Connect with us

Bico do Papagaio

Veja quem são os biquenses envolvidos na Operação Vicinalis da PF

Publicado

em

Os delegados da Polícia Federal de Araguaína Orlando Neves e Tarcísio Júnior Moreira em entrevista sobre a Operação Vicinalis, deram detalhes do suposto esquema de fraude em licitação na Prefeitura de Piraquê. Ao todo, nove pessoas foram alvos de condução coercitiva, incluindo o prefeito Eduardo Santos Sobrinho, servidores e o dono de uma construtora.

Entre os conduzidos para depoimento estão o araguatinense Elienvan Marques dos Santos e o saobentense Wanderley Claudino Milhomem.

A obra suspeita é uma estrada vicinal na Zona Rural de Piraqê, com 6 km de extensão. O valor do contrato firmado em 2015 entre o município e a construtora WMC é R$ 108 mil, com recursos do Tesouro Estadual. A investigação da PF aponta que a licitação (carta-convite) foi direcionada e há suspeita que o ‘pregão’ ocorreu após a assinatura do contrato.

O que foi constatado que não foi feito o devido procedimento licitatório. A obra teria sido feita por uma empresa sem ter o devido processo licitatório. O processo em si teria sido montado após a execução da obra. Se houve a execução da obra, o que ainda está sendo levantado” revelou delegado da PF, Orlando Neves.

Ele ainda apontou evidências de fraude na licitação, especificamente nas propostas apresentadas pelas três empresas concorrentes, que constavam os mesmos erros técnicos. “No processo encaminhado para [a PF] estava lá as mesmas propostas, os mesmo erros técnicos de soma. Estava tudo igual. O que demonstra o direcionamento da licitação. Só mudava o cabeçalho com o nome da empresa”.

Já delegado da PF, Tarcísio Júnior, observou outra descoberta intrigante sobre a Comissão de Licitação. “Segundo as investigações, a comissão não participava ativamente do procedimento. O procedimento era entregue aos membros, os quais somente assinavam, sem ler o que estava constado nos documentos”. Revela o delegado Tarcísio.

Ele ainda ressaltou que a PF desconfia da execução da obra. “A empresa vencedora não tinha condições operacionais de executar a obra. Levanta-se a suspeita de que ela não executou a obra, somente recebeu o recurso, desviando para terceiros. (…) Esse aí [ execução da obra] paira dúvidas. Como a estrada é vicinal, de cascalho, não ficou claro se foi essa empresa que executou. Se foi a prefeitura, se foi dessa gestão ou gestão passada”, disse o delegado Tarcísio.

Pagamento antecipado

O delegado Orlando ainda apontou outros indícios de irregularidade na forma de pagamento, que teria sido feito quase em sua totalidade, antecipadamente. “O que salta aos olhos é o seguinte: o contrato foi assinado num dia e 11 dias após já foi pago R$ 100 mil [92% do valor total]. Quer dizer, não houve uma fiscalização para ver se realmente foi feito. Não houve uma vistoria” explicou Orlando, delegado da PF em Araguaína. E o delegado Tarcísio complementou. “Não consta no processo as medições, a constatação de que a obra foi realizada. (…) Então, foi paga sem a comprovação.”

Manual da licitação

Outro ponto que chamou a atenção da PF foi uma espécie de manual com orientações sobre a licitação. “Tinha uma espécie de guia que orientava os responsáveis pela licitação a regularizar o procedimento. Como montar o processo, paginar, assinar.” Frisou Tarcísio.

Segundo a PF, a construtora W.M.C não tem sede e funciona em um posto de combustível em São Bento. O proprietário é Wanderley Claudino Milhomem. Segundo a PF, a descoberta do suposto esquema ocorreu após alguém entregar uma mochila com a denúncia no Ministério Público Federal em Palmas. Nesta havia todos os documentos, que comprovariam a fraude. (Com informações de Araguaína Notícias)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Justiça Eleitoral reforma decisão e defere candidatura de Cláudio Santana

Publicado

em

No final da tarde desta quinta, 22, o juiz eleitoral, José Carlos Tajra Reis Júnior, deu provimento aos Embargos de Declaração, pedindo revisão de decisão que havia indeferido a candidatura de Cláudio Santana (MDB), a prefeito de Araguatins, pela Coligação “Juntos Por Araguatins”.

Na origem, Cláudio Santana teve o seu registro de candidatura indeferido, em razão de contas, relativas ao exercício de cargo público, julgadas irregulares pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE), no Acórdão nº 993/2017 – TCE/TO, publicado no BO nº 1983 em 15/12/2017, em razão da Prestação de Contas de Ordenador de 2011, quando presidia a Câmara Municipal de Araguatins.

Publicada a sentença, em 15 de outubro de 2020, Cláudio manejou Embargos de Declaração, com pedido de efeitos infringentes, alegando que “na data de 14/10/2020, dia anterior à disponibilização da sentença ora embargada, o Tribunal de Contas do Estado do Tocantins, deu provimento à Ação de Revisão proposta pelo Embargante, reformando o Acórdão nº 993/2017 – TCE/TO, julgando as contas de ordenador do Embargante na condição de Presidente da Câmara regulares com ressalva”.

O Ministério Público Eleitoral também havia se pronunciado pelo deferimento após a apresentação dos Embargos.

Agora, a candidatura de Cláudio a reeleição está deferida. Clique AQUI e veja a decisão completa.

Continue lendo

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Patrícia Evelin irá inaugurar comitê de campanha nesta quinta, 22

Publicado

em

A Prefeita Patrícia Evelin (Democratas), o candidato a vice-prefeito Dr. Fidélis, os candidatos a vereadores da coligação “Pra frente Xambioá”, dos partidos Democratas, PSL e Podemos, irão realizar a inauguração do seu comitê de campanha nesta quinta-feira, 22, em Xambioá.

A Prefeita Patrícia Evelin é candidata a reeleição para governar o Município por mais quatro anos, dessa vez ao lado do advogado militante em Xambioá, vereador pelo sexto mandato e presidente da Câmara pela segunda vez, Raimundo Fidélis (Podemos).

O comitê atenderá ao público na avenida Presidente Juscelino, no centro de Xambioá na praça do Mercado Municipal Antônio Alves de Sousa, a partir das 17h, logo após será realizada uma reunião no Assentamento Recanto, às 19h.

A Prefeita Patrícia Evelin, nasceu em Xambioá, é filha do ex-prefeito de Xambioá Francisco Evelin e da ex-vereador de Xambioá, Fátima Matos Câmara, reside em Xambioá desde que nasceu, foi eleita em 2016 com 3.084 votos.

Continue lendo

Bico do Papagaio

SAMPAIO: Pesquisa Qualiquanti Gauss, Armindo lidera com 60,83%

Publicado

em

Pesquisa do instituto Qualiquanti Gauss aponta que o candidato Armindo Cayres (SD), lidera a disputa a prefeito de Sampaio, com 60,83% das intenções de votos.

Em seguida está a candidata do MDB, Maria Marques com 29,17%. Juvenil Almeida (PSB) e Coracy de Melo (PT), tem 2,5% cada.

Não Sabe/Não Opinou somaram 5%. Já brancos, nulos ou nenhum 0%.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número de identificação TO-05793/2020. Foram entrevistadas 120 pessoas, no dia 14 de outubro.

A margem de erro é de 3,5% (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%.

Pesquisa estimulada

Armindo Cayres (SD) – 60,83%

Maria Marques – 29,17%

Juvenil Almeida (PSB) – 2,5%

Coracy de Melo (PT) – 2,5%

Não Sabe/Não Opinou – 5%.

Brancos, nulos ou nenhum – 0%

Pesquisa espontânea

Armindo Cayres (SD) – 57,50%

Maria Marques – 27,50%

Juvenil Almeida (PSB) – 2,5%

Coracy de Melo (PT) – 2,5%

Não Sabe/Não Opinou – 10%.

Rejeição

Maria Marques – 27,50%

Coracy de Melo (PT) – 20,83%

Armindo Cayres (SD) – 17,50%

Juvenil Almeida (PSB) – 15,83%

Não Sabe/Não Opinou – 17,50%

Nenhum desses – 0,83%

Continue lendo
publicidade Bronze