Connect with us

Tocantins

Unitins e Sebrae assinam Termo de Cooperação Técnica para alavancar empreendedorismo

Publicado

em

A Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Estado do Tocantins (Sebrae) assinaram, na tarde dessa segunda-feira, 24, na sala 10 da sede administrativa da Unitins, um Termo de Cooperação Técnica.

Participaram do encontro o reitor da Unitins, professor Augusto Rezende; o diretor do Núcleo de Inovação Tecnológica da Unitins (NIT), professor Silvano Malfatti; o presidente do conselho deliberativo do Sebrae, Rogério Ramos; o diretor superintendente do Sebrae, Moisés Pinto Gomes; e a diretora técnica do Sebrae, Eliana Castro de Oliveira.

A parceria tem como objetivo a colaboração mútua por meio da troca de experiências, capacitações e realização de projetos que tenham como objetivo alavancar novas práticas na educação e empreendedorismo da comunidade educacional, promovendo a capacitação dos professores e/ou alunos nas metodologias de Educação Empreendedora do portfólio do Sebrae.

O Termo de Cooperação Técnica terá vigência por dois anos, a contar da data de sua assinatura, podendo ser prorrogado por até dois anos, se as partes assim o desejarem, mediante termo aditivo com antecedência mínima de 30 dias ao término de vigência, observando o prazo limite de 48 meses.

Para o diretor-superintendente do Sebrae, Moisés Pinto Gomes, “a expectativa é a melhor possível. A parceria do Sebrae com a Unitins, nesse momento em que a economia começa a se recuperar da pandemia e que precisamos de profissionais novos no mercado preparados para viver uma nova realidade que vai emergir após essa pandemia, é fundamental”.

“Os temas aqui são inovação e empreendedorismo. Com esses dois temas, precisamos olhar para frente e saber como, juntos, vamos trazer as empresas para um novo patamar de desenvolvimento. Além disso, precisamos saber como vamos entregar, para essas empresas, profissionais mais bem formados, bem como conectados com o mercado e com essa nova realidade”, explicou Moisés Pinto Gomes.

O reitor da Unitins, Augusto Rezende, destacou que “esse projeto de inovação e tecnologia é fruto de um diagnóstico que a Unitins fez há dois anos, e faz ainda mesmo com os entrantes, mostrando qual a expectativa quando se entra na universidade. Então, infelizmente tem-se a expectativa de conseguir um serviço público. E vemos que tem todo um mercado, um ambiente de prestação de serviços e negócios, que podem ser ocupados por projetos da instituição e pelos acadêmicos que se formam”.

“O objetivo é incentivar e mostrar para o acadêmico, desde o primeiro período, que o empreendedorismo é, sim, um viés de atuação profissional futuro. Se não conseguir fazer projetos de inovação, de tecnologia, que se tenha a possibilidade de saber administrar negócios comuns e convencionais, mas que se tenha incorporado que é possível ser um empreendedor”, afirmou o reitor. Carlos Bayma / Foto: Andréia Fernandes)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Tocantins

Mais nove mortes por Covid-19 são confirmadas nessa quinta, 1º, no Tocantins

Publicado

em

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que nesta quinta-feira, 01 de outubro, foram contabilizados 642 novos casos confirmados para Covid-19 e 9 óbitos.

Deste total, 149 foram registrados nas últimas 24 horas e o restante por exames coletados em dias anteriores e que tiveram seus resultados liberados na data de ontem.

Desta forma, hoje o Tocantins registra um total de 207.629 pessoas notificadas com a Covid-19 e acumula 68.606 casos confirmados da doença. Destes 52.208 pacientes estão recuperados e 15.450 estão ainda ativos (em isolamento domiciliar ou hospitalar), além de 948 óbitos.

Clique AQUI e veja o boletim detalhado.

Continue lendo

Tocantins

Tocantins tem saldo positivo de 2.040 empregos em agosto

Publicado

em

O Estado do Tocantins fechou o mês de agosto com saldo positivo de 2.040 postos de trabalho de acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) publicado nessa quarta-feira, 30.  O resultado é a diferença entre os 5.822 admitidos e 3.782 desligados no período citado.  

A gerente do Observatório do Trabalho, setor ligado ao Sistema Nacional de Emprego (Sine) e à Secretaria de Estado do Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas), Willany Bezerra, ressalta que já é o terceiro mês consecutivo em que o Estado apresenta números positivos na geração de empregos formais, o que aponta uma reação do mercado de trabalho frente à crise econômica provocado pela pandemia do novo Coronavírus. Confirmando a análise, a gerente destaca o acumulado do ano. De janeiro a agosto de 2020, houve 35.393 admissões e 34.115 demissões no Estado, com resultado de 1.278 postos de trabalho abertos. “Mais uma vez o setor da construção civil deu uma importante contribuição para o saldo positiov em nosso estado. Quando a reação da economia reflete na geração de empregos isso significa qualidade de vida para população, o que é o grande compromisso do Governo do Estado”, explica a gerente.

Ranking Nacional

Em relação aos demais estados do Brasil o Tocantins ficou em 7º lugar como o que mais gerou empregos de janeiro a agosto de 2020, são 1.278 postos, resultado de 35.393 admissões e 34.115 demissões no período considerado. Trata-se de valores absolutos.

Setores que mais empregaram

Os setores da economia que mais contribuíram para o saldo estadual positivo foram a Construção Civil com saldo positivo de 675 novos postos de trabalho aberto, seguido do Comércio, Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas, com saldo positivo de 613 postos, e em terceiro lugar o setor de Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas com saldo de 276 novos postos abertos.

Dados de Palmas

Na Capital, de acordo com o Caged de agosto, o número de contratações foi 2.240 e de desligados 1.506, gerando um resultado de 734 novos postos de empregos abertos.

O setor da economia com melhor saldo de empregos em Palmas foi Administração Pública, Defesa e Seguridade Social, Educação, Saúde Humana e Serviços Sociais, com saldo de 207 postos, seguida pelo setor de Comércio Reparação de Veículos Automotores e Motocicletas com 198 postos e Informação, Comunicação e Atividade Financeira, Imobiliária, Profissionais e Administrativas com saldo de 165. A Construção Civil fechou o mês de agosto com saldo de 106 postos de emprego na capital.

Trabalhadores têm o apoio do Sine para recolocação no mercado

Segundo o diretor do Sine Tocantins, José Alberto (Gordo), o Governo do Tocantins, por meio da Setas e Sine, tem buscado amparar os trabalhadores que perderam o emprego em consequência da pandemia do novo Coronavírus. “Temos buscado meios de continuar oferecendo nossos serviços à população. Os dados revelam que o mercado está reagindo e o trabalhador pode contar com o Sine para conseguir um novo emprego. No momento, esses serviços não podem ser presenciais, mas são disponibilizados endereços de e-mail e números de WhatsApp para que as pessoas atualizem seus cadastros e concorram às vagas disponíveis no sistema do Sine”, explica o diretor.

Diariamente, o Sine Tocantins intermedeia uma média de 300 vagas em seus nove postos no Estado. Nesta quinta-feira, 1°, são 438 vagas disponíveis no painel do Sine, sendo 84 em Palmas. Na região de Taquaralto, estão cadastradas 20 vagas; 132 em Araguaína; 62 em Paraíso; 25 em Guaraí; 36 em Porto Nacional; 52 em Gurupi; 23 em Araguatins; e 4 em Dianópolis.

Como acessar o painel de vagas do Sine

Para conferir, diariamente, a oferta de vagas nos nove postos do Sine Tocantins acesse o site da Setas https://setas.to.gov.br/vagas-de-emprego/ou as redes sociais –  Facebook @setasTo,   Instagram Setas Tocantins.

Como concorrer às vagas por aplicativo

Os trabalhadores interessados em concorrer às vagas podem se encaminhar pelo Aplicativo Sine Fácil seguindo o passo a passo no https://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facilhttps://setas.to.gov.br/trabalho/passo-a-passo-aplicativo-sine-facil

Caso o trabalhador se interesse por alguma das vagas ou deseje ver as oportunidades que se enquadram melhor em seu perfil profissional, é possível atualizar o seu cadastro e pedir a carta de encaminhamento pelos seguintes contatos.

Em Palmas, pelo WhatsApp: 3218-1957 ou e-mail: [email protected]; em Paraíso, pelo WhatsApp (63) 3602-3340 ou e-mail: [email protected]; e em Gurupi, pelo WhatsApp (63) 3351-2477 ou e-mail [email protected]

Telefones demais unidades

Taquaralto: 3218 1962, 32181936; Araguaina: 3414-3634; Araguatins: 3474-1100; Porto Nacional: 3363-2717; Guaraí: 3464-1710; Dianópolis: 3692-1628.

Lembrete

O Sine informa que não está realizando nenhum atendimento presencial em virtude das recomendações de saúde decorrentes da pandemia do novo Coronavírus. (Lara Cavalcante)

Continue lendo

Tocantins

Tocantins autoriza reabertura de parques, visitas em presídios e hospitais e mantém suspensão das aulas presenciais até 31 de outubro

Publicado

em

Diante da queda do número de casos notificados e de óbitos em razão da Covid-19, o Governo do Tocantins autorizou a reabertura de parques estaduais, o retorno das visitas à unidades prisionais e socioeducativas e nos hospitais da rede pública, e manteve, até 31 de outubro, a suspensão das aulas presenciais para os alunos dos Ensinos Médio e Superior e a jornada de 6 horas para os servidores públicos.

O Decreto nº 6.159, que traz as novas medidas, será publicado no  Diário Oficial do Estado (DOE), edição desta quarta-feira, 30. Segundo o texto, mesmo com o retorno das atividades, todos os protocolos de segurança em saúde devem ser mantidos tanto pelos entes públicos quanto pelos cidadãos.

“São medidas que visam à retomada da economia do setor do turismo que foi muito prejudicado nessa pandemia. Assim, o setor volta a gerar emprego e renda para essas comunidades. Além disso, devolvemos ao cidadão o direito de visitar quem está privado de liberdade ou de acompanhar seu ente que está internado no hospital. E, na Educação, a gente assegura aos formandos do 3º ano, o direito de concluir o ensino médio e cursar uma faculdade. Mas, é claro, sem deixar de seguir todas as medidas de segurança para evitar a propagação dessa doença. O cenário já foi mais crítico, os casos diminuíram, precisamos retomar as atividades e continuar nos cuidando”, pondera o governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse.

Aulas Presenciais

Conforme o Decreto, a suspensão das aulas presenciais continuará mantida até o dia 31 de outubro para os alunos do 3º ano do Ensino Médio e para os estudantes do Ensino Superior, tanto de instituições públicas quanto particulares. Ou seja, o retorno das aulas presenciais para os alunos do 3º ano do Ensino Médio e do Ensino Superior deve ocorrer a partir de novembro, podendo ser ofertado também na modalidade não presencial. O calendário escolar para esses alunos ainda será definido e divulgado posteriormente. Já para as demais séries, as aulas presenciais permanecerão suspensas. 

O Decreto incumbe às instituições responsáveis pela oferta desses ensinos, a responsabilidade de cumprir todos os protocolos de saúde, a serem editados pela Secretaria Estadual de Saúde, com a cooperação da Secretaria Estadual da Educação, Juventude e Esportes. Esses protocolos visam assegurar aos estudantes e servidores a segurança no ambiente educacional, quando do retorno das aulas presenciais após o término da suspensão. 

Outras medidas complementares deverão ser adotadas pelos municípios, órgãos reguladores dos sistemas de ensino e mantenedoras das instituições privadas, quanto à reorganização dos calendários escolares e o devido retorno às atividades.

Parques Estaduais

Ainda conforme o Decreto, a partir desta quarta, 30, estão permitidas as visitações turísticas aos seguintes parques estaduais: Parque Estadual do Cantão (Trilha do Cega Machado, Trilha do Ferrugem e Varjão do Murici, Trilha do Lago Rico e Trilha do Lago de Dentro); Parque Estadual do Jalapão (Cachoeira da Velha, Prainha da Cachoeira da Velha, Dunas e Trilha do Espírito Santo); Parque Estadual do Lajeado (Trilha do Mirante das Mangabeiras, Trilha do Mirante da Onça, Trilha do Brejo Comprido e Trilha da Matinha); e ao Monumento Natural das Árvores Fossilizadas (Trilha da Andradina, Trilha da Buritirana e Trilha do Neco).

Sistema prisional

O Decreto autoriza também as visitas às unidades prisionais e socioeducativas e aos hospitais da rede públicas, sendo que os protocolos e normativas para que as mesmas possam acontecer deverão ser regulamentadas, de forma individual ou conjunta, pelas Secretarias de Estado da Segurança Pública, da Cidadania e Justiça e da Saúde.

Jornada de 6 horas

Quanto à jornada de trabalho dos servidores públicos estaduais, o Decreto mantém a redução de 8 para 6 horas, também até o dia 31 de outubro, cabendo aos dirigentes dos órgãos a organização das escalas para evitar aglomeração de pessoas nas repartições públicas. 

O trabalho de forma remota continua assegurado, também até o dia 31 de outubro, para os seguintes servidores: idosos com idade igual ou superior a 60 anos; gestantes e lactantes; aqueles que mantenham sob sua guarda criança menor de um ano; e portadores de doenças respiratórias crônicas, cardiopatias, diabetes, hipertensão ou outras afecções que deprimam o sistema imunológico.

Revogação

Algumas medidas previstas anteriormente foram revogadas como a vedação da circulação do transporte coletivo urbano e rural e intermunicipal de passageiros, público e privado, que exceda a metade da capacidade de usuários sentados; e o afastamento do trabalho quando em regresso de viagem. (Vania Machado)

Continue lendo
publicidade Bronze