- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
terça-feira, 23 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUATINS: Por suspeitas de manipulação e nepotismo de Aquiles, candidatos são eliminados do concurso da Prefeitura

Mais Lidas

Nesta segunda-feira, 26, a Prefeitura Municipal de Araguatins emitiu uma decisão administrativa através da Secretaria Municipal de Administração, representada pelo secretário Antonio Edson Rodrigues Gomes, o Dr Pequeno, tomando medidas em relação a diversas situações controversas relacionadas ao concurso público recentemente realizado pelo Município e que caracterizou diversas ilegalidades e foram alvo de denúncias, que geraram a suspensão do certame.

A decisão administrativa resultou na eliminação de vários candidatos, levantando questionamentos sobre a lisura e transparência do processo seletivo.

Uma das questões mais delicadas abordadas na decisão envolve a participação de parentes de membros da Comissão Organizadora do Concurso. A decisão administrativa reconhece que a presença de parentes dos membros da comissão compromete a igualdade entre os candidatos, violando os princípios da moralidade e impessoalidade. Como resultado, a candidata Tatyanna Miranda da Silva, irmã de um dos membros da comissão, foi eliminada do certame.

Outro ponto controverso abordado na decisão é a participação de candidatos com vínculos de parentesco com agentes políticos, incluindo o prefeito municipal, Aquiles da Areia. A aprovação desses candidatos levantou suspeitas de nepotismo e violação dos princípios constitucionais. Diante disso, as candidatas Suellen de Sousa Pereira e Gardenia Pereira de Sousa, filha e neta do prefeito, foram eliminadas do processo seletivo.

Além disso, a decisão também mencionou a falta de transparência do Instituto de Pesquisa e Capacitação (ICAP) em relação aos candidatos, o que levou à eliminação de outros concorrentes, incluindo Lindalva Cristina Pereira Silva, Priscila Borges Xavier e Fernando Rodrigues da Silva.

As medidas só foram tomadas, após ação do Ministério Público.

O concurso continua suspenso e ainda sob suspeita de outras irregularidades.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -

Últimas Notícias