- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
segunda-feira, 26 / fevereiro / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

SÃO BENTO: Prefeitura encaminha para Câmara projeto que cria autarquia municipal para substituir ATS

Mais Lidas

Nesta sexta-feira, 8, o prefeito Paulo Wanderson enviou para apreciação dos vereadores um projeto de lei que propõe a criação de uma autarquia municipal. Esta autarquia tem como objetivo substituir a Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), cuja concessão foi cancelada no último dia 30 de novembro por não cumprir suas obrigações na prestação do serviço.

Agora, o projeto será debatido no Parlamento, onde os vereadores terão a oportunidade de discutir os detalhes e as implicações desta proposta.

O saneamento básico é um serviço essencial para qualquer comunidade. Ele engloba o abastecimento de água potável, o esgotamento sanitário, a limpeza urbana, o manejo de resíduos sólidos e a drenagem urbana. Um bom serviço de saneamento é fundamental para garantir a saúde pública e a qualidade de vida da população.

A falta de saneamento adequado pode levar a uma série de problemas de saúde, incluindo doenças como diarreia, hepatite A e leptospirose. Além disso, pode contribuir para a poluição do meio ambiente e para a degradação da qualidade da água.

Com a criação desta autarquia municipal, a Prefeitura de São Bento espera melhorar a prestação de serviços de saneamento na cidade, garantindo assim um futuro mais saudável e sustentável para todos os seus habitantes. A expectativa é que a nova autarquia possa cumprir as obrigações que a ATS não conseguiu, proporcionando um serviço de saneamento de alta qualidade para a população de São Bento.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias