- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 27 / maio / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

ARAGUATINS: SEMED refuta alegações de pagamento de horas extras ilegais

Mais Lidas

A Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Araguatins emitiu uma nota oficial nesta quarta-feira, 24, em resposta às alegações de uso indevido de recursos públicos. A denúncia, que está senfdo investigada pelo Ministério Público, sugeria que a SEMED, em conluio com a Secretaria Municipal de Administração, estaria desperdiçando dinheiro público com pagamento de horas extras a servidores que não estariam cumprindo suas obrigações laborais.

Em sua defesa, a SEMED afirmou que, após tomar conhecimento da denúncia, realizou um levantamento de todos os pagamentos de horas extras feitos ao longo do ano de 2023. A secretaria ressaltou que o benefício de horas extras é legal e só deve ser concedido aos servidores que ultrapassam a jornada de trabalho regular. Segundo a SEMED, nenhum pagamento foi feito em desacordo com a legislação.

A SEMED também negou que haja funcionários recebendo pagamento sem o cumprimento das devidas funções laborais e afirmou que jamais realizou uso indevido de recursos. A secretaria sugeriu que a denúncia anônima sem fundamento, que envolve a SEMED e a Secretaria de Administração, tem o objetivo de tumultuar e prejudicar a gestão municipal, especialmente considerando o período próximo das eleições municipais.

A SEMED reafirmou seu compromisso de continuar entregando educação de qualidade para as crianças da rede municipal e informou que está à disposição da população e do Ministério Público para quaisquer esclarecimentos sobre a denúncia citada.

Com a palavra a SEMED:

NOTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DE ARAGUATINS

Após ter conhecimento da denúncia inverídica na manhã desta quarta-feira (24), a Secretaria Municipal de Educação (SEMED) de Araguatins realizou levantamento de todos os pagamentos de horas-extras feitos ao longo de todo o ano de 2023.

Vale ressaltar que o benefício de horas-extras é legal, porém só deve ser realizado aos servidores que ultrapassam a jornada de trabalho regular. Nenhum pagamento foi feito em desacordo com a legislação.

A SEMED afirma que não há funcionários recebendo pagamento sem o cumprimento das devidas funções laborais e que a pasta jamais realizou uso indevido de recursos. A denúncia anônima sem fundamento envolvendo a SEMED e a Secretaria de Administração neste momento, período próximo das eleições municipais, tem objetivo de tumultuar e prejudicar a gestão municipal. Continuaremos nosso trabalho de entregar educação de qualidade para as crianças da rede municipal e informamos que a SEMED está à disposição da população e do Ministério Público para quaisquer esclarecimentos sobre a denúncia citada.

Ascom Secretaria Municipal de Educação de Araguatins.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias