- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 13 / junho / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Projeto do deputado Luciano Oliveira cria Programa de Incentivo à Piscicultura e Agroindústria no Tocantins

Mais Lidas

Marcado pelo encontro de dois dos maiores rios brasileiros (Tocantins e Araguaia), o Tocantins possui grande potencial para a produção de alevinos como importante área do agronegócio do estado. A piscicultura é uma das áreas emergentes do agronegócio brasileiro, a produção nacional aumentou 8,92% ao ano, segundo o IBGE.

Em virtude do potencial projetado para área, o deputado estadual Luciano Oliveira (PSD), apresentou nesta terça-feira, 21, um projeto de lei que cria o Programa Estadual de Incentivo à Piscicultura e Agroindústria, que tem por objetivo desenvolver a produção piscícola, irrigação, associativismo, cooperativas e plantio combinado.

No Tocantins existem mais de 1.000 piscicultores, compostos majoritariamente por pequenos produtores, tendo esta cadeia produtiva presente em 117 municípios do estado. Atualmente, o Tocantins é o 17º maior produtor de pescados do Brasil (IBGE 2017), porém segundo avaliações do Instituto de Desenvolvimento Rural do Estado do Tocantins (Ruraltins) o estado possui capacidade de produzir 900 mil toneladas de pescado/ano e poderão girar valores superiores a R$ 4 bilhões de reais/ano, potencial este que supera a produção anual do país.

Luciano destacou a importância do estado intervir a fim de otimizar a produção de peixe no estado, investindo na cadeia produtiva, escoação e indústria da piscicultura. “O investimento em piscicultura representa uma atividade estratégica tanto para a economia como para a segurança alimentar do nosso Tocantins. Podemos nos tornar referência em produção de pescado no Brasil”, reforçou. (Thalia Batista / Foto: Silvio Santos)

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias