Connect with us

Bico do Papagaio

Visitadores biquenses do Programa Criança Feliz passam por capacitação até sexta-feira, 8

Publicado

em

Voltada para supervisores e coordenadores municipais, teve início na manhã desta segunda-feira, 4, no espaço da UniCesumar, em Palmas, a segunda etapa da Capacitação do Programa Criança Feliz (PCF), com o objetivo de discutir a metodologia do planejamento e realização da visita domiciliar adotada pelo Programa “Cuidados para o Desenvolvimento da Criança (CDC)”.

“Esta etapa da capacitação tratará, entre outros assuntos, da postura do visitador frente às famílias e crianças, porém ela é especifica para coordenadores e supervisores porque é de competência deles multiplicar essas informações aos visitadores em seus municípios”, disse a coordenadora estadual do Programa, Katilvânia Guedes, complementando que “os supervisores e coordenadores já sairão daqui com um cronograma de execução do treinamento que deverá ser oportunizado aos seus visitadores, uma vez que essas informações são essenciais para garantir a autonomia e competência necessárias à melhoria na qualidade da execução dessas visitas”.

Capacitação

A capacitação ministrada pela equipe de multiplicadores estaduais da Secretaria do Trabalho e Assistência Social (Setas) atenderá os municípios em quatro turmas; sendo duas turmas de hoje, 4, até o meio-dia do dia 6, e as outras duas turmas das 14h às 17h30 do dia 6, e das 8 às 17h30 nos dias 7 e 8 de dezembro, correspondendo a uma carga horária de 20 horas.

“Sabemos que o Programa exige preparo dos visitadores para interagir de forma padronizada sendo, porém necessário estarmos atentos às diferenças existentes em cada grupo familiar”, disse Josiane Ribeiro Brandão, coordenadora e supervisora do PCF em Goianorte, que conta com uma equipe atuando nas visitas desde agosto e que espera ao final dessa capacitação melhorar a qualidade nessa interação.

Bianca Cristina Martins, coordenadora do PCF na cidade de Caseara, a 260Km de Palmas, acredita que a capacitação venha responder a algumas dúvidas ainda existentes no que abrange as visitas. “Ainda temos algumas dificuldades com relação à prática das visitas, mas acredito que sairemos daqui com as respostas a serem repassadas a nosso grupo de visitadores, e que a partir dessas informações estaremos mais qualificados para atuar com as famílias”, aponta ela.

Cidades em capacitação

(Dias 4 e 5, das 8h às 17h30/dia 6, de 8h às 12h)

Turma 1 – Augustinópolis, Buriti;

Turma 2 – Palmeiras;

(Dia 6, de 14h às 17h30/dias 7 e 8, de 8h às 17h30)

Turma 1 – Aguiarnópolis, Axixá, Carrasco Bonito, Itaguatins, Nazaré, Praia Norte e Sítio Novo;

Turma 2 – Riachinho, Sampaio, São Bento, São Miguel, Tocantinópolis e Wanderlândia.

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Paulinho lidera disputa pela Prefeitura com 61,6%

Publicado

em

Segundo pesquisa Instituto Skala divulgada nesta sexta, 23, aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o cargo de prefeito de Tocantinópolis, segundo maior Colégio Eleitoral do Bico do Papagaio, nas Eleições 2020.

Na pergunta direcionada, onde aparece o nome dos candidatos a prefeito, o resultado foi o seguinte:

Paulinho (PSD) – 61,6%

Salomão Barros (SD) – 19,2%

Não sabe – 11,2%

Nenhum – 8%

Na espontânea, onde o nome dos candidatos a prefeito não é lembrado ao entrevistado, o resultado ficou assim:

Paulinho (PSD) – 54,4%

Salomão Barros (SD) – 14,8%

Não opinaram – 30,8%

Perguntado aos eleitores, em qual dos candidatos eles não votariam de jeito nenhum, ficou assim:

Salomão Barros (SD) – 18,8%

Paulinho (PSD) – 9,6%

Não rejeitam nenhum – 63,2

Não opinaram – 8,4%

Sobre a pesquisa

Período de realização: de 15 a 16 de outubro de 2020

Margem de erro: 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos, sobre os resultados obtidos em um intervalo de confiança de 95%.

Número de entrevistas: 250

Número do registro: TO-00900/2020

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Mais de 70% da população diz aprovar gestão de Paulinho

Publicado

em

A pesquisa Skala divulgada nesta sexta, dia 23, mostra que 70,4% da população de Tocantinópolis, segundo maior município do Bico do Papagaio, aprova a gestão do prefeito Paulo Gomes, o Paulinho (PSD).

15,6% dos tocantinopolinos reprovam a administração e 14% não souberam responder.

O levantamento foi feito entre os dias 15 e 16 de outubro, com 250 entrevistados, que também foram ouvidos sobre o processo eleitoral deste ano. Na pesquisa direcionada, Paulinho alcançou 61,6%, contra 19,2% de Salomão Barros (SD). 11,2% não souberam responder e 8% em nenhum.

A margem de erro da pesquisa é de 3,5 pontos percentuais, para mais ou para menos e a confiança de 95%.

A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com número: TO-00900/2020.

Continue lendo

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Rocha Miranda diz que vai fazer pista de caminhada da Avenida Castelo Branco

Publicado

em

Quem se aventura fazer caminhada pelas avenidas de Araguatins, sem dúvidas já correu algum risco. Na principal pista, Avenida Castelo Branco, as pessoas disputam espaço com carros e motos. O candidato a prefeito Rocha Miranda (PTB), disse estar comprometido a mudar essa realidade, construindo uma via segura para todos e uma academia popular, caso seja eleito.

O candidato disse ainda que pretende dar início das obras já no primeiro dia de mandato.

A estudante Layse Almeida, ressalta a importância de um governo democratizar o acesso a exercícios, principalmente quando todos precisam de saúde. “Estamos vivendo um momento onde todos precisam se cuidar, ter mais saúde e qualidade de vida. A caminhada é um exercício que todo mundo pode fazer. É muito importante termos um lugar para fazer isso. Na br e nas ruas é perigoso estarmos caminhando”, explica ela.

Para o candidato Rocha, as pessoas não precisarão mais se submeter a situações de risco, tal como a citada por Layse. A meta é clara: “desenvolver a cidade e proporcionar melhor qualidade de vida para o povo”, afirma ele.

Continue lendo
publicidade Bronze