- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sábado, 22 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ALTAMIRA: Hospital de Castelo dos Sonhos é referência para moradores às margens das rodovias BR-230 e BR-163

Mais Lidas

Há alguns dias, a pequena Ana Carolyna Santos Ramos, de 8 anos, que mora no Distrito de Cachoeira da Serra, em Altamira, área de integração do Xingu, se sentiu mal e precisou de atendimento médico. Foi então que a mãe procurou os serviços do Hospital Geral Público de Castelo dos Sonhos João Trevisan Sobrinho (HGPCS), que fica a 40 quilômetros de onde elas moram.

“Ela estava com 39 graus de febre e lá em Cachoeira da Serra não tinha médico no horário da noite, quando ela passou mal. Então, as enfermeiras acharam melhor a gente vir para o hospital. E hoje posso dizer que a melhor coisa foi este Hospital em Castelo dos Sonhos, porque antes a gente tinha que ir para outra cidade para conseguir atendimento. Para chegar aqui, nós levamos uns 30 minutos de carro, no máximo”, contou Joiane da Costa Santos, mãe de Ana Carolyna.

Antes da inauguração do HGPCS, em 2020, os moradores do distrito de Castelo dos Sonhos e das localidades próximas buscavam assistência em saúde no município de Novo Progresso ou mesmo em cidades do Estado do Mato Grosso, que ficam cerca de 200 quilômetros de distância da região.

Além da proximidade, o atendimento humanizado oferecido no hospital, também é um diferencial da unidade. “A equipe atende muito bem os pacientes, principalmente com ela, que é criança”, aprovou Joiane.

Quem também aprovou o atendimento recebido foi o seu Alquino Pinto Filho, de 67 anos. Ele sofreu um acidente de moto e também foi atendido na unidade. Seu Anlquino precisou ser operado no hospital e aguarda um procedimento para a retirada de pinos da região da perna. Para ele, o atendimento do HGPCS é excelente.

“O atendimento é bom demais. Já fiz exames, Raio-x várias vezes, estou internado e vou para outra cirurgia. Eu prefiro sempre vir aqui. Antigamente a gente tinha que ir até Novo Progresso, agora todos estão vindo para cá”, destacou.

HGPCS – O Hospital Geral de Castelo dos Sonhos é referência em atendimentos de baixa complexidade e trouxe melhorias na área da saúde, facilitando o acesso aos serviços médicos para a população que vive à margem das rodovias BR-230 (Transamazônica) e BR-163 (Santarém-Cuiabá).   

A unidade conta com 34 leitos operacionais e não operacionais e oferta consultas, cirurgias, exames e outros atendimentos em sete especialidades médicas: Cirurgia Geral, Ortopedia e Traumatologia, Ginecologia e Obstetrícia, Pediatria, Anestesiologia, Cardiologia e Clínica Médica.

“Antes do hospital começar a funcionar, nós não tínhamos uma rede de cobertura de cirurgias. Então, o HGPCS dá esse amparo aos moradores de Castelo dos Sonhos, Novo Progresso, Cachoeira da Serra. Não havia referenciação para o serviço de pronto-atendimento, ambulatório, exames. Nós damos essa cobertura, sobretudo na questão cirúrgica, então as pessoas não precisam se deslocar para outras cidades. Então, isso é muito bom. Eu acredito que a população enxerga o hospital com bons olhos, porque trouxe essa assistência até eles”, explicou o enfermeiro Thiago Pessoa, supervisor do centro cirúrgico que trabalha na unidade desde 2021.

“O Hospital é, sem dúvida, muito valioso para toda a população do sudoeste paraense. Apesar de ser um hospital novo, milhares de pessoas que vivem longe dos grandes centros já foram beneficiadas pelos nossos serviços. Isso traz uma alegria muito grande a todos os profissionais que trabalham dia após dia aqui na unidade para oferecer uma saúde de qualidade a quem nos procura”, comemorou o diretor-técnico da unidade, Douglas Rosa do Nascimento.

Serviço: O HGPCS foi inaugurado no dia 17 de julho de 2020 e funcionou inicialmente como Hospital de Campanha para a Covid-19. Em setembro daquele ano, a unidade começou a atender serviços ambulatoriais e, em janeiro de 2021, deu início à realização de cirurgias.

A unidade pertence ao governo estadual e tem a administração do Instituto Social Mais Saúde (ISMS), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa). A unidade tem atendimento de Emergência e Ambulatorial e ocorre de forma referenciada, encaminhado ao Hospital por meio da Regulação Estadual, Samu, Corpo de Bombeiro e Polícia Rodoviária e Militar.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias