- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 24 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUATINS: Babá é presa suspeita de abuso sexual

Mais Lidas

Na manhã desta segunda-feira, 30, a Polícia Civil do Tocantins (PC-TO) deflagrou uma ação de combate aos crimes praticados contra a dignidade de crianças e adolescentes e deu cumprimento a mandado de prisão preventiva em desfavor de uma mulher de 18 anos, a qual é suspeita de abusar sexualmente de uma criança de apenas sete anos. 

Coordenada pelo delegado Eduardo Morais Artiaga, a ação foi realizada pela 1ª Delegacia Especializada em Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV – Araguatins), depois que investigações realizadas pela unidade especializada revelaram que a investigada teria abusado da vítima quando era responsável pelos cuidados da criança, trabalhando como sua babá.

“Por ser babá, a investigada tinha convívio muito próximo com a criança, tendo permissão para realizar a higiene íntima da criança e os demais cuidados necessários para com a vítima”, disse o delegado. A autoridade policial relata ainda que os fatos só vieram à tona após a criança se queixar de dores nas partes íntimas para os familiares, ocasião em que a mãe acionou a Polícia Civil, que deu início às investigações, onde ficou comprovada reiterada violência praticada contra a dignidade sexual da vítima. 

Após tomar conhecimento dos fatos, as equipes da 1ª DEAMV aprofundaram os trabalhos investigativos, sendo que o delegado Artiaga representou junto ao Poder Judiciário, pela prisão preventiva em desfavor da mulher, o qual foi deferido e cumprido na manhã desta segunda-feira. 

Ainda, de acordo com a autoridade policial, a criança passou por procedimento especial que confirmou os abusos sofridos. Após o cumprimento do mandado de prisão, a suspeita foi conduzida à 3ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Araguatins, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, foi entregue à custódia do Sistema prisional e permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias