Connect with us

Bico do Papagaio

UFNT define identidade visual

Publicado

em

Com 57,3% dos votos, a Proposta 2 foi eleita no Concurso da Identidade Visual como representante da mais nova universidade federal tocantinense, a Universidade Federal do Norte Tocantins (UFNT). Ao todo foram recebidos 83.796 votos e os interessados poderiam votar quantas vezes quisessem.  O edital com resultado final pode ser acessado aqui.

A proposta escolhida por votação popular foi produzida pela acadêmica Samara Tavares Cruz, do curso de Medicina da UFT/UFNT, Câmpus de Araguaína. Agora, ficará a cargo do Conselho Superior Provisório (Consupro) da UFNT a homologação da escolha popular.

O concurso para escolha da identidade visual da UFNT foi realizado por meio de edital, recebeu propostas que passaram pelo crivo de oito especialistas da área no Tocantins e fora do estado, em que foram selecionadas as três melhores propostas conforme critérios de pontuação estabelecidos no edital de abertura. A votação foi aberta e online, acontecendo por meio de formulário da plataforma Google Docs, entre os dias 03 a 20 de novembro.

Justificativa da Proposta

É importante que a identidade visual de uma universidade seja responsável por carregar seus valores, sejam estes desde socioculturais até geográficos. A Universidade Federal do Norte do Tocantins tem uma história baseada na luta pela democratização do conhecimento para a região Norte do Estado, pensando nisso, tanto o brasão institucional, nas letras N e T, quanto a bandeira e a marca trouxeram como símbolo de abrangência cultural que a universidade abrigará, o grafismo ‘Òma’ do povo Karajá-Xambioá, que se localizam no município de Santa Fé do Araguaína, Norte do Tocantins.  Ao lado da pintura indígena no brasão, encontram-se as letras U e F com a coloração verde, referenciando o Norte do Estado no contexto da inserção na Amazônia Legal, revivendo sua importância.  Na parte superior do brasão, observam-se duas listras azuis que se cruzam na extremidade alta, representando o encontro dos rios Araguaia e Tocantins, que delimitam geograficamente o Norte do Estado, simbolizam a vida e marcam o início da história da ocupação e da economia de muitas cidades da região, como Xambioá e Guaraí. O rio Araguaia também delimita os municípios de Araguaína, cidade que abrigará a sede da UFNT, e Conceição do Araguaia. A fusão das listras azuis, no brasão, forma um livro cuja capa é amarelo-ouro e indica a riqueza de conhecimento que chega ao Norte do Tocantins com a criação da UFNT. No ápice do brasão e da marca e compondo a bandeira, encontram-se três flores de uma planta perene, nativa do cerrado, da espécie Bulbostylis paradoxa, conhecida popularmente como “cabelo-de-índio”. Esta planta é a única que floresce nas primeiras 24 (vinte e quatro) horas, após a queima completa da região onde se encontra no cerrado. Suas flores acima do livro trazem à marca o simbolismo da resistência do conhecimento em meio a todas as intempéries e a esperança. A base do brasão institucional, abaixo do nome por extenso da UFNT, é formada por 3 (três) tijolos justapostos, também em amarelo-ouro, representando  a riqueza que a construção e fundação de uma universidade trás para a sociedade.

A marca baseia-se na simbologia e design do Brasão institucional e para sua simplificação, os rios Araguaia e Tocantins foram representados por 2 (dois) retângulos azuis separados pelo livro de capa amarelo-ouro. Na bandeira, os 2 (dois) rios são representados por 2 (duas) listras que se encontram e que ao mesmo tempo formam uma seta que aponta para o Norte e para o livro, representando a chegada da UFNT no Norte do Estado. Na base vê-se o grafismo ‘Òma’ dos Karajá-Xambioá referenciando a cultura como a base da identidade de um povo. Ao mesmo tempo que as cores trazem os significados apresentados, fazem referência à Arara-Amarela (Ara ararauna), ave símbolo da Natureza do Estado do Tocantins. (Ascom)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: “Tio” estupra sobrinha e esconde garota em Araguatins

Publicado

em

Um homem de 30 anos foi preso pela Polícia Civil, através de ação realizada pela equipe de policiais da 22ª Delegacia de Xambioá, na manhã desta quinta-feira, 6, no município do Bico do Papagaio. Na oportunidade, os policiais civis, também cumpriram mandado de busca e apreensão na residência que era ocupada pelo homem preso. Segundo a autoridade policial, o indivíduo, que é casado com uma tia da vítima, é investigado pela prática de crime de estupro de vulnerável e subtração de incapaz de uma adolescente de 14 anos, mas que a época dos fatos, tinha 13 anos.

Conforme explica o delegado Márcio Lopes da Silva, que coordenou a ação, a menor estava desaparecida da casa de uma tia, com quem morava, desde o dia 18 de março deste ano. Durante as investigações do desaparecimento, a Polícia Civil tomou conhecimento da ocorrência de uma suposta prática de estupro de vulnerável, crime praticado, em tese, pelo investigado. Durante a apuração dos fatos, também descobriu-se que a menor teria sido estuprada ainda no ano de 2020 e desaparecido, no mês de março de 2021.

“Com o aprofundamento das investigações, o marido da tia da vítima passou a figurar também como o principal suspeito de ter dado sumiço à menor e, desse modo, intensificamos a apuração dos fatos”, ressaltou o delegado. Com base nas evidências, o delegado representou junto ao Poder Judiciário, pela prisão temporária do indivíduo, bem como, pela busca e apreensão no endereço do mesmo, além de quebra de sigilo de dados telefônico e telemático.

De posse da ordem judicial, na manhã desta quinta, foi dado cumprimento ao mandado de prisão e busca e apreensão. Ao mesmo tempo, policiais civis da Deamv de Araguatins localizaram a menor na casa de uma tia do suspeito, naquela cidade. As investigações da Polícia Civil revelaram ainda que o homem levou a menina para o local no mesmo dia do desaparecimento.

Após ser preso, o homem foi conduzido para a Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SÃO MIGUEL: Moça de 18 anos invade casa na Grota do Meio, furta objetos e vai presa com receptador

Publicado

em

A Polícia Militar prendeu na quarta, 05, uma mulher de 18 anos, acusada de furto, e um homem de 27 anos, por receptação de produtos furtados. A suspeita entrou na residência da vítima, homem de 22 anos, morador do povoado Grota do Meio, em São Miguel, no Bico do Papagaio, onde subtraiu produtos eletrônicos, roupas, dentre outros objetos, que acabaram sendo em parte, recuperados pela PM.

A vítima ligou para a Polícia Militar dando conta de que alguém teria entrado em sua residência e subtraídos diversos produtos, entre eles, um aparelho de televisor, um notebook, várias peças de roupas e um ferro de passar.


De acordo com o dono da casa, a suspeita do crime teria aproveitado da ausência da vítima que havia saído de manhã cedo para o seu trabalho, e entrou na casa onde acabou furtando os objetos. Quando a vítima chegou ao domicílio encontrou a porta lateral de sua residência arrombada e a ausência dos materiais furtados.

A PM realizou diligência e através de informações repassadas por populares, os policiais militares acabaram chegando até a suspeita. Diante do nervosismo, a mulher confessou para a guarnição que teria furtado os objetos, que parte dos materiais havia sido trocado por droga, e outros vendidos para o autor acusado de receptação, que também acabou preso. Em poder do suspeito de receptação a PM apreendeu o notebook, comprado por R$ 60,00 reais e o ferro de passar roupas adquirido por R$ 10,00 reais. As peças de roupas, segundo a mulher, teriam sido descartadas.

Em poder da mulher, a PM apreendeu ainda três papelotes de substância análoga ao crack e duas porções de substância análoga à maconha, encontradas no bolso de sua bermuda. Os envolvidos e todo o material apreendido foram levados à Central de Flagrante para as demais providências legais.

Continue lendo

Bico do Papagaio

AXIXÁ: Acusação de suposta fraude em aprovação de contas de Auri pela Câmara é arquivada

Publicado

em

Uma denúncia anônima, feita junto ao Ministério Público (MP), apontando supostas irregularidades, na Câmara de Vereadores de Axixá, no Bico do Papagaio, relativas à aprovação das contas do ano de 2015 do prefeito Auri Wulange Ribeiro Jorge, em nova discussão no Poder Legislativo, foi arquivada.

O MP considerou que não foram apresentados elementos que possibilitem conduzir a investigação e que a peça é genérica, além da situação, também ter sido levantada junto à Justiça Eleitoral e, tendo o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) aceitado a candidatura do atual prefeito.


Os fatos reportam situações sem qualquer indicação de testemunhas ou outros documentos de provas, vez que a denúncia não possui suporte probatório.

Ainda, o órgão ministerial, apontou que como trata-se de denúncia anônima, impossibilita a comunicação com o denunciante para fins de aferir e esclarecer sobre o conteúdo das denúncias, que estaria escasso de provas das acusações.

Continue lendo
publicidade
publicidade Bronze