Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: TJ compra mais R$ 1,2 mi de móveis

Publicado

em

Mesmo enfrentando uma greve dos servidores do Judiciário que buscam uma revisão no seu plano de cargos e salários, o Tribunal de Justiça (TJ) do Tocantins continua comprando móveis para melhorar a sua estrutura. Na sexta-feira, o órgão pagou a quantia de R$ 595.000,00 mil referentes às aquisições feitas por meio do pregão presencial n.° 046/2009, com resultado publicado no Diário da Justiça no dia 22 de janeiro deste ano, mas com data de 21 de janeiro.

Nesse termo de homologação, o TJ autorizou a compra de R$ 1.233.910,00em móveis para a Comarca de Palmas. A aquisição ocorreu cerca de 40 dias depois do mesmo TJ ter publicado compra de R$ 3.895.610,00 também para móveis.

Entre os itens da compra de janeiro, o TJ, que é presidido pela desembargadora Willamara Leila, adquiriu cinco mesas de reunião para 20 pessoas no valor de R$ 16.800,00 cada, totalizando R$ 84.000,00 com esse tipo de mesa.

Entre os outros 24 objetos comprados pelo TJ estão dois sofás em coro natural preto de dois lugares por R$ 11.300,00 (R$ 5.600,00 cada), dois sofás em coro natural de um lugar por R$ 9.400,00 (R$ 4.700,00 cada) e dois sofás em couríssimo de três lugares por R$ 7.000,00 (R$ 3.500,00 cada). A Comarca de Palmas receberá, ainda, 30 poltronas de diretor cada uma avaliada em R$ 1.538,00, o que totalizou um gasto total nesse item de R$ 46.140,00. Em oito balcões para atendimento, o investimento do TJ foi R$ 71.900,00, com cada um deles custando R$ 8.987,50.

Do total de mais de R$ 1,23 milhão em móveis, R$ 1.096.150,00, ou seja, 88,84% do contrato, será fornecido pela micro empresa Thayuan Móveis, que tem nome empresarial de Célio Batista Alves. De acordo com a sua inscrição de CNPJ no site da Receita Federal, a empresa tem sede em Araguaína, no setor São Miguel.

A sua atividade econômica principal é a fabricação de móveis com predominância de madeira. Já as atividades secundárias registradas são fabricação de móveis com predominância de metal, comércio varejista de móveis e serviços de montagem de móveis de qualquer material. Dos 25 itens, 22 foram ou serão fornecidos pela Thayun Móveis.

O restante da compra, que corresponde a três itens no valor total de R$ 137.760,00 (12,57% do total), tem como fornecedor a empresa Futura Interiores e Mobiliário Panorâmico Ltda. A firma é de Brasília e possui como atividade econômica principal o comércio varejista de móveis.

Outro lado

Em nota, o Tribunal de Justiça sustenta que a gestão comandada pela desembargadora Willamara Leila “tem primado por oferecer as condições necessárias para o atendimento ao cidadão em todas as comarcas do Estado” e, para isso, investe em reformas, construções e aquisição de mobiliário, entre outras ações.

Em relação à licitação para compra de móveis do ano passado, o TJ explica que os equipamentos são adquiridos conforme a necessidade e já foram instalados nos tribunais do júri de Palmas, Paraíso e Dianópolis. Sobre a compra deste ano, o TJ confirma que é para mobiliar exclusivamente o Fórum da Capital.

Na nota, o Judiciário informa que, como 13 novos fóruns estão sendo construídos além de 17 fóruns em processo de reforma e mais três para ser licitados, outras licitações (para móveis) “certamente vão ocorrer durante o ano”.

O TJ ressalta, ainda, que as aquisições de móveis só vêm sendo possíveis graças ao crescimento da arrecadação do Fundo Especial de Modernização do Poder Judiciário (Funjuris) decorrente do crescimento nos julgamentos de processos e do bom trabalho de fiscalização da Corregedoria do TJ. “Para 2010 estamos prevendo uma arrecadação em torno de (R$ 15.000.000,00) quinze milhões de reais. O recurso do Funjuris é específico para modernização, construção e aprimoramento do Poder Judiciário e por determinação da presidente todo o esforço que resultou nesse crescimento da arrecadação deverá ser revertido para esse fim”, pondera a nota.No final da nota, a presidente do TJ faz queixas, afirmando que, “apesar dos sistemáticos ataques e críticas a sua gestão, continuará trabalhando pelo engrandecimento do Poder Judiciário, cumprindo diariamente as suas obrigações”. (Daniel Machado – Jornal do Tocantins)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

ARAGUAÍNA: Governo atende solicitação de Luana Ribeiro que pede recuperação da TO-422 no trecho de acesso ao Daiara

Publicado

em

O Governo do Tocantins intensificou os trabalhos de recuperação da TO-422, no trecho de 8 km que dá acesso ao Distrito Agroindustrial de Araguaína (Daiara). A demanda foi apresentada pela deputada estadual Luana Ribeiro e aprovada pela Assembleia Legislativa do Tocantins.

A parlamentar destacou a importância de recuperar o trecho que abriga várias empresas, como distribuidoras de alimentos, de peças e um frigorífico. “Esta estrada é muito movimentada, especialmente pelo grande fluxo de caminhões, mas pela precariedade tem colocado em risco a segurança de quem trafega pela via. A região também abriga vários assentamentos e as famílias também sofrem com as condições funcionais do trecho”, justificou Luana Ribeiro. 

O desempenho da rodovia, em trafegabilidade e conforto, estava comprometido pelo acúmulo de deformações na superfície asfaltada. O objetivo é restabelecer as condições funcionais da via degradada pelo grande tráfego de veículos pesados, para o qual não foi projetada. As obras iniciaram na semana passada.

Os trabalhos devem restabelecer a trafegabilidade, principal demanda dos usuários da via, que atende empresários, proprietários rurais e moradores locais. (Com informações da Ageto)

Continue lendo

Tocantins

Dia Mundial da Higienização das Mãos: BRK Ambiental reforça a importância de lavar as mãos corretamente

Publicado

em

Instituído em 2009 pela Organização Mundial de Saúde (OMS), o dia Mundial de Higienização das Mãos foi comemorado nesta quarta-feira, 05 de maio, e neste momento de enfrentamento do Coronavírus, a medida é considerada uma das mais eficazes para combater a doença.

O uso de máscara e a correta higienização das mãos são as práticas mais eficazes para combater, reduzir e prevenir o contágio da doença. A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto no Tocantins reforça a importância da higienização, que deve ser frequente e realizada com sabonete e água ou com álcool em gel a 70%. 


Mesmo sendo simples, a lavagem das mãos necessita de atenção para que seja realizada da forma correta para eliminar todas as sujeiras e germes. Confira o passo a passo para a higienização adequada:

– Retire todos os adornos (relógios, pulseiras e anéis) para facilitar a higienização;

– Abra a torneira somente para molhar as mãos, feche-a na sequência e espalhe o sabonete por toda a superfície até o meio do antebraço;

– Esfregue a espuma nas palmas das mãos friccionando-as entre si, entrelace os dedos e esfregue também os espaços entre eles, assim como as costas das mãos e unhas;

– Faça uma conchinha com as mãos e friccione as polpas digitais e unhas de uma mão contra a palma da mão oposta, fazendo movimento circular;

– Reabra a torneira e enxágue as mãos em água abundante, evitando contato direto com a torneira;

– Por fim, enxugue as mãos com um pano limpo ou toalha de uso individual, ou toalha descartável.

Para eliminar qualquer vestígio do vírus das mãos a OMS orienta que o ritual completo dure de 40 a 60 segundos.

“Além da prevenção contra o Coronavírus, o simples ato de lavar as mãos é eficaz e evita a contaminação de outras doenças como as gripes causadas pelo vírus influenza, os resfriados, as conjuntivites, tanto bacterianas quanto virais, e doenças gastrointestinais como diarreias e parasitoses”, informa Eduardo Godinho médico responsável pela área de Saúde da BRK Ambiental.

Se existe algo que é fundamental nos cuidados com a saúde, é o ato de lavar as mãos, portanto priorize essa prática.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins solicita autorização do Ministério da Saúde para vacinar profissionais da Educação

Publicado

em

Nesta quarta-feira, 5, o governador do Tocantins, Mauro Carlesse, encaminhou ofício direcionado ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, solicitando a autorização do órgão para que esses profissionais sejam vacinados, assegurando um ambiente mais seguro para o retorno das aulas presenciais no Estado.

“O secretário da Saúde, Edgar Tollini, vai amanhã à Brasília para entregar pessoalmente este ofício e iniciar as tratativas com o Ministério, para ver a possibilidade de fazer o mesmo que foi feito com as forças de segurança. Está passando da hora de vacinar os nossos professores e todos os profissionais da Educação. A vacinação é fundamental para o retorno das aulas”, destacou o Governador.

“Amanhã mesmo estarei em Brasília para discutir e saber como isso pode ser feito da melhor forma e da maneira mais rápida possível, com a anuência do Ministério da Saúde e dentro do Plano Nacional de Imunização”, complementou o secretário de Estado da Saúde, Edgar Tolini, informando que, especificamente, esse público-alvo é composto por 23 mil profissionais da educação básica e 7 mil do ensino superior, ou seja, em torno de 30 mil trabalhadores que compõem as redes de Educação em todo o Estado.

A secretária de Estado da Educação, Juventude e Esportes (Seduc), Adriana Aguiar, agradeceu pelo empenho do Governador em viabilizar a imunização da categoria. “Fico muito contente com a decisão e determinação do Governador Carlesse e o empenho do secretário Edgar Tollini, considerando que este foi o primeiro pilar anunciado pelo Governo na retomada das aulas ainda no ano passado, embora de forma não presencial. Para o retorno presencial, o Governador determinou que sejam vacinados não só os docentes, mas todos os profissionais que atuam dentro das nossas unidades escolares”, ressaltou.

“Estamos fazendo todo o esforço possível para vacinar não só os profissionais da Educação e sim toda a população do Estado. Mas agora, no momento, eu vejo como necessidade, vacinar esses profissionais. É um pedido que eu faço ao secretário e ao ministro da Saúde, que a gente consiga vacinar todos os nossos professores e profissionais envolvidos na Educação, o quanto antes”, concluiu o Governador. (Vania Machado)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze