- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
sábado, 22 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

PROCON pretende combater preços maquiados na Black Friday em Araguatins e Tocantinópolis

Mais Lidas

A Superintendência de Defesa e Proteção do Consumidor do Tocantins (Procon Tocantins) deu início nesta segunda-feira, 6, ao monitoramento de preços neste período que antecede a Black Friday. O objetivo das equipes de fiscalização do órgão, que irão monitorar estabelecimentos, é de assegurar que o consumidor não seja vítima de propaganda enganosa. O levantamento de preços será realizado nos municípios no Bico do Papagaio, de Araguatins e Tocantinópolis.

Entre os itens que verificados estão: carros, motos, celulares, tablets, notebooks, perfumes, relógios, óculos, roupas, calçados, liquidificador, airfryer, secador, escova elétrica, batedeira, cafeteira, bicicleta, bola, sofá, mesa, sanduicheira, fogão, armário, refrigerador, celular, notebook, perfume, ventilador, televisão, forno elétrico e aspirador.

“Com este levantamento nós evitamos a maquiagem dos preços anunciados. Nesse sentido, orientamos que o consumidor também faça o seu próprio monitoramento tirando fotos das etiquetas de preços, bem como fazer print da tela em se tratando de sites na internet. Qualquer distorção notada pelo consumidor pode ser denunciada ao Procon para que possamos verificar e em caso de irregularidade atuar conforme prevê o CDC”, pontua Rafael Parente, superintendente do Procon Tocantins.

O diretor de Fiscalização do órgão, Magno Silva, destaca que a Black Friday é o momento em que o consumidor pode aproveitar para adquirir produtos que deseja com valor mais em conta, no entanto é preciso estar atento. “Para evitar dor de cabeça e prevenir arrependimentos o consumidor deve fazer verificar os preços dos produtos que deseja adquirir com antecedência e na data da Black Friday, checar se de fato esses produtos estão com descontos. Vale também, buscar a melhor forma de pagamento”.

Denuncie

O Procon Tocantins ressalta que, durante a Black Friday, no próximo dia 24/11, os fiscais do Procon, de posse dos monitoramentos, voltarão aos estabelecimentos comerciais, e caso sejam encontrados preços maiores que os praticados antes das ofertas anunciadas ou outras irregularidades, as empresas serão autuadas.

Os consumidores poderão denunciar falsos descontos, por meio do Disque Procon 151 ou no Whats Denúncia 63 99216-6840. Para formalizar a reclamação, o mesmo pode entrar no site www.to.gov.br/procon.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias