- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
domingo, 14 / julho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Jovem do Programa Jovem Trabalhador inicia atividades na Procuradoria Geral do Estado

Mais Lidas

Há pouco mais de um ano, a jovem Lara Kaliny deixou a cidade de Marabá, no interior do Pará, em busca de oportunidades na capital tocantinense. Com o objetivo de estudar e trabalhar, Lara se mudou para Palmas para morar com a irmã, Keyliane da Silva.

Na tarde desta terça, 27, iniciou as atividades do Programa Jovem Trabalhador na Procuradoria Geral do Estado do Tocantins (PGE-TO), onde estará lotada no setor de protocolo.  

“Quando me ligaram pedindo para entregar meus documentos para a seleção eu fiquei bem feliz né, fiquei ‘nossa eu vou trabalhar’, porque é uma oportunidade muito boa, essa do primeiro emprego, em meio período, então eu fiquei muito feliz”, resumiu.  

Lara também ficou feliz em saber que seria designada para a Procuradoria Geral do Estado do Tocantins. A jovem afirmou que o Direito é uma área que desperta o seu interesse profissional e é o curso que deseja ingressar no Ensino Superior.  

“Acho que vai ser bom trabalhar aqui na Procuradoria porque eu tenho vontade de fazer Direito e assim já começo a aprender coisas da área que gosto”, pontuou a jovem que já iniciou as atividades laborais no setor.  

Integração 

Em seu primeiro dia na PGE, Lara foi recebida pelo setor de Recursos Humanos e já foi integrada ao setor de protocolo, onde irá aprender a desenvolver diversas atividades e atuar como auxiliar administrativo.  

O servidor público Luiz Gustavo Martins, agora colega de trabalho de Lara, falou sobre a expectativa para a integração da jovem.  

“A expectativa é grande com a nova colaboradora, do Programa Jovem Trabalhador, que está desenvolvendo e aprendendo as normas do trabalho, como a gente rege aqui dentro a Procuradoria. Eu espero que ela seja bem aproveitada, que venha a ter discernimento das matérias que a gente trata aqui dentro”, avaliou.  

Luiz Gustavo destaca que a oportunidade de aprendizagem é um grande diferencial de programas como o Jovem Trabalhador.   

“O primeiro emprego, a primeira relação que vão ter com o público, interno e externo. Eu creio que isso vai ser marcante na vida deles”, destacou.  

Oportunidade 

O Programa Jovem Trabalhador é uma iniciativa do Governo do Tocantins por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social (Setas) em parceria com a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção Social e Integração (Renapsi). Mais de 300 jovens já foram contratados na primeira etapa, que prevê a contratação de 1500 jovens em todo o Tocantins. Na etapa inicial, os jovens cumprem uma carga horária de dez dias de curso e depois são encaminhados aos órgãos em que estarão lotados.  

As inscrições para o programa Jovem Trabalhador seguem abertas e ainda há vagas para os 139 municípios do Tocantins. Para se inscrever o jovem deve acessar o site: jovemtrabalhadorto.org.br e preencher as informações. O jovem deve possuir renda familiar de até dois salários mínimos nacional ou meio salário mínimo per capita, ou inscrição no CadÚnico. Além disso, é necessário que o jovem esteja cursando o ensino fundamental ou médio (ou já ter concluído o ensino médio) e seja ou tenha sido estudante da rede pública ou bolsista 100% de rede particular.

Além das cotas para PCD (5% a 10%) e para o socioeducativo (5%) haverá prioridade na contratação de jovens indígenas, ribeirinhos e quilombolas. (Izabela Martins)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias