Connect with us

Bico do Papagaio

Trabalhadores rurais de Augustinópolis e Esperantina reclamam regularização de assentamentos

Publicado

em

Os direitos agrários dos trabalhadores rurais levaram a Defensoria Pública, Comissão Pastoral da Terra (CPT), Sindicato de Trabalhadores Rurais, entre outras instituições a reclamar a regularização de assentamentos em municípios do Bico do Papagaio e do Norte do Estado. O Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA) promove a aprir desta terça-feira, 24 até quinta, 26, Audiências Públicas com estas comunidades para apresentar respostas às demandas de cada assentamento.

A Defensoria assiste estas comunidades de perto através do Núcleo da Defensoria Pública Agrária (DPAGRA), que tem atuação especializada na área do direito agrário, com atribuições de prevenir a violência no campo; mediar os conflitos agrários; ajuizar demandas individuais e coletivas que envolvam questões agrárias, contribuir com ações que levem ao desenvolvimento da agricultura familiar e educação no campo; entre outras ações.

Nesta terça-feira, 24, a partir das 9h, a Pastoral da Terra apresentará as demandas de comunidades dos municípios de Augustinópolis e Esperantina, da região do Bico. A reunião será na Casa Dona Olinda, localizada na chácara da CPT, loteamento Jardim Belo, na Rodovia TO-022, saída para Babaçulândia e atenderá também os municípios de Babaculândia, Bandeirante, Barra do Ouro, Campos Lindos, Filadélfia, Goiatins, Muricilândia e Palmeirante.

O coordenador do DPAGRA, defensor público Hud Ribeiro, estará presente na Audiência Pública. Conforme o coordenador, a Instituição instaurou Procedimentos Preparatórios para Ação Civil Pública (PROPAC) de três comunidades listadas na audiência pública para tutelar os direitos básicos daquelas populações: PROPAC nº. 62/2012, em favor da comunidade Gleba Tauá, localizada no município de Barra do Ouro; PROPAC nº. 49-B/2012 pela Comunidade Fazenda Suçuarana, em Campos Lindos; PROPAC nº. 149/2013 para a comunidade quilombola Grotão, em Filadélfia. (Com informações de Keliane Vale)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Sindicato da Educação convoca servidores para ato por conta de salários atrasados

Publicado

em

O Sindicato dos Servidores da Educação de Araguatins (SINSEA) convocou manifestação na frente da Prefeitura Municipal, para a próxima segunda, dia 25, às 7h30. O motivo, é o salário do mês de dezembro de 2020 e parte do 13ª, não pagos pela gestão anterior, do prefeito Cláudio Santana (MDB).

Os educadores cobram uma posição do atual prefeito Aquiles da Areia (PP), sobre os pagamentos.

O grupo pretende ser recebido pelo atual gestor e entregar um oficio com reivindicações.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Medicina Veterinária no IFTO deve começar em 2022

Publicado

em

O processo de implantação do curso de medicina veterinária do Campus Araguatins, do Instituto Federal do Tocantins (IFTO), teve mais um avanço, nesta quinta-feira, 21, foi aprovado no Conselho Superior (Consup) do IFTO o Projeto Pedagógico do Curso (PPC).

De acordo com o diretor-geral do Campus Araguatins, Josafá Carvalho de  Aguiar, o foco agora será a captação de recursos que serão destinados à construção da infraestrutura necessária para implantação do curso e aquisição de equipamentos. Seu funcionamento exige a construção dos blocos que farão parte de uma clínica veterinária. O projeto da clínica apresenta sua divisão em dois blocos, orçados no valor de 2 milhões de reais.

A previsão é que o primeiro vestibular para o curso de medicina veterinária seja realizado até 2022 e sejam oferecidas 45 vagas. O ingresso será por meio de vestibular e Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). 

Continue lendo

Bico do Papagaio

Sistema Penal do Bico participa de campanha de combate à Covid-19

Publicado

em

Nesta sexta-feira, 22, será o Dia D de combate à Covid-19 no Sistema Penal do Bico do Papagaio, com suas principais unidades em Araguatins, Tocantinópolis e Augustinópolis, bem como as demais do restante do Tocantins. Esta é uma ação da campanha A pandemia ainda não acabou, o cuidado continua, desenvolvida pela Superintendência de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju), que tem a finalidade de continuar estimulando servidores, comunidade carcerária e visitantes a permanecerem tomando todas as medidas de prevenção a contaminação e proliferação da Covid-19.

O superintendente de Administração dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Orleanes de Sousa Alves, explica a logística da campanha criada pelo Sistema Penal. “Ela consiste em ações educativas, de prevenção e de higienização, baseada no Plano de Contenção à Covid-19 do Sistema Penal do Tocantins que possui 12 eixos de atuação. A luta contra a proliferação do novo Coronavírus continua até que chegue a vacina e todos estejam imunizados”, ressalta.

A gerente de Assistência à Saúde ao Preso e Egresso, Marluce de Oliveira, destaca que foram criadas várias ações de conscientização em torno da necessidade de continuar tomando todos os cuidados individuais necessários para preservação da saúde e não infecção pelo novo Coronavírus, como uso de máscara, higienização das mãos, distanciamento e triagem na entrada das unidades.

“No que tange aos cuidados coletivos, nesta data as 33 unidades penais desenvolverão atividades como higienização, sanitização, lavagem, roçagem e entrega de uniformes e kits de proteção individual as pessoas privadas de liberdade, com a finalidade de manter a saúde de quem adentra as unidades penais, e, principalmente, da comunidade carcerária”, explica Marluce de Oliveira.

Continue lendo
publicidade Bronze