- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sexta-feira, 20 / maio / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

TOCANTINS: Tocantinense é detido em Portugal por tráfico de ovos

Mais Lidas

Morador de Paraíso do Tocantins, Martyny George Cortez Torres, 32 anos, foi detido em flagrante, na quarta-feira, 25, em Lisboa, Portugal, sob a acusação transporte ilegal de fauna e remessa de material genético ao exterior. Deportado, ele foi multado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) ao chegar ontem, a Brasília.

Segundo o programa  A Voz do Brasil, editado pela Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), Martyny Torres traficava 30 ovos de aves nativas do Brasil, possivelmente de papagaios. Agentes da PF escoltaram o suspeito até o aeroporto internacional Juscelino Kubitschek, em Brasília (DF). Em solo brasileiro, o acusado foi multado em R$ 65 mil e, segundo o Ibama, deve responder a inquérito criminal por tráfico internacional de fauna, além do processo administrativo.

Em entrevista à Voz do Brasil durante o flagrante, o morador do Tocantins disse que recebeu R$ 1.000,00 para levar os ovos até Portugal. Fotos disponibilizadas pelo governo de Portugal mostram que os ovos estavam amarrados ao corpo do acusado em uma meia-calça junto ao corpo do suspeito. Martyny Torres teria feito isso para poder manter a temperatura do material.”O infrator tentava entrar em Portugal com 30 ovos de aves sem documentação quando foi pego pela alfândega portuguesa no aeroporto de Lisboa. Portugal comunicou o caso ao Ibama e repatriou o cidadão brasileiro, que chegou a Brasília por volta de 5 horas”, destaca texto informativo da página do Ibama na internet.

O Ibama também deu destaque para o caso, inclusive o colocando como manchete principal em seu site. No entanto, embora confirme que ele mora no Tocantins, não divulgou o nome do suspeito. A equipe da Voz do Brasil acompanhou a operação da Polícia Federal para trazer Martyny Torres de volta ao Brasil.

Confissão

Segundo o Ibama, o suposto infrator confessou ao instituto o crime e disse que um cidadão português já o aguardava em Lisboa para receber os ovos. O acusado disse que recebeu parte do pagamento de forma antecipada e o restante seria entregue a ele em Portugal.

Segundo o Ibama, o acusado tem parentes no Tocantins que já foram atuados por crimes contra a fauna. Os ovos permaneceram em Portugal e foram levados para o zoológico de Lisboa, onde ficarão em uma incubadora até o nascimento das aves e deverão ser enviadas ao Brasil posteriormente. Caso tivessem sido enviados imediatamente ao Brasil, os ovos poderiam sofrer com a falta de cuidados e estragarem durante a viagem.

As espécies traficadas constam nos anexos da Convention on International Trade in Endangered Species of Wild Fauna and Flora (Cites), convenção da qual o Brasil e Portugal são signatários. “Qualquer remessa de fauna ao exterior sem autorização é infração grave e será combatida pelo Ibama”, afirmou o coordenador-geral de fiscalização ambiental do Ibama, Bruno Barbosa.

Segundo o coordenador-geral, a participação do governo português foi fundamental para a identificação do crime. “Isso reflete os esforços do Ibama para fortalecer os laços com órgãos ambientais de outros países com objetivo de combater crimes ambientais”, completou Barbosa.

À Voz do Brasil, Barbosa informou que o Ibama em Palmas, além de já ter sido comunicado do flagrante, recebeu a instrução de aprofundar as investigações de pessoas ligadas a este tipo de crime no Tocantins. Ainda segundo apurou o programa da EBC, o morador de Paraíso só não foi preso no Brasil porque o flagrante ocorreu em solo português.

Outros

Conforme o Ibama, o tocantinense tem parentes envolvidos com crimes contra a fauna. A detenção de Martyny Torres vai fazer com que o instituto acelere as investigações para apurar possíveis crimes que estejam sendo praticadas por estas pessoas. (Jornal do Tocantins)

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias