Connect with us

Tocantins

TOCANTINS: Vale e empresários parceiros querem implantar empreendimento

Publicado

em

O governador Siqueira Campos recebeu no gabinete do Palácio Araguaia, na manhã desta quarta-feira, 9, empresários da Vale e da SSI Inteligence, empresa especializada em mineração, com base em São Paulo e negócios em diversos países. A audiência contou com as presenças de Eduardo Callea Junger, coordenador executivo de Novos Projetos da Vale, Jorge Salles, SSI Inteligence, William Almeida, Analista da Vele e Luiz Raimundo Carneiro de Azevedo, consultor.

Eduardo Callea Junger, coordenador executivo de Novos Projetos da Vale e Jorge Salles, da SSI Inteligence, apresentaram ao Governador e ao Secretário das Relações Institucionais, Lívio de Carvalho, projetos de estruturação do desenvolvimento econômico, com sustentação na extração e exportação de minério, especialmente o manganês.

O primeiro, apresentado pelo Coordenador Executivo da Vale, Eduardo Callea Junger, mostrou a eficiência do Corredor Centro-Norte logístico para o transporte de cargas gerais, inclusive grãos, combustível, manganês e ferro gusa. De acordo com o Coordenador, o gargalo para este projeto é a estrutura portuária. Os principais terminais ao longo do Corredor são em Porto Franco (MA), Marabá (PA), Açailândia (MA), Paraopebas (PA), São Luis do Maranhão e Palmeirante (TO).

Segundo Eduardo Callea, a região de Colinas do Tocantins também torna-se a mais avançada para a distribuição de fertilizantes, não só para o Estado, mas para Mato Grosso e Bahia. De acordo com a Vale, só este ano foram exportados do Brasil 2,4 milhões de toneladas de minério.

Dentro do Corredor Centro-Norte também estaria, de acordo com o projeto apresentado ao governador Siqueira Campos, um terminal em Tupirama , para o embarque de etanol, e em Porto Nacional para o embarque de carne congelada.

Para viabilizar o sucesso do empreendimento, a Vale aposta na parceria com produtores rurais, orientando a produção, e também no pólo industrial de Palmas, principalmente para o processamento de minério, como níquel e cobre e vislumbra o mercado dos grandes compradores como a Ásia e a Europa.

Mineração

O segundo projeto apresentado ao Governador está diretamente ligado ao primeiro, da Vale, e pertence à Mineração Buritirama, gerida pela SSI Inteligence. Jorge Salles, empreendedor da Empresa que explora manganês na região de Carajás , no estado do Pará, produz para indústrias siderúrgicas de fabricação de ferro liga de países da Ásia, principalmente a China. De acordo com o projeto, 95% da extração de manganês têm como destino a indústria de ferro liga.

Segundo o empresário, a jazida em Carajás é explorada há mais de 30 anos e o minério não possui a mesma qualidade dos anos anteriores, por isso há a necessidade de expansão para outros Estados a fim de continuar sendo uma grande fornecedora de matéria prima para a indústria siderúrgica no mundo.

“A dificuldade hoje de implantamos um empreendimento como este no Tocantins é a falta de parceria com o Governo do Estado”, explicou Jorge Salles. Segundo ele, a exploração necessita de vários insumos, como carvão e energia elétrica, entre outros, e com o apoio do Governo no que tange ao preço do fornecimento de energia, o projeto poderá se implantado, após aprovação ambiental, em 10 ou 12 meses, com um investimento de aproximadamente U$ 100 milhões e geração de 650 empregos inicialmente.

Atualmente a Rússia e a Ucrânia são os maiores exportadores de manganês e principais competidores do Brasil. São os maiores em razão do baixo custo da energia elétrica. Um dos fatores que possibilitam a instalação do projeto aqui no Tocantins são a viabilidade da ferrovia Norte Sul, a Leste Oeste e a hidrovia Tocantins-Araguaia. A idéia é produzir 100 mil toneladas por ano.

Mas para esta produção são necessários 3.500 KW por tonelada e uma área de 10 mil hectares para reflorestamento. A proposta feita ao Governo do Estado é ter a energia a um preço que seja subsidiado ao custo de R$ 100,00 por MW.

O governador Siqueira Campos garantiu que o Estado tem interesse e determinou que os projetos sejam estudados pelos setores do Governo, sob a coordenação do Secretário Lívio de Carvalho, para o mais rápido possível terem concluído a viabilidade de apoiar a implantação dos empreendimentos.

“O Tocantins está de portas abertas para empresários com esta responsabilidade como estes e o Governo apóia, diante da necessidade de promovermos o desenvolvimento econômico e social do Estado, pois as empresas crescendo, nós crescemos junto e é disso que precisamos, de parceria e iniciativa privada”, disse Siqueira Campos

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
1 Comment

Tocantins

Ministério da Saúde envia ao Tocantins mais 17.750 doses de vacina contra a Covid-19

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 20, chegarão ao Tocantins 17.750 doses de vacina contra a covid-19. A previsão é de que as doses do imunizante AstraZeneca, que serão utilizadas para aplicação de segunda dose, cheguem à Capital por volta das 20h35.

Atualmente, 28,11% da população tocantinense está totalmente imunizada, seja com duas doses ou dose única. Já foram recebidas 1.850.310 doses de vacinas contra a covid-19, sendo que 1.594.727 foram distribuídas e 1.372.801 aplicadas.

“A diminuição dos índices da covid-19 no Tocantins é fruto da imunização. Precisamos manter os cuidados contra o vírus e reforçamos o chamamento para que toda a população se imunize, com a primeira e segunda dose”, enfatizou a superintendente de Vigilância em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Perciliana Bezerra.  (Mariana Ferreira)

Continue lendo

Tocantins

UNITINS lança edital para regularização acadêmica de alunos de cursos EaD

Publicado

em

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) publicou nesta segunda-feira, 20, o Edital Simplificado de Integralização de Estudos com foco na regularização acadêmica de mais de 110 mil alunos dos cursos de Administração; Ciências Contábeis; Normal Superior; Pedagogia; Serviço Social; Análise e Desenvolvimento de Sistemas; Complementação de Estudos; Fundamentos Jurídicos; Letras e Matemática, ofertados na modalidade de Ensino a Distância (Ead), entre os anos de 2005 e 2008. Os cursos foram oferecidos à época, via parceria entre a Unitins e a Educon/Eadcon, tendo alunos em todo o país.

Conforme previsto no edital, os alunos podem solicitar a integralização dos estudos, ou seja, a conclusão do curso, apresentando provas e/ou cartões-resposta ou outros documentos que comprovem a condição de que o curso foi efetivamente concluído. No caso de alunos que ainda têm disciplinas a cursar, podem solicitar os documentos para transferência para outra Instituição de Ensino Superior com o aproveitamento de disciplinas já cursadas pela Unitins.

O prazo para os acadêmicos manifestarem interesse enviando as solicitações e os respectivos documentos segue de 20 de setembro até 20 de dezembro de 2021. Não haverá cobrança de qualquer valor financeiro por parte da Unitins para as solicitações dos discentes interessados, nem para a emissão dos documentos referentes à regularização acadêmica desses alunos.

O edital é fruto de acordo firmado entre a Unitins e o Ministério Público Federal (MPF) e a Advocacia Geral da União (AGU), que representa o Ministério da Educação (MEC)/União no processo. O acordo foi homologado pelo Juiz Federal da 3ª Vara Federal/Seção Judiciária do Estado do Tocantins. O edital completo pode ser acessado aqui.

Continue lendo

Tocantins

Beneficiários titulares do Servir devem atualizar cadastro

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Administração (Secad), por meio do Plano de Saúde dos Servidores Públicos do Tocantins (Servir), informa que todos os beneficiários titulares do Plano devem atualizar seus dados.

Os dados podem ser conferidos e atualizados de forma on-line por meio do Portal do Beneficiário ou do aplicativo do Servir.


O secretário Executivo da Secad e diretor do plano, Ineijaim Siqueira, reitera que a atualização cadastral é de extrema importância para agilidade nos atendimentos do plano. “É salutar que todos os beneficiários titulares do plano façam essa atualização. Ela, além de garantir uma relação mais próxima com os beneficiários, ajudará a promover um serviço de melhor qualidade”, afirma.

Como fazer 

Para realizar a atualização, basta acessar o site do Servir (www.servir.life), clicar no banner de recadastramento e preencher os campos solicitados. É importante destacar que, para a efetivação do recadastramento, é necessário baixar e aceitar o termo de responsabilidade. (Nájilla Lopes)

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze