Connect with us

Bico do Papagaio

XAMBIOÁ: Trinca é presa por tráfico de drogas

Publicado

em

Policiais Civis da Delegacia de Xambioá, no Bico do Papagaio, coordenados pelo delegado José Antônio da Silva, efetuaram, na sexta-feira (28), naquele município, as prisões em flagrante de três indivíduos, de iniciais M.N, de 18 anos, D.A.A, também de dezoito anos, e M.B.L, de 53 anos de idade, suspeitos de tráfico de drogas e associação para o tráfico. Na mesma ação, os policiais também desarticularam um ponto de venda de drogas que funcionava em uma residência, alugada por M.B.L.

Conforme o delegado José Antônio, a ação foi deflagrada depois que os policiais civis receberam, logo pela manhã, denúncias anônimas de que indivíduos estariam utilizando uma residência localizada no Bairro Jardim Malinsk, para efetuar a comercialização de entorpecentes. Com base nas informações obtidas, os policiais civis foram até o local, onde flagraram M. N, M. B. L e D. A. A, os quais estavam portando mais de 400 gramas de maconha, sendo que parte da droga já estava fracionada, embalada e pronta para a venda. Duarante ação, a Polícia Civil ainda identificou um usuário de drogas chegando ao local para adquirir entorpecentes, confirmando o uso da residência como “boca de fumo”.

Depois de presos, os três homens foram conduzidos à Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguaína, onde foram autuados pelos crimes de tráficos de drogas e associação para o tráfico. Após a realização das providências legais cabíveis, os três indivíduos foram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA), onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. (Rogério de Oliveira)

publicidade
FAÇA UM COMENTÁRIO
Atenção: Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do Jornal. Se achar algo que viole ou fira sua honra pessoal, envie para o email: [email protected] que iremos analisar.
Faça um comentário

Bico do Papagaio

AUGUSTINÓPOLIS: Com modelo de parceria inovador, Complexo de Delegacias começa a ser construído

Publicado

em

Foi iniciada em Augustinópolis, no Bico do Papagaio, as obras para construção do Complexo de Delegacias da Polícia Civil.

A obra é resultado de parceria envolvendo órgãos do Poder Executivo, Legislativo e Judiciário, local e estadual.

O projeto começou a ser rascunhado no final de 2018. No início de 2019, a Prefeitura Municipal realizou a doação da área para construção. Já no final de 2019, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Helvécio de Brito Maia Neto, se reuniu com os deputados estaduais para tratar da construção do Complexo de Delegacias da Polícia Civil e solicitar a destinação de recursos para a obra.

O Complexo de Delegacias da Polícia Civil de Augustinópolis vai abrigar a 12ª Delegacia de Polícia Civil, a 13ª Delegacia de Polícia Civil e a 2ª Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher e Vulneráveis (Deamv);

A licitação para construção do Complexo não teve previsão de lucro (BDI), sendo que a empresa vencedora vai realizar a construção da obra pública apenas e tão-somente com fins sociais. No valor da obra, foram descontados os valores referentes à utilização parcial da mão de obra voluntária dos presos, tendo como contrapartida o direito à remissão de pena, em observância aos fins educativos, produtivos e ressocializadores do trabalho.

Essa será a primeira Delegacia de Polícia Civil do Tocantins construída com essa forma de convênio entre a Polícia Civil e os outros poderes, instituições e particulares.

Continue lendo

Bico do Papagaio

Fiscais de trânsito fazem protestos no Bico

Publicado

em

Profissionais do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), realizam no Bico do Papagaio, n amanhã desta segunda, 19, um protesto encabeçado por fiscais de trânsito, nas cidades de Araguatins e Augustinópolis, além de outras dez espalhadas por outras regiões do estado.

Eles cobram respostas do órgão quanto às reivindicações da categoria feitas à gestão a cerca de seis meses.

Os fiscais querem a criação de uma escala de trabalho, pagamento de gratificação por periculosidade e redaft (Ressarcimento de despesas juntamente com o salário). A categoria reclama que os ficais fazem muitas viagens por mês e que para isso recebem diárias que levam até dois meses para serem pagas pela gestão, o que dificulta e muito a vida dos servidores.

A reivindicação já foi feita, via ofício, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Estaduais (SISEPE-TO), a cerca de seis meses, mas até o momento, segundo alegam os manifestantes, nenhuma resposta foi dado pela gestão estadual sobre o assunto.

Continue lendo

Bico do Papagaio

TOCANTINÓPOLIS: 5ª CIPM divulga balanço de ações dos últimos nove meses

Publicado

em

Nesta segunda-feira, 19,, o comandante da 5ª Companhia Independente da Polícia Militar, major PM Dernivaldo da Costa Tirello, apresentou os resultados das ações desempenhadas nos últimos noves em que está à frente da Unidade. A 5ª CIPM, sediada em Tocantinópolis, norte do Estado, é responsável por mais nove municípios, onde alguns fazem fronteira com outros Estados.

A divulgação dos dados e comparativos é uma maneira que a instituição policial militar tem para mostrar a sociedade em geral os trabalhos desenvolvidos no âmbito das unidades no que concerne a prevenção, dissuasão e repressão aos diversos delitos, objetivando melhorar a prestação de serviço à comunidade.

Como resultado da crise de saúde que a sociedade atravessa, em função da pandemia, houve o aumento da ocorrência de alguns delitos, com destaque para os crimes previstos na lei 11.340/06, lei Maria da Penha, em que policiais militares da unidade atenderam diversos casos de crimes contra a mulher, realizando a prisão dos autores.

Confrontando os atendimentos do ano de 2019 com os de 2020, nesses noves meses, o empenho dos militares no policiamento ostensivo e preventivo, resultou em uma expressiva redução de 45% nos crimes contra o patrimônio, principalmente dos delitos de roubo e furto. A Polícia Militar também retirou de circulação um total de 19 armas de fogo e/ou armas brancas nesse período, procedendo ainda mais de 86 prisões de criminosos pegos em flagrantes ou com mandado de prisão em aberto. Foram lavrados mais de 50 termos circunstanciados de ocorrências, tornando mais célere o acesso dos cidadãos à justiça. Outros dados que merecem destaque são: a apreensão de 60 gramas de drogas, a recuperação de nove veículos com registros de furto ou roubo e o atendimento de mais de 650 solicitações através do 190.

O Comandante da Unidade agradece a dedicação dos militares no cumprimento dos seus deveres, e destaca que o alcance dos resultados é creditado a cada um dos policiais da UPM, ressaltando ainda que a participação da sociedade, através de denúncias e o encaminhamento de sugestões, é de suma importância para melhoraria da segurança pública local.

Continue lendo
publicidade Bronze