- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 13 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

PARAUAPEBAS: 21 pessoas são indiciadas por fraude no concurso da Prefeitura

Mais Lidas

Na última terça-feira, 27, o Ministério Público do Estado do Pará (MPPA), através dos Promotores de Justiça de Parauapebas Magdalena Jaguar (7ª Promotoria Criminal) e Alan Pierre Chaves Rocha (4ª PJ de Improbidade Administrativa), ofereceu denúncia contra de 21 pessoas indiciadas por fraude na prova de concurso público para a Prefeitura Municipal, realizado nas datas de 19 e 26 de novembro de 2023. A denúncia é respaldada na conclusão de Inquérito Policial instaurado no mês de novembro de 2023, pelo Delegado de Polícia Civil Gabriel Henrique Alves Costa.

O concurso público foi realizado para atender determinação judicial, após ação civil pública do MPPA, que havia detectado o déficit de servidores públicos nas secretarias do município de Parauapebas.

De acordo com a denúncia, o estopim da fraude chegou ao conhecimento das autoridades policiais após uma candidata ser flagrada em Palmares, zona rural de Parauapebas, no dia da aplicação da prova e portando o gabarito da prova antes mesmo da realização do exame. Após a descoberta, a Prefeitura de Parauapebas então suspendeu o concurso, o qual obteve participação de mais de 40 mil candidatos, inclusive muitos vindos de outros municípios e estados da federação.

Além disso, segundo o Disque Denúncias do Sistema de Segurança Pública do Estado do Pará, há registros de denunciantes anônimos alegando que candidatos teriam utilizado ponto eletrônico e relógios durante a aplicação do certame. Os próprios candidatos relatam terem desembolsado uma quantia de R$ 1.000,00 a  R$ 2.000,00, para utilizar o equipamento, e que receberam orientações prévias em reuniões anteriores com outros candidatos que ficaram encarregados de encontrar pessoas dispostas a pagar o valor dos gabaritos.

Durante a investigação, a Fundação Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp) forneceu os cartões respostas dos candidatos ao cargo de auxiliar administrativo e fiscal de vigilância sanitária, na qual foram observadas respostas idênticas da candidata descoberta em Palmares.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias