 3351-2477 ou e-mail: [email protected].

Nas mensagens enviadas a esses contatos, devem constar nome completo do interessado, número do CPF e nome da mãe.

Nas demais unidades do Sine, o contato só pode ser feito por telefone convencional, os números podem ser acessados no site da Setas https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego/contatos-do-sine-tocantins-/.

Painel de vagas

Para conferir, diariamente, a oferta de vagas nos nove postos do Sine Tocantins acesse o site da Setas, https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego , ou as redes sociais, sendo no  Facebook o perfil @setasTo, e no Instagram Setas Tocantins.

Ressalta-se que, devido à pandemia da Covid-19, os atendimentos presenciais do Sine em todo o Estado continuam suspensos. (Lara Cavalcante)

Continue lendo

Tocantins

Salários de servidores estaduais do Tocantins é pago nesta terça, 1°

Publicado

em

O Governo do Tocantins efetua o pagamento dos servidores nesta terça-feira, 1º de dezembro. O montante de R$ 189.495.186,67, valor líquido da folha do mês de novembro, estará disponível para saque ao longo do dia, dependendo do banco em que o servidor escolheu recebê-lo.

A folha de pagamento dos servidores públicos é um dos principais compromissos que o Governo do Tocantins vem honrando, sempre quitada no 1° dia útil do mês subsequente ao trabalhado.

O Governo do Tocantins orienta os servidores para que utilizem ferramentas eletrônicas como os aplicativos dos bancos e façam os pagamentos por cartão. Além disso, se for possível, evitem se dirigir às agências bancárias para que não haja aglomeração nesses locais.

Décimo terceiro

O Governo do Estado ressalta que o pagamento do 13° salário dos servidores públicos, vinculados ao Executivo Estadual, é feito na folha do mês de aniversário do servidor, cujo saque está disponível no mês subsequente ao trabalhado.

Já os aniversariantes do mês de dezembro receberão o benefício no próximo dia 18 de dezembro.  (Arlete Carvalho)

Continue lendo

Tocantins

Procon autua quatro estabelecimentos, durante a Black Friday, por propaganda enganosa e ausência de preço

Publicado

em

Durante a operação Black Friday, relizada na última sexta-feira, 27, o Procon Tocantins autuou quatro estabelecimentos em Palmas. Além da Capital, a fiscalização ocorreu nos municípios de Gurupi, Guaraí, Dianópolis, Paraíso do Tocantins, Araguaína, Tocantinópolis e Colinas.

De acordo com a Gerência de Fiscalização, os índices de autuação durante a Black Friday têm se mantido. Em 2019, ocorreram três autos por propaganda enganosa e um por ausência de precificação.

As autuações sobre publicidade enganosa, também conhecida como propaganda enganosa, estão respaldadas no Art. 37 do Código de Defesa do Consumidor (CDC). Já o artigo 31 (CDC) estabelece que todos os produtos precisam apresentar informações como: característica, qualidade, quantidade, composição e preço, além do prazo de validade.

Ações

As atividades do Procon Tocantins voltadas para a Black Friday ocorreram em duas fases: monitoramento de preços entre os dias 3 e 6 de novembro e fiscalização no comércio e em regime de plantão com diligências realizadas na quinta e sexta-feira (26 e 27/11). 

Em uma avaliação positiva, o superintendente do Procon Tocantins, Walter Viana, destaca que essa parceria entre o Procon e o consumidor tem ficado cada vez mais fortalecida. “Realizamos o nosso trabalho, munindo os consumidores de informações e a receptividade dessa atuação tem contribuído para que as aquisições fiquem mais seguras e os índices de autuações sejam reduzidos”, observou, reafirmando que este é o compromisso do Governo do Tocantins com o cidadão tocantinense.

Denuncie

Ao perceber qualquer irregularidade nos preços e na qualidade dos produtos, o consumidor deve fazer denúncia ao Procon, por meio do Disque Procon 151 ou pelo WhatsApp Denúncia no (63) 99216-6840. (Luciene Lopes)

Continue lendo
publicidade Bronze