Connect with us

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Hospital Regional conta com nova sala de raio X

Publicado

em

Nova sala de raio x- Divulgaçao
O Hospital Regional de Xambioá (HRX) está contando com uma nova sala de raio X, serviço essencial para melhorar a qualidade na prestação de serviços de saúde à comunidade. Com a ampliação do espaço, a expectativa é de que os serviços tenham mais agilidade e atendam a um número cada vez maior de usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Na unidade, são realizados uma média de 100 atendimentos por mês.
Segundo o diretor geral da unidade, Ramon Barros Rocha, com o espaço ainda maior, o atendimento será mais rápido e com mais qualidade. “Inicialmente estamos fazendo o atendimento de urgência e emergência, mas logo ampliaremos para fazer o atendimento ambulatorial, atendendo aos municípios da nossa área de referência. Sempre estamos buscando melhorias, como no caso da sala de raio X  e agora da pintura externa e interna da nossa unidade. Nossa meta é ampliar enfermaria também”, reforçou.
Sala de raio X- Xambioá- Divulgação
O Hospital Regional de Xambioá é uma unidade de Porte I, situada no Bico do Papagaio. O hospital atende a pacientes de urgência e emergência e conta com clínicas médica, cirúrgica, serviços ambulatoriais, ultrassonografia, raio x, clínica médica, serviço social, odontologia, fisioterapia, psicologia, nutrição, serviço social e outros.
A unidade possui 52 leitos e é referência para pacientes dos municípios de Araguanã, Carmolândia, Piraquê, Wanderlândia, Darcinópolis, Angico, Cachoeirinha, Ananás e Araguaína, além de cidades do Pará, como São Geraldo, Piçarra e outras. (Aldenes Lima)
publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

ARAGUATINS: Adolescente confessa assassinato na Ilha de São Vicente e diz que crime foi ritual de facção criminosa

Publicado

em

A Polícia Civil do Tocantins, por meio de uma ação conjunta com a Polícia Militar, deflagrou, nesta quarta-feira, 2, em Araguatins a operação “Linha de frente”. O objetivo foi dar cumprimento a um mandado de internação de um adolescente de 17 anos de idade, que é suspeito de ser o autor de vários atos infracionais análogos a tráfico de drogas, e furtos a residências.

Coordenada pelo delegado-chefe da 1ª Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Vulneráveis (1ª DEAM-V) de Araguatins, Eduardo Morais Artiaga, a operação Linha de Frente deflagrada nesta quarta-feira já estava sendo realizada pelas equipes da unidade especializada há algumas semanas devido aos fortes indícios levantados e que apontavam o adolescente infrator com sendo o autor dos atos infracionais mencionados.  Desse modo, foi representado junto ao Poder Judiciário por sua internação, sendo que o pedido da Polícia Civil foi deferido e autorizado pelo Juízo da Vara da Família, Sucessões e da Infância e Adolescência de Araguatins.   

A autoridade policial asseverou que na ocasião da apreensão foi localizado em poder do menor seis envelopes de cocaína, seis envelopes de crack, mais uma porção de cocaína que seria fracionada, além da quantia de R$ 395 reais, em dinheiro oriundo da comercialização de entorpecentes. Ao ser ouvido pela autoridade policial, o adolescente confessou que também é o autor do homicídio do corpo encontrado no dia 17 de novembro de 2020, na Ilha São Vicente, no município de Araguatins, cadáver que encontrava-se em avançado estado de decomposição.

Apurou-se ainda que o homicídio foi motivado em virtude do batizado do referido adolescente em uma facção criminosa, que tem suas lideranças na capital maranhense e ramificações em Imperatriz-MA. Após a realização das providências legais cabíveis, o menor será recolhido ao um dos centros de Internação para Menores Infratores do Estado.

O delegado Eduardo Artiaga esclarece que a operação teve origem devido ao grande fluxo de processos envolvendo menores em Araguatins, sendo que, com o caso de hoje, sobe para cinco o número de adolescentes infratores apreendidos pela Polícia Civil na cidade. (Rogério de Oliveira)

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: Biz é roubada e colocada a venda em site de Campestre-MA

Publicado

em

Uma motocicleta que havia sido roubada de uma mulher na cidade de Tocantinópolis no dia 14 de novembro de 2020 foi recuperada nesta quarta-feira, dia 20.

O resgate do veículo foi possível após ação conjunta de investigação policial deflagrada pela Polícia Civil do Tocantins, por intermédio da 20ª Delegacia de Tocantinópolis, com apoio da Polícia Militar do Maranhão. 

De acordo com o delegado Tiago Daniel de Morais, logo após o crime, os policiais civis da 20ª DP iniciaram as investigações e após alguns dias descobriram que o veículo tinha sido colocado a venda em um site na internet, na cidade de Campestre – MA.

Dessa maneira, a autoridade policial solicitou apoio da Polícia Militar da cidade de Porto Franco, também no Maranhão, a qual descobriu o paradeiro da moto e fez a apreensão da mesma.

Desse modo, o veículo foi trazido de volta para a cidade de Tocantinópolis, onde após ser periciado, foi restituído a sua verdadeira proprietária. O indivíduo que estava de posse do bem foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Porto Franco, onde assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência pelo crime de receptação. As investigações continuam para que a Polícia Civil possa identificar os autores do crime e realizar as prisões dos mesmos.

O crime

Na noite do dia 14 de novembro, a vítima que está grávida de oito meses, foi abordada por dois indivíduos armados enquanto conduzia sua motocicleta Honda Biz, por uma das ruas de Tocantinópolis. Sob ameaças de morte, a mulher foi obrigada a descer da moto que então foi ocupada por um dos suspeitos, que fugiu com o bem para o Estado do Maranhão. (Rogério de Oliveira)

Continue lendo

Bico do Papagaio

Axixá e São Bento tem mortes por Covid-19 confirmadas

Publicado

em

Mais duas mortes por Covid-19, no Bico do Papagaio, foram oficializadas pela Secretaria de Estado da Saúde, por meio de seu Boletim Epidemiológico, nesta quarta, dia 2. Os óbitos foram em Axixá, ocorrida em 19 de julho e em São Bento, no último dia 24 de novembro.

A vítima de Axixá, foi uma mulher de 77 anos, sem comorbidades. Ela morreu no Hospital INCOR Santa Mônica, na cidade de Imperatriz, na região Tocantina, estado do Maranhão.

Já a vítima de São Bento, também era mulher, de 33 anos, com hipertensão. Ela faleceu no Hospital Regional de Augustinópolis.

Continue lendo
publicidade Bronze