- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 22 / fevereiro / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

LUZINÓPOLIS: Se João Português for cassado, TRE marcará eleição suplementar

Mais Lidas

Caso o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) mantenha a decisão de primeira instância e confirme a cassação do prefeito João Miguel Castilho Lança Rei de Margarida, o João Português (PODE) e seu vice, Nego Marcos (Republicanos), em julgamento na próxima quinta-feira, 25, será marcada uma nova eleição.

A nova votação pode ocorrer até seis meses antes das Eleições Municipais de 2024, com agendamento seguindo o calendário de eleições suplementares disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral.

O presidente da Câmara ficará interinamente no cargo de prefeito até a realização do pleito.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias