- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
quinta-feira, 22 / fevereiro / 2024

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

SÃO GERALDO: Agricultores familiares adotam Sistemas Agroflorestais para impulsionar produção

Mais Lidas

Acompanhando ação que vem sendo implantada em todo Brasil, o prefeito de São Bento, no Bico do Papagaio, Paulo Wanderson (PSD), contratou à modernização do sistema de iluminação pública da cidade. Foi assinado no último dia 26 de dezembro de 2023 e publicado no Diário Oficial do Estado desta quarta-feira, 3, o contrato com duração de 12 meses. A empresa foi selecionada por meio do procedimento licitatório. A empresa será responsável pela execução dos serviços de implantação de iluminação em led, e substituição do sistema de iluminação comum por led, com fornecimento de materiais elétricos e mão de obra especializada.

Essa diversificação de culturas traz uma série de benefícios para os agricultores familiares. Além de aumentar a produtividade da área, os SAFs também contribuem para a melhoria da qualidade do solo, a conservação dos recursos hídricos e a proteção da biodiversidade local. A variedade de produtos cultivados permite que as famílias tenham uma renda mais estável ao longo do ano, já que diferentes culturas têm períodos distintos de colheita e venda.

De acordo com o biólogo do Ideflor-Bio, Wagner Bastos, as mudas distribuídas são melhoradas geneticamente, precoces, ou seja, produzem mais rapidamente do que as espécies nativas da região. “Temos feito a doação de mudas, principalmente de frutíferas e provenientes da Amazônia, como o cacau e o açaí, que são bem adaptadas e que os agricultores mais gostam de produzir”, detalhou.

Assistência – Neste sentido, para garantir o sucesso dos SAFs no município, o apoio do Ideflor-Bio tem sido fundamental. O Instituto oferece todo o suporte técnico necessário, auxiliando os agricultores na implementação das técnicas de manejo adequadas para cada cultura. Além disso, o órgão fornece as mudas e os insumos para o início das atividades, garantindo que as famílias tenham acesso aos recursos necessários para o desenvolvimento de seus plantios.

Uma das beneficiadas é a agricultora Mariza Matos, que define o apoio fornecido pelo Ideflor-Bio como um divisor de águas na vida dos agricultores da região. “Os SAFs são muito importantes para o sustento das famílias. No meu caso, mesmo com um lote pequeno, consigo tirar mais do que o necessário para a nossa subsistência. Portanto, através dos SAFs, temos aprendido a plantar, colher e a ter mais amor pela natureza, que é o mais importante de tudo isso”, afirmou.

Já o agricultor Emival Borges, aponta que nos últimos cinco anos a assistência técnica e, principalmente, as mudas fornecidas pelo Ideflor-Bio, contribuíram significativamente para o sucesso da sua produção. “A diferença é que elas [mudas] são geneticamente modificadas e possibilitam uma produtividade maior, seja no crescimento mais rápido, com frutos de melhor qualidade, além da resistência aos efeitos climáticos adversos. Agradeço imensamente à GRA por sempre darem total apoio ao nosso trabalho”, ressaltou. 

Incentivo – Além dessas, outras 50 famílias de São Geraldo do Araguaia já foram beneficiadas com o auxílio do Ideflor-Bio, nos últimos anos. Segundo a titular da GRA, Laís Mercedes, essa parceria tem transformado a realidade dessas famílias, proporcionando uma maior segurança alimentar, geração de renda e uma melhoria na qualidade de vida. “Além disso, os SAFs contribuem para a preservação do meio ambiente, promovendo a conservação da biodiversidade local e a proteção dos recursos naturais”, enfatizou a gerente.

Com os resultados positivos alcançados até o momento, a expectativa é de que os SAFs do Ideflor-Bio continuem se expandindo em São Geraldo do Araguaia e em outras regiões do Pará. Essa iniciativa mostra que é possível conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental, garantindo um futuro sustentável para as comunidades rurais e para o meio ambiente.

Com os resultados positivos alcançados até o momento, a expectativa é de que os SAFs do Ideflor-Bio continuem se expandindo em São Geraldo do Araguaia e em outras regiões do Pará. Essa iniciativa mostra que é possível conciliar o desenvolvimento econômico com a preservação ambiental, garantindo um futuro sustentável para as comunidades rurais e para o meio ambiente.

- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
- Publicidade -spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Últimas Notícias