- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quarta-feira, 17 / agosto / 2022
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_img
Array

Vice-governador participa de reunião com Dilma Rousseff em Aracaju

Mais Lidas

O vice-governador Washington Luiz Oliveira participou nesta segunda-feira (23), em Aracaju (SE), da Reunião de Governadores do Nordeste, com presença da presidenta da República, Dilma Rousseff. No encontro, que aconteceu no Palácio Museu Olímpio Campos, ele abordou três temas estratégicos para o Maranhão: a inclusão do estado na área do semi-árido nordestino; o trabalho para minimizar a perda da produção agrícola por causa da falta de chuvas em algumas regiões e as ações de combate à pobreza extrema.

“Tratei sobre temas importantes para o desenvolvimento do nosso estado. Esse é um momento de suma importância para o Nordeste, pois Estados e União, mais uma vez, se unem em busca de um projeto comum de combate à seca que assola a região”, destacou Washington Luiz. O encontro teve como pauta o diagnóstico de áreas afetadas pela seca e as respectivas ações emergenciais e estruturais.

Washington Luiz defendeu que áreas do Maranhão sejam reconhecidas como sendo do semi-árido no âmbito dos Ministérios do Meio Ambiente e da Integração Nacional. Ele relatou à presidenta que um estudo realizado pela Universidade Estadual do Maranhão (Uema) comprovou que os municípios de Barão de Grajaú, Barra do Corda, Loreto e Grajaú reúnem características que os classificam como pertencentes ao semi-árido.

“Reforço que o Governo do Estado, por meio de pesquisas e estudos técnicos, já comprovou que o Maranhão deve integrar o semi-árido. Espera, agora, contar com o apoio do Governo Federal. Com a inclusão, ganha o Maranhão e, principalmente, os maranhenses, com ações voltadas para melhorar a qualidade de quem vive nessas regiões”, declarou.

O vice-governador também destacou os números parciais da safra 2011/2012 no Maranhão, segundo os quais na Regional de Barra do Corda, os pequenos produtores registraram perda de 50% a 80% na lavoura de milho e arroz. A perda é consequência da irregularidade do período de chuvas na região.

Também falou das ações que estão sendo desenvolvidas pelo Governo do Estado para a erradicação da pobreza extrema e disse que o estado está aberto a novas parcerias com a União. “Fiquei bastante satisfeito porque, depois do meu relato, a presidenta disse para continuarmos trabalhando porque o Maranhão receberá mais ações do governo federal, intensificando, assim, o trabalho que já vem sendo feito no combate à pobreza extrema”, afirmou.

Além de Washington Luiz, participaram do encontro com a presidenta Dilma Rousseff os governadores Marcelo Déda (Sergipe), Cid Gomes (Ceará), Wilson Martins (Piauí), Jacques Wagner (Bahia), Rosalba Rosado (Rio Grande do Norte), Teotonio Vilela Filho (Alagoas) e Eduardo Campos (Pernambuco). Também presentes os ministros Edison Lobão (Minas e Energia), Teresa Campelo (Desenvolvimento Social e Combate à Fome), Mirian Belchior (Planejamento, Orçamento e Gestão), Pepe Vargas (Desenvolvimento Agrário) e Fernando Bezerra (Integração Nacional), além Graça Foster, presidente da Petrobras, entre outras autoridades.

- Publicidade -spot_img
Assinar
Notificar-me
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
- Publicidade -spot_img
- Publicidade -spot_img

Últimas Notícias