Foto da Unidade consumidora adulterada pelo suspeito

A Polícia Civil do Tocantins, por intermédio 22ª Delegacia de Polícia Civil de Xambioá, com apoio da Polícia Militar prendeu em flagrante delito na tarde desta sexta-feira, 8, um empresário da cidade identificado pelas iniciais João Bosco Lopes da Silva, de 60 anos de idade, pelo crime de furto de energia elétrica.

De acordo com o delegado José Antônio da Silva Gomes, responsável pelo caso, a polícia civil foi acionada quando técnicos de fiscalização da companhia de energia elétrica estiveram no estabelecimento comercial do autuado e constataram que havia a estratégia de furto de energia, conhecida como “gato” e que o homem estaria consumindo energia elétrica sem pagar. Ao perceber a chegada dos policiais, o indivíduo teria se retirado do local.

Desse modo, os policiais fizeram diligências pela cidade e conseguiram localizar o paradeiro do suspeito, o qual foi preso e apresentado a Autoridade Policial. Um funcionário da empresa Energisa relatou que o suspeito furtava energia da rede através de um fio de telefone ligado ao fio da lâmpada de iluminação pública.

O fio levava energia elétrica para o estabelecimento comercial, sem passar pelo relógio medidor, de forma que ficou bem evidenciado a conduta delitiva. A perícia foi acionada e realizou os exames periciais, cujo laudo será disponibilizado ao Juiz Criminal. O autuado pagou fiança de pouco mais de R$ 3.000,00 e foi colocado em liberdade através de alvará de soltura.

A Polícia Civil reitera seu compromisso com a Sociedade Tocantinense e continuará empreendendo todos os esforços para que os investigados recebam do Poder Judiciário as sanções previstas na Lei.Sugestão de legenda. (Rogério de Oliveira)

- Publicidade -

FAÇA UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.